Quinta-feira, 6 de Outubro de 2016

... chorões!!!...

... quão viçosos,

derramando, como lágrimas, seus braços,

suas folhas, em profusão,

bem à beirinha do calçadão,

pr´ó chão,

 

eram três,

bem alinhados,

entre povoados

que se não distinguem,

d´irmanados,

 

 

continuidade de casario

que bordeja,

com gosto,

satisfação,

aquela pequena porção

no sapal do rio,

 

mirando seu rosto,

quando calmas, nas águas,

como espelho, recanto,

maré plena, doce encanto,

emoção,

 

quanto me delicio,

no pedacito de rio,

no pedacito de mar,

brisa fresca do norte,

no sopro, um calafrio,

minha, nossa baía,

no raiozito de SOL q´espreita,

que melhor a enfeita,

 

quando aquece,

sombra abençoada,

tão viçosos,

tão chorosos,

 

não me canso de os louvar,

beleza ímpar,

postura d´humildade,

braços caídos,

maneira d´estar,

perante sofridos,

 

mágoas de quem as tem,

que são NINGUÉM,

como quem entende,

compungidos,

 

quando ausente,

curto,

largo período em que não a veja,

pintura bela,

cores diversas,

quanto custo,

gentios,

casas dispersas,

pintura perfeita,

imensa tela,

 

pormenores,

a cada passo,

como aqueles chorões,

representativos

de sofrimento,

dores,

 

locais recônditos d´aflitos,

vale de lágrimas tão intenso,

algum abrigo,

tarde quente de Verão,

assim o penso...

 

quase os sinto chorar,

sem gritos, ais,

ou lamentos,

constante lacrimejar,

braços caídos,

roçando o solo,

desânimo,

desconsolo,

 

salgueiros de pequeno porte,

embelezamento,

ainda jovens,

pendentes,

com hastes q´imploram,

rendidos,

tronco forte,

 

choram,

vergam ramos plenos de folhas,

quando os olhas,

sentes lágrimas no rosto,

quadro composto,

 

manhã triste,

natureza rica,

sentida,

doce local, que bem fica,

algum encantamento,

paragem que m´obriga,

sombra amiga,

pensamento,

 

drama encoberto,

alegrias, festas,

romarias,

desenrolar de tantas vidas,

passam-se dias,

acontece por perto,

 

que raio de mania a minha,

cabeça que m´inquieta,

mudar o MUNDO,

tão complexo,

tão profundo,

quando m´aprofundo,

 

sentença, CASO, rinha,

guerra, hipocrisia, mentira,

desassossego permanente,

sombra promissora,

como abrigo,

verdura, lágrima,

chorão amigo

 

braços virados pr´ó chão,

imbuido de boa intenção,

introverto constantemente,

budista,

por afeição,

 

paragem, quase “yoga”

mera personalidade sem toga,

sem juízo castigador,

criatura débil,

coisita pouca,

que s´apena,

cabeça louca,

 

refrega constante,

digno,

vertical,

como tanto humano,

quando racional,

 

não m´afasto,

lembro sempre,

repito até à exaustão,

com fervor,

exaltação,

 

pela vida, pelo entorno,

quanto amor,

fazendo, sendo parte ínfima,

q´infirma, s´esgota,

enfraquece

quase chora,

não esquece!!!... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 07:44
link do post | comentar | favorito
|

.Sherpas

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. ... os mal amados!!!...

. ... antes que... a vida, ...

. ... são... como as cereja...

. ... inclita geração!!!...

. ... guarda-chuva... color...

. ... acrimônia!!!...

. ... pedras com... regras...

. ... cliente!!!...

. ... o cavalo do... LEONAR...

. ... memorização!!!...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.favorito

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds