Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

17
Nov04

...afinal, havia outra!!!...

sherpas

…afinal, havia outra…crise, é evidente!!!...

…profundamente tristonho, com lamentos, sentidos bem no âmago, bem no fundo, desde o congresso, o do retrocesso… realizado há dias, poucos, meia dúzia de horas, quiçá…cada vez mais me fico com uma desconfiança tremenda, avultada…de gabarito, tão grande ela é!!!... Afinal quem está no Poder, continua sendo a tal maioria cozinhada, estou a referir-me aos deputados na Assembleia da República porque, quanto aos outros…não os reconheço, porque não eleitos, simples sucessores e amigos íntimos, uns dos outros!!!... Por essa razão, maior a minha confusão…quanto a contenção, quanto a défice, quanto a tanga, quanto a desemprego, (…aumentou, pelos vistos!!!...) quanto a crise, quanto a recessão, quanto a qualidade de vida, em todos os sectores importantes na sociedade em que vivemos, (…nem sei como!!!...) quanto a ambiente, quanto a segurança, quanto a esperança, a que se não alcança, quanto a sonhos, cada vez mais…pesadelos, tal a quantidade de mazelas, as que persistem, as que existem…perante todos, ao nosso lado, concretas e abjectas, embora neguem e nos tentem meter pelos olhos dentro, o que não é evidente!!!...

…afinal quem está no Poder, a tal maioria, a que decide…é, nem mais, nem menos, a que já estava, a que aplaudia, todos os esforços, todos os sacrifícios, nos tempos do que fugiu, o Durão (…que vidinha boa…ele tem, agora!!!...) o que, com cara dura e carregada, invectivava a oposição, culpando-a de todos os erros…a fim de justificar as políticas erradas e erráticas, as praticadas, pelo sujeito de então!!!...

…afinal, a tal maioria, a cozinhada, a dos aplausos eufóricos e feéricos, em pleno hemiciclo, a que punha nos píncaros a Manela, a obsessiva, a que nos deitou mão a muitos dinheiros, ao longo de dois anos, quase nos pondo a pão e água…sacrifício tremendo…é a mesma, a que aplaude o sucessor e os amigos do peito, irresponsáveis e incompetentes, outras gentes, periclitantes, hesitantes…num rodopio constante, num avança recua doentio, dando a impressão que…nem eles próprios acreditam neles e…no que não fazem, pobres deles…em políticas inversas, no curto espaço de três ou quatro meses, prometendo boa vida, dinheiro aos baldões, muitos milhões, sem défice, sem obsessão, sem crise, sem recessão, tudo curado…num momento dado, como passe de magia ou…pura fantasia???...

…afinal, o homem…embora fale e gesticule muito, autêntico artista de fila…com sus muchachos e implementações precipitadas, num convencimento crescente, vai tentando ganhar gente, na altura dos votos, os que se aproximam, com voracidade, com mentiras (???...), com verdades (???...), de qualquer maneira e jeito, ao modo dele, populista e demagogo, dos sete costados…afinal, é o que está agora elevado e aplaudido até ao paroxismo, pela tal maioria, a cozinhada, a que se não visualiza, a que…anda de mão em mão, não sabendo bem o que quer, sem opinião formada, numa grande salsada…utilizada por outra, a que nos impuseram, sob o auspício, elevado patrocínio…de Sua Excelência que, respeito, pelo cargo, claro!!!...

…afinal os CASOS, os mais mediáticos, os que nos foram entretendo, os que nos foram baralhando, pelos vistos, vão…dar em nada!!!... Os presumíveis culpados, bem misturados, aceites no meio, como se nada…já se dão ao luxo de opinarem, de julgarem, de aplaudirem ou não, estão no seu direito, é evidente, continuam só…como presumíveis, pouco credíveis mas…mais inocentes!!!... Não sei bem que tipo de País é este, embora…goste dele, como meu, como de todos os meus compatriotas, levados como tansos, como idiotas, num curto espaço de tempo, três ou quatro meses, afinal!!!...

…agora, além de tantas outras…mais uma crise, a da Amostra de Coligação mas, com os ares do Tejo, num barquinho e tudo (…que bonito!!!), chegaram a acordo!!!... Que pena…ainda não foi desta que nos livrámos de palhaçadas, as que existem, todos os dias!!!...

…afinal…como é???... Estamos, não estamos, deixámos de estar???... Somos, não somos, deixámos de ser???... Temos, não temos, deixámos de ter???... Afinal, gostaria de…saber!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub