Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

16
Mai04

...p´ró zecacilhas...com amizade!!!...

sherpas

…literatura…a dura???...

…literato, iletrado… convencido,
deslumbrado, consigo próprio, lá nos altos,
comungando projectos, bem dilectos,
em patamares superiores…muito ungido,
da plebeia multidão…afastado,
cordato, em sítios mui selectos,
sisudo, com livros, mais que muitos,
investigador, rato de biblioteca,
homem de pouca estaleca,
com pensares, com rodos, com fluidos,
papelarias, suas fantasias,
sonhos arrecadados, em estantes,
vidas paradas, estanques,
visionamento de frases, de obras,
de filosofias várias, de sobras,
com óculos, com barbas, pensativo,
discernimento de, pouco activo,
intelecto febril, corpo passivo,
literato de extirpe, de trato,
no seu círculo, no seu âmbito,
rodeado de ideias mil, nos papéis,
calhamaços, como maços, sem cordéis,
gente fina, de gabarito,
uma moda, um hino, uma excelência,
num deslumbrar que se prolonga,
pura vaidade, excrescência,
numa literatura que se não alonga,
que se encerra, se coíbe, se inibe,
se fecha…se restringe,
se diminui, se evapora, se dilui,
porque se vende…se prostitui!!!...

…quando os vejo, quando os oiço, burilados,
arrastando nomes, citando frases, excertos,
dando uma de sérios…enrolados,
num falar d´outras esferas…espertos,
perante tolos, tristes palonços,
boquiabertos…com os insossos,
intelectos…bem dilectos,
bafientos, com traça…infectos,
restos de todo um passado…dejectos!!!...


…todos os escritos, todos os saberes, todos os sentires,
desde que vividos, desde que sentidos… depois de escritos,
são importantes, gratificantes, digna e pura…literatura,
não há cordéis, não há bibliotecas, não há porvires,
nem papelarias, nem editoras…com proscritos,
logo à partida, no início…como censura!!!...

…quem sente ou sentiu, escreveu,
quem não gosta do que leu,
engole em seco, sem escarnecer,
porque…faz doer!!!...

…Mas, quem sou eu???...Abraço do Sherpas!!!...


16
Mai04

...aos donos... da guerra e, seus apaniguados!!!...

sherpas
…aos donos…da guerra e, seus apaniguados!!!...


…interiorizado, profundo,
pensamentos latos, abrangentes,
característica pessoal, diferente,
alheado de todo o Mundo,
na solidão, que não sente,
antes, companhia de tantas gentes,
multidão de sentimentos,
risos, choros, lamentos,
raivas contidas, berros sonantes,
desde o início, marcantes,
desta paranóia colectiva,
prolongada, doentia, activa,
desta loucura que esmaga,
neste espaço, nesta esfera,
neste insensato caminhar,
desprezo que não afaga,
na luta, no conflito, na guerra,
no apartar do humano, num rasgar,
esmagamento gritante, embravecido,
forças demoníacas que se soltaram,
perverteram, calcaram,
perante este pobre solitário,
que se acanha, se amedronta,
em pensamentos macabros,
escrevendo, como num diário,
a vida com que se defronta,
visionando pungentes quadros,
degradação que assombra, avilta,
quando berra, quando grita,
quando chora, quando lamenta,
quando pára, quando tenta,
modificar tudo que sente,
alegrando o seu sentir,
ficando quedo, parado, sendo gente,
olhando como um cego…sem fugir!!!...

ai de mim, pobre coitado,
perdido, nesta insensatez,
nesta crueza, amaldiçoado,
que mal o Mundo lhe faz, lhe fez,
cada vez mais só, abandonado,
perante tanta malvadez,
crueldade sórdida, mórbida,
feras à solta, ensanguentadas,
mutantes, nestas eras aberrantes,
que, em vida, destroem a vida,
como poucas coisas, pequenos nadas,
atrocidades feras, lancinantes,
pungentes dores, gritos atrozes,
monstros, feras, algozes,
calaboiços de muitas vozes,
que calcam, que calam,
que matam, que trucidam,
impunemente, chacinam,
perante mim, perante todos,
perante o Mundo, indiferente,
que já não chora… já não sente!!!...

ai de mim, pobre coitado,
interiorizado, profundo,
solitário, com muita gente,
dentro dum Mundo…tão diferente!!!...

quando choro, quando lamento,
este período…este momento!!!...


…com a antipatia…total, do Sherpas!!!...



16
Mai04

...opções!!!...

sherpas
Opções


Em tudo, como na vida,
há opções várias, diversas,
numa corrida curta ou comprida,
num montão de flores ou dispersas.

Numa pessoa bastante isolada,
num aglomerado, numa multidão,
com pouca sorte ou fadada
pelo destino, pela ilusão.

Numa tremenda pobreza,
num vendaval medonho,
imerso em grande riqueza,

estando alegre ou tristonho,
populista ou da nobreza,
pensativo ou risonho!...

…Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub