Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

04
Jun04

...era dos que lia...jornais!!!...

sherpas
...era dos que comprava jornais, diários, pois então!!!...Aos poucos, fui verificando que, consoante o dono, assim eram as notícias....as relacionados com a política!!!...Desisti!!!...Comecei com os Semanários!!!...Ainda li bastantes, nos tempos de Cavaco, o Independente, pelas bocas...do Portas, ao início, divertidas, logo depois...sórdidas, de baixo cariz moral!!!...Desisti!!!...Passei para o Expresso, mais plural, na aparência, claro!!!...Pela inclinação, tal como a colecção das SIC...cheguei à conclusão que...não valia a pena!!!...Desisti!!!...Agora, estou nesta...na Internet!!!...Vou lendo alguns cabeçalhos, as gordas, um que outro comentário, opiniões diversas, de gentes como eu, vulgares, anónimas...ou não!!!...Sinto-me mais informado!!!...Faço os meus juízos, penso e escrevo...a meu jeito!!!...É por estas razões, penso eu, que os portugueses, em geral, pouco vão ligando aos orgãos de comunicação social...por não serem isentos, por estarem inclinados!!!...Não prestam, apestam...não cumprem o seu papel fundamental, servir, com isenção, as gentes deste País!!!...Abraço do Sherpas!!!...
04
Jun04

...hábitos!!!...

sherpas
Hábitos


Passaram-se os dias,
rápidos, fulgurantes,
deixei versos, poesias,
velhos hábitos de antes,
doces encantos, manias
que sentia, dominantes,
sobre tristezas, alegrias
que vivia, intensamente,
nas terras de tanta gente,
nas terras que me abrigam,
me isolam, me obrigam
ao pensamento profundo,
ao pensamento aberto,
sobre o que vejo no Mundo
sob a forma de verso,
numa lânguida entrega,
numa paixão tão imensa,
numa força que se verga,
numa fase que se pensa
sobre tudo, sobre nada,
de alma cheia, virada,
de líricas encantadas,
que surgem, não pensadas,
com tal clarividência
que, depois de escritas,
põem em evidência
um universo alargado
de triste, trágico fado,
de sofrimento constante,
ou o inverso alegrar
dum estranho viandante,
que aos pulos, a cantar,
se sente abençoado,
por momentos, iluminado,
num corrupio da vida,
tão diversa, tão estranha,
que se vive, que se apanha,
dum modo tão diferente,
consoante se vive, se sente,
mais ou menos contente,
com vontade de escrever
uma poesia bem extrema,
que nos faça sentir, crer
na grande força dum poema!!!...

…Sherpas!!!...




Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub