Segunda-feira, 25 de Junho de 2012

... tanto (a) ...

… tanto MUNDO,

tanta gente,

tanto querer,

sem PODER,

tanta indiferença,

sem crença,

tanta dúvida,

incerteza,

tanta fé, puro negócio,

tanta potência,

impotente,

tanta estranheza que sinto,

entre tantos,

tão diferente,

tanta dor que se enterra,

tanto sofrimento na guerra,

tanto castelo imponente,

tanta acumulação de bens,

tanto triste,

ninguém,

tanto corpo, tanta chaga,

tanto Cristo, tanta cruz,

tanto discurso, tanta luz,

tanta sombra que se propala,

tanta fome que se cala,

 

tanta instituição,

injustiça,

tanta fúria que se atiça,

tanto silêncio velado,

tanto milhar de milhão,

tanto templo envergonhado,

tanta casa de DEUS,

tanto irmão, tanto plebeu,

 

tanto sábio, tanto culpado,

tanto conhecimento,

tão basto,

tanto abismo que se aprofunda,

tanta água, filhos meus,

tanta atitude negativa,

tanto gasto,

tanta criatura não viva,

tanto mal que se espalha,

tanta valência que se avilta,

quando foge, quando emigra,

tanta inocência nos Céus,

tanta petulância se mostra,

tanto palanque, tanta amostra,

 

tanta viagem alucinante,

tanto ser extravagante,

tanta nódoa se agiganta,

tanta beleza se despreza,

tanta finura no trato,

tanta escassez no prato,

tanta míngua,

tanta falta,

maldade na ponta da língua,

quando se atira, se calca,

tanto castelo se levanta,

tanto templo num deserto,

por aqui,

bem perto,

já ali,

 

tanta oração,

ladainha,

tanta doença, tanto mal,

tanta ideia,

inteligência,

tanto pequenino no PODER,

tanta hipocrisia,

saber,

tanta falsidade se inventa,

fantasia,

tanta impotência,

tanto querer,

 

tanta escuridão,

temor,

tanta tempestade se forma,

tanta  nuvem, fervor,

tanta raiva,

pouco amor,

tanta falta de norma,

quando o caldo se entorna,

contrários que fazem gala,

boca amorfa que cala,

cabeça de curta sentença,

tanto dizer que…

não pensa,

 

tanto erro,

engano,

tanta erva daninha,

tanta imponência se adivinha,

imprudência se encaminha,

tanto louco,

tresloucado,

tanta emoção à solta,

tanto ajuntamento,

bocado,

lazer desperdiçado,

 

cautela que se mantém,

TODO que é ninguém,

tanta incúria,

desleixo,

tanto MUNDO desfeito,

obra tão desnecessária,

LUXO com muito defeito,

pouca fé,

tanta plegária,

contrato que se desfaz,

tanto imbecil,

incapaz,

tanto tiro no pé,

 

tanto Templo que se derruba,

tanto murmúrio,

tanta tumba,

tanta lágrima,

carpideira,

tanta luta,

brincadeira,

tanto pai sem filhos,

tantos filhos perdidos,

tanto pássaro nas árvores,

tanto peixe nos rios,

 

tanto LIXO nos mares,

tanto fastio,

tanta cimeira,

tanto disfarce assumido,

tanta viagem,

tanto gasto,

tanto desaforo,

repasto,

tanto sorriso de gozo,

 

tanta certeza,

incerta,

tanta mão que se aperta,

tanto fatinho,

tecido,

tanto roto,

diminuído,

tanta fartura se mostra,

tanta surpresa,

amostra,

tanto INFERNO, sem beleza,

tanto POUCO,

 

tanto empenho,

tanto efeito,

salamaleque com jeito,

lá nos confins,

bem longe,

quase convento, quase monge,

quanto convénio,

interesse,

tanto pobre,

multidão,

POVO que não merece,

tanta gente,

contradição,

 

tanto caso se esconde,

tanto bicho careta,

tanta saída de cena,

entrada que se renova,

tanto teatro,

representação,

outra peça, nova prova,

diplomacia em acção,

desafio,

contradança,

tanto apetite,

tanta pança,

roliça face que se enfeita,

rosácea que se ajeita,

 

centro de mesa,

finura,

tanto canastro,

tanto tacanho,

deixa marca, deixa rasto,

tanto deslumbre,

quanto amanho,

 

tanto gozo,

tanto disfarce,

inventiva,

pura arte,

cavaleiro, triste figura,

não seduz,

pouco cativa,

vida,

 

tanto CIRCO,

tanto teatro,

hemiciclo da representação,

políticas de que me aparto,

congregadas,

anormal junção,

artistas consagrados,

acção,

peça velha, já gasta,

ditadura ou democracia que, se afasta,

sobeja, já farta,

quando serve interesse que cobiça,

atropelando normas,

constituição,

sem qualquer tipo de justiça,

 

disfarce que se pretende,

actividade,

entretenimento,

tanta tourada, tanta bola,

esférico que rola,

carambola,

 

tanto boi se massacra,

tanto POVO que se engana,

por aqui, ali ao lado,

festa brejeira,

brincadeira,

tanto desemprego,

labareda virtual que não é chama,

fogo que não arde,

fogueira,

 

tanto medo,

barbaridade, tradição,

sensação,

desilusão,

civilização em retrocesso,

tanta reza, tanto fado,

distinto processo,

confronto, em desUNIÃO,

sem apelação,

 

tanto capricho,

tanto roteiro,

tanto desvario pelos ares,

tanta treta, NEGÓCIO,

tanto dinheiro,

tanto ÓCIO,

 

tanto imbecil,

tanto desnorte,

tanto companheiro,

tanta promiscuidade,

inverdade,

tanto arco-íris,

tanto POTE

sem (?) dinheiro,

tanto, tanto,

tanto e… TANTO… Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.sad}

publicado por sherpas às 16:22
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Junho de 2012

... vidas!!!...

… a vida não segue igual,

para meu mal,

para tantos como eu,

egoísmo, falta de entendimento,

talvez,

penso, quando, encostado a uma parede,

vejo passar, com enfado, outro normal,

nesta desigualdade avassaladora que se abateu,

hecatombe que se deu,

 

 

sociedade injusta,

rotina que aborrecia,

tão diferente desta situação anormal,

quando comprava o jornal no café da esquina,

quando lia trivialidades,

promessa de políticos,

oferta de serviços,

demasia,

empatava o dia,

 

DESEMPREGO… outra rotina…

 

fazia por chegar tarde ao meu posto de trabalho,

notícias,

escândalo de vedeta conhecida,

tresloucado que provocou tragédia,

pícara situação,

comédia,

troca de ditos, mexericos de escritório,

lá longe, sevícias,

 

ambição futura,

saída,

risota, postura dum simplório,

figura de cada dia,

à mesma hora, no mesmo sítio,

fresco que soprava,

lá ia,

depois de café bebido,

um adeus, cumprimento usual,

xícara no balcão, sabor apetecido,

 

debaixo do braço, levava o MUNDO,

para mais tarde,

com vagar, numa folga,

cadeira de respeito, posição,

com ele me confundo,

quando aprofundo,

hora de enfarte,

fastio,

aborrecimento,

pausa, momento,

 

troca de olhares,

observação,

descola que não descola,

chega que não chega,

caras de sempre,

pretensão,

dando-se ares,

vencimento na hora,

 

escritório de multinacional,

segurança,

lá dentro,

cá fora, sempre igual,

trabalho, casa, filhos, mulher,

família como um punho,

colégio, ascensão,

projecção,

 

dia-a-dia de quem ganha o pão,

servindo,

produzindo,

calculando futuro,

não prevendo,

pagando créditos,

arredondando sonho,

envelhecendo,

não fazendo caso,

aborrecimento,

 

considerando vida como direito adquirido,

sempre igual,

dia após dia,

jornal no quiosque, cumprimento usual,

café habitual,

caras, grupo,

percurso,

elevador para piso cimeiro,

vista soberba da cidade,

espaço amplo, mordomia, cinzeiro,

fumo que evola,

adormecimento,

 

sentado, passeando,

acontecimento,

na empresa de sicrano,

despedimento,

colectivo,

entristecimento,

 

sussurros… APENAS…

 

amigo que ficou desempregado,

ainda há pouco tinha falado comigo,

não fiz caso,

esqueci de imediato,

 

com a casa do vizinho,

males dos outros,

pouca importância,

apenas sofrido,

referi com a mulher o acontecido,

 

não ligava a políticas,

gostava de discussões acesas sobre futebol,

apreciava mulheres bonitas,

gostava de rir, anedota pronta,

risota solta,

pessoas ricas,

confortável, seguia o rol,

automóvel na garagem da casa que ia pagando,

algum dinheiro na conta,

 

MULHER… “dondoca”

 

como eu, direitinha,

a vida que bem lhe corria,

alguns predicados, sucesso dos filhos,

alfinetes, amigas,

rotina,

minha amada, mulher minha,

 

saída para o interior, casa dos avós,

espaços abertos,

fuga para a praia,

leitura dum livro,

compra dum jornal,

sempre igual,

no café da esquina,

encontro, conversa agradável,

gente amável,

sempre igual,

sempre igual,

 

escarcéu,

insegurança,

palavras, quase em segredo,

na empresa,

indivíduos, os tais, mais activos,

na televisão, mudava de canal,

quando em casa,

descansava,

 

os “imprestáveis”… POLÍTICOS…

 

na maior parte das vezes,

não ia com eles,

desilusão,

uns tretas,

situação da UNIÃO,

instabilidade,

recessão,

desequilíbrio,

dificuldades do patrão,

encomendas que não são,

 

actividade que reduz,

algo me diz,

não produz,

reuniões,

apreensões,

estruturação do que não está bem,

salário que não vem,

hábitos menos fúteis,

nos dias úteis,

 

TRISTEZA que… me inunda…

 

pilhéria que não sai,

grupito que se desfaz,

mais reduzido, sem estardalhaço,

assunto diferente,

casos e caso,

mais perto, aqui ao lado,

sem emprego,

por acaso,

 

conhecido, parceiro, colega,

desapego,

mais lesto no trajecto,

incomodado,

dissensões,

são COLOSSAIS,

discussões, apreensões,

despedimento,

tremuras colapsais,

realidade, sem fingimento,

 

falha, cortes,

voltas, reviravoltas,

políticas injustas,

outras querelas, outras lutas,

vazio imenso,

quando lembro,

quando recordo, penso,

 

TERRAMOTO ou… tsunami, consoante…

 

a vida não segue igual,

mais um… normal,

desempregado, sem futuro,

 

que mal me sinto,

não gracejo, não rotino,

não auguro destino,

tão sombrio,

nesga de que me não fio,

incerteza,

preocupação,

 

AFLIÇÃO… Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.sad}

publicado por sherpas às 18:10
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Junho de 2012

... o que é NATURAL... é BOM!!!...

... são como os cogumelos,

em tempo de OUTONO,

procurar e vê-los,

observá-los, com atenção,

revirá-los, atentos,

pensar formatos,

conteúdo, aparência,

recantos, ocultos,

por vezes,

são molhos,

vistosos que são,

manhãs nevoentas, montes escarpados,

calçado adequado, cestinha na mão,

qual capuchinho no BOSQUE,

humidade propícia,

sabor, excelência,

apetitosos, no tacho,

acho que...

não acho,

 

apanho que...

não apanho,

encontro, desencontro,

aponto, desaponto,

resultados,

enfoque,

quando confeccionados,

 

 

variedades diversas,

recônditos, por entre rochedos,

erva macia, viçosa,

refulgente,

gotículas de orvalho,

obra de gnomos,

senhores das sombras,

quanto me assombras,

fantasias de encanto,

rendilhados nos cantos,

filigranas brilhantes,

nos nichos, nos cantos,

 

são teias de aranha,

quando se apanha,

 

coloridos, às vezes,

descuidos,

revezes,

palavras compostas,

requebro de rima,

olhando para baixo,

estando em cima,

num campo aberto,

parcialmente coberto,

 

nevoeiro que se mantém,

aqui, mais além,

num tronco de árvore,

esconderijo dum pássaro,

gorjeio repentino,

silêncio que se quebra,

cansaço que alquebra,

 

cabeça que estoura,

metáfora, vassoura,

limpeza, na certa,

cestinha que se aperta,

vontade, pessoa,

 

procura bem boa,

fada de encanto,

maravilha sonhada,

da bruxa malvada,

casinha assombrada,

 

maçã reluzente,

gnomo, duende,

sombrinha bonita,

regalo dos olhos, delícia no prato,

perícia, cuidado,

procura no BOSQUE,

humidade bastante,

poeta do tempo,

instante,

contratempo,

percalço,

repente,

 

são,

são como os cogumelos,

os poetas de agora,

os poetas de sempre,

visionários, alucinados,

tóxicos,

alucinogénios,

deliciosos, gratificantes,

imaginativos, cruéis,

de Aladino, são génios,

fidelíssimos,

infiéis,

próximos,

 

temperados, refinados,

curvilínios,

isolados,

distantes, no campo,

nas páginas vazias,

arabescos distintos,

atentos, enredados,

 

confiantes, não crentes,

esquisitos,

escondidos,

pitéus, sabores inocentes,

travessos, coloridos,

diferentes,

aguerridos,

mortais,

anormais,

 

tapete tão fofo,

madrugada fresquita,

encontro,

pegada ligeira,

na curva, ribeira,

no cedro,

na rama,

no raio de sol,

finura que chega,

nos toca, um pouco,

 

esquilo que salta,

quanta emoção,

escrito no vento,

no canto da mente,

um pensamento,

poema, momento,

 

são, como são,

cogumelos, poetas,

natureza, conjunto,

parte de um todo,

visto por um gnomo,

revirando pedregulho,

erva tão densa,

se pensa,

não pensa,

 

se encontra, esbulho,

aranha na teia,

rosto, perfeição,

um gosto, uma busca,

rebusca permanente,

sensação!!!... Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile} 

publicado por sherpas às 13:03
link do post | comentar | favorito
|

.Sherpas

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. ... cântico negro!!!...

. ... notas soltas!!!...

. ... estadia!!!...

. ... a velhice é... uma ch...

. ... os mal amados!!!...

. ... antes que... a vida, ...

. ... são... como as cereja...

. ... inclita geração!!!...

. ... guarda-chuva... color...

. ... acrimônia!!!...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.favorito

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds