Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

30
Mar04

...burros...bem albardados!!!...

sherpas
...em todos os locais, maiores ou menores, convencidos ou não, sós ou em grupo, há mentecaptos, pobres de espírito, idiotas, chalados que, por falta de caracter, de personalidade, se deixam levar na onda, na onda das aparências, das vaidades comezinhas e sem significado, pela cabeça de outros, de terceiros, os mal intencionados, os aproveitadores, os que, com objectivos precisos, os utilizam como verdadeiros jumentos, asnos ou burros de pasmar, albardando-os, consoante o gosto e a soberana vontade dessas excelências, os que se aproveitam deles, os que os convencem, os que os levam para onde querem, submissamente porque, de vaidosos assumidos, se convencem, pobres jumentos:

- Vamos todos convencidos/muito assumidos, vaidosos/com uns trapos, produzidos/que mostramos, orgulhosos/esquecendo, por uns momentos/que o de dentro é que interessa/tal como os pobres jumentos/que, há muito, não vão nessa/pois sabem, e com razão/que albardados a preceito/não deixam de ser o que são/um burro ou burros, sem jeito/manejados, sob pressão/por um ou outro sujeito/que não lhes dão muita atenção/estejam ou não perfeitos/bem ou mal albardados/vão vivendo com a impressão/de serem asnos, mal amanhados/convencidos, com ilusão/diminuídos, enxovalhados/tal como certos humanos/diferentes, num pormenor/baixos, altos, de vários tamanhos/que se sentem na maior/quando, saídos dos rebanhos/se vestem com atavios/com fardamentas de luxo/luzindo físico e brios/como a água num repuxo/chamativa, espectacular/impantes e maravilhados/consigo, com o seu bem estar/por se verem bem albardados/continuando a ser burros/aparentemente afastados/das estrebarias, dos seus curros!...

...não sejam burros, assumam-se como sois, identifiquem-se convosco próprios pois, todos, todos sem excepção, temos mais valias que não aproveitamos devidamente...minimizamo-nos e, muitas das vezes, deixamo-nos arrastar, como os burros...rebelem-se e, ponham de parte, a história dos insignificantes e vulgares cidadãos anónimos que, eu, tanto cito, uma vez, mil e uma vezes, vezes sem conta...em prol dos desgraçados deste País, os de sempre, com os quais me quero identificar, sofrendo com eles mas, ao mesmo tempo, gritando, escrevendo, a minha revolta por todas essas situações, por toda essa gente sem voz, nem vontade, os que utilizam, os que sofrem, as vítimas de sempre, sempre os mesmos, os que albardam, a quem metem a canga...por eles vos peço, não queiram ser burros...dêem uma valente patada, (como os humanos) e não, uma parelha de coices, (como os burros)...atirem a albarda ao chão...mandem-nos à fava...sejam homens e mulheres com letras maiúsculas, de verdade, para o bem de Portugal... o País precisa de mentes dignas e sãs, independentes e livres, sem clubites de treta que alimentam gulosos, os carreiristas... não necessita de jumentos, como até agora, na maior parte das vezes, quase sempre...ah!!!...É verdade!!!... O fórum da siconline, entre anónimos, pontos, pontinhos e...transcrições, optou pelo sentimento e...muito bem, quanto a mim...






Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D