Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

02
Jun04

...Londres!!!...

sherpas

Londres... Cidade aloucada, monumental, verdejante,

comercial...

movimentada, cultural,

DSCF0158.JPG

 

extravagante, henfática, quando falada, reservada,

comunicando...

fresca, muito molhada, alongada,

 

andando, no viver, toda ao contrário, com realeza, nos palácios,

tendo a libra, como sacrário...

 

plena de contestatários, nos cabelos coloridos, nas vestimentas bem diversas,

nos canteiros muito garridos...

 

nas raças mais que dispersas, no individual dum colectivo,

no trato seco, distante...

no "sorry"  bem frequente, variado,

incessante, de toda aquela gente,

 

anglo-saxónica, pois então, claros, azuis, na pele, nos olhos,

caras de vermelho pimentão,

de copos na mão...

 

aos molhos, nos pubs, nos teatros, ouvindo cantos de operetas,

vendo bailarinos aos saltos...

 

nos salões, nas salas, nas saletas, mostrando com "pride"

tudo que, pelo Mundo, roubaram...

no Museum da sua "mind" o que, a outros, furtaram,

 

em nome da ciência, exploração a outros povos,

a outras nações...

evoluídos na civilização,

 

inibidos perante os ladrões, os tais, os anglo-saxões,

os descobridores do racismo...

dessa fera ignóbil, monstruosa, tão contrária ao laxismo,

 

à vida bela, formosa que mostram nos seus jardins,

plenos de fauna protegida,

repletos de malvas, jasmins...

 

junto aos lagos, com vida, onde pululam esquilos,

esvoaçam aves diversas...

pelo meio de tantos mitrilhos, das relvas frescas, dispersas,

das flores, cedros gigantes,

 

com bancos bem situados, onde turistas, habitantes se sentem bem,

relaxados...

longe do bulício, ali ao pé, da azáfama,

extravagância do titeriteiro,

 

do pub, do café, da indiferença, da jactância,

dos cabelos coloridos,

dos narizes, das orelhas furadas, dos berros,

 

das sirenes, dos gemidos,

das " streets " mais que pejadas

de tipos tão diversos,

raros, brancos, escuros, pretos, amarelos, mais que claros,

 

nus... vestidos, abstractos, concretos,

de várias raças, credos,

 

na babilónia absoluta, tão completa, tão desvairada,

que se culpa... se expurga,

 

que se transforma em nada, numa decadência total,

num retrocesso irreversível,

num antídoto ao fútil,

venal... carisma desta… Babel!!!... …Sherpas!!!...

 

02
Jun04

...quadros!!!...

sherpas
Quadros


Uma criança que chora,
uma mãe que a consola,
um velho triste q´implora,
um jovem que se isola,
quadros bem degradantes
para quem já tinha pensado
que, só dantes, muito antes,
num Mundo posto de lado,
aconteciam estas cenas,
obscuras, sujas, obscenas,
noutras épocas, doutras feras,
sanguinários chacais,
terríveis, medonhos animais,
senhores de todas as guerras,
megalómanos assassinos,
donos de tantos destinos,
destruidores prepotentes
de terras, de povos, de raças,
maléficos, pobres doentes,
criadores de desgraças,
norteados por ambições,
por credos, por religiões,
por valorização de moedas,
por negócios inconfessáveis,
por tantas, tantas merdas,
tão baixas, tão miseráveis,
tão comezinhas, rasteiras
que se esquecem das crianças,
das mulheres ainda solteiras,
das mães consoladoras,
agastadas, sofredoras,
dos velhos que só imploram,
dos jovens, sós… que choram!!!...

…Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub