Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

13
Dez04

...caridadezinha...fica bem!!!...

sherpas
…altura da caridadezinha, hora das boas vontades, momento da consciência… por todo o nosso Portugal, há sempre alguém que…dá a mão, oferece uma migalhinha, aos miseráveis deste País, aos mais carentes, aos sem nada, simplesmente!!!... Afinal…é quase Natal, já é época, fica bem perante nós, perante os outros, mais confortados… até!!!...

…madrugada fria, chuvosa, dia cinzento carregado se avizinha, poucas perspectivas se auguram, com este princípio!!!... Encolhidas, mais que aconchegadas nos bolsos…não se vislumbram mãos ao longo dos corpos, na ponta dos braços das poucas pessoas que se atreveram a sair, por obrigação…neste dia de Outono, quase no final!!!... O mês do Menino vem aí…forte e feio, nas suas características muito próprias, o mês do caramelo, dos nevoeiros densos, da neve fria e mansa, quando cai… dura e agreste, quando se sente, quando se está só, quando se não tem casa, quando se não é ninguém, quando se não é gente…embora sendo, é evidente!!!...

…vejo-o passar, arroupado, vestimentas muitas e gastas, esfarrapadas…pelo uso, umas sobre as outras, numa confusão, um autêntico embrulho, sem forma, sem gosto, sem estética alguma…de acordo consigo próprio, pobre mendigo, rapaz ainda novo, envelhecido pelas agruras, pelas penúrias, pela miséria que degrada, que avilta, situação maldita, indigna…por razões várias, não interessa, coisas da sua lavra, do seu foro íntimo, muito pessoal, com um molho de cartões debaixo do braço, olhar vago, meio morto, entristecido, mortiço, vazio, hesitante…de animal perseguido, acossado pela própria vida…uma vítima!!!...

…imagens que me marcam, figuras que me diminuem, seres sem haveres, sem teres…pessoais ou materiais, atirados para o fundo, caídos na desgraça, dramas profundos, tenebrosos…nas ruas, nas avenidas, nas praças, com ou sem razões, por vícios, por descontrole, por um ter de ser, um trajecto que se adivinhava, um projecto que se não realizou, uma fuga, um desinteresse, um acontecer, simplesmente!!!... Pobre gente!!!... Logo agora, com o Natal à porta…ali ao virar da esquina, com este tempo pouco agradável, duro e frio, sem sol, manta dos desprotegidos, dos mendigos, um desconforto, bem gravoso…para quem sofre, para quem se dói!!!...

…com uns cartões debaixo do braço, leito da amargura, manta do pária social que se arrasta, encolhido, numa confusão de roupas, umas sobre as outras, rosto carregado, sombrio, confusão de pelos, cabelos…numa mistura indefinida, numa sombra dum passado longínquo, perdido…esquecido, lá vai, rua abaixo, olhando cabisbaixo, como bicho perseguido, desconfiado…para um lado, para outro lado!!!... Vida que se arrasta, que se gasta, que se consome…quanta penúria, quanta fome, quanto vazio!!!... Logo agora, com o Natal à porta!!!...

…quando por mim passou, deixei-lhe umas moedas na mão desconforme, suja, meio coberta, meio fechada, meio aberta, enregelada!!!...Nada disse, não me olhou, sequer…seguiu em frente, com os cartões debaixo do braço, numa confusão de roupas, um embrulho, sem destino, sem futuro, perdido, esquecido…mais morto do que vivo!!!... Mendigo, ao Deus dará…tantos por cá, em cada canto, em cada rua, em cada avenida, em cada praça!!!... Será que os responsáveis não se apercebem destas coisas???... Que fazem muito…dizem, com acções, com atitudes, com palavreado, agora…com rastrillos à espanhola, para as crianças, para as carentes, tantas e tantas gentes, dependentes, sem eira nem beira, sem teres, sem haveres…pessoais ou materiais!!!...
…lamúrias de quem, segundo escrevem, segundo dizem, só vê o lado negro da vida!!!... Mas a vida tem destas coisas e…no nosso País, em grande quantidade, queiramos ou não, a cada passo, damos de caras com estes quadros, degradantes, baixos e sórdidos, fazendo parte duma certa maneira de estar, não ligando, fazendo de conta que se não vê, olhando para o lado, simplesmente!!!...

…ultimamente, com o desemprego…a miséria, sem vícios, sem azares descontrolados, aumentou a olhos vistos!!!... Porque será???... Profundos desequilíbrios provocados por políticas erradas e…erráticas, claro!!!... Sherpas!!!...

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub