Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

30
Mar04

...vem...Abril amigo!!!...

sherpas

…vem, Abril amigo, anda daí, comigo,

anda companheiro...florido,

colorido... exemplo no Mundo inteiro,

sossega o Povo sofrido,

DSC01671

abre a porta da esperança,

a que não morre...

a que se alcança!!!...

 

Abandona a incúria,

repele a injustiça...

acaba com a penúria... acicata, atiça,

berra, bem alto... vocifera,

grita,

 

avança, dá mais um salto,

cria gente nova, ideias adequadas,

relega o passado,

carreiristas pouco sensatos,

erráticos e confusos,

obsessivos, obtusos...

 

neo-liberais ferozes,

piores do que algozes... sem consciência,

as excelências,

 

sem bom senso... sem consenso,

quando paro, olho, vejo e penso,

quando escrevo minhas mágoas, dores profundas e árduas,

carpires de gentes boas,

enganadas com petas e…loas!!!... …

 

vem, Abril, o das águas mil,

começa, mentindo... como COISA vil,

vai surgindo... vai clareando,risonho, prometedor,

mês de sonho, de encanto,todo um mentor,

 

guia esperançoso, alvorecer, parto sem dor,

futuro mais radioso,

promessas vastas,

políticas gastas,

povo...  

 

humilde, trabalhador, tantas vezes frustrado,

arqueado...

com muita dor, doente, desempregado,

 

tristonho, mas convencido,

nesta nova Primavera,

aniversário compungido... doutro tempo, doutra era...

 

a de há trinta anos atrás, quando o Povo foi capaz,

sem sangue, sem guerra,

deitar fora, por terra,

os cinzentos do costume... quase nada, simples estrume,

 

grotescas criaturas, fracas e poucas figuras,

vilipendiadas, esquecidas, fracas memórias...

passadas, triste história,

 

durante décadas, sem vestígios, sem pegadas,

simples saudosistas... os mais, os forrados, as excelências,

nódoas, pequenas excrescências,

 

vómitos de gente...  a que não sente,

a que subjuga,

porque julga...

quando diz, quando mente,

 

recuando, recuando, sempre,

que não é igual, que é diferente,

pobres coitados... postos de lado,

longe dum sentir,

dum auguro, dum porvir,

 

dum futuro, dum sorrir, nesta estação,

neste Abril... recomeço, revolução,

com cravos, sem violência,

realidade ou ilusão,

 

uma querença, uma decência,

paz, amor e pão...

neste mês, mais uma vez,

porque Deus, assim o fez,

 

neste País, nesta Nação... Portugal… no coração!!!... ...Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub