Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

20
Jul04

...máquina fiscal...sem peça!!!...

sherpas



…incertezas, as que nos diminuem, as que, por cima das nossas cabeças, nos reduzem, as que se perspectivam, as que…não nos dão esperanças, as que, quase todos os dias, ouvimos, por parte de Suas Excelências, sempre as mesmas, desde a mais elevada, passando pela mais endinheirada, pela folclórica populista…com sorriso matreiro, complacente…quando promete, como o outro prometia, imbuído de puro e verdadeiro, sentido de Estado, mui sério, mui compenetrado, em qualquer local, sombrio e de pêsames, eremitério, cemitério…junto de campas, vindo duma, a de sua referência, a do defunto, pois então… fica bem!!!...

…não critico… tal situação, somos livres de chorar…os mortos das nossas devoções, em privado, recolhidos…sem câmaras de televisões, fantasias, ilusões, circos, teatros…confusões!!!...Quem nunca pecou…que atire a primeira pedra!!!...Palavras santas do relicário, do livro dos livros, o mais santo, sacrário dos que…nela nasceram, nela se fizeram, pelo sacramento do baptismo, nela permaneceram, por conveniência, a de tanta excelência…religião que perdoa, que desculpa, que abençoa, todos sem excepção, seja mentiroso, seja canalha, seja ladrão, assassino, inclusive, com uma simples confissão, com arrependimento verdadeiro ou simples…fingimento!!!... Estou-me referindo, claro…à religião que, quando pequeno, me foi imposta, a que não pratico… a católica, apostólica, romana e aos quatro Evangelhos, reunidos num só, a Bíblia Sagrada, pois então!!!...

…com palavras sensatas, cordatas, pesadas, contidas, mais uma vez…já são tantas, no bom caminho, diz, com a retoma ali ao canto, pertinho…a um salto duma cobra, embora se não sinta, embora se não veja, com aquele ar sério que se lhe conhece, profundo conhecedor de tudo quanto é finança, economia, dinheiro, dá no mesmo…aconselha sensatez, o rumo a seguir, nada de aumentos ou…alguns, poucos, sem tocar no que nos é imposto, o que nos toca nos bolsos, dos que pagam, sempre os mesmos, claro!!!...Nada de desvarios, de eleitoralismos, de desatinos, de populismos, de desvios…de loucuras, quanto a gastos, evidentemente!!!...No entanto, não entendo, quanto a governo, se tinha muitos ministros, mais alguns se criaram…por questão de amizades, as tais, as de verdade!!!...O Poder???...Ah!!!...O Poder!!!...

…défice, o maldito, com tal desgovernação…persiste, tem tendência em aumentar, para nosso mal!!!...Lá se dará mais uma facada ao Património…o que se vai reduzindo, aos poucos, como se nada, para se concretizarem as tais receitas, as extraordinárias!!!...O que se venderá, desta vez???...Temo pelo Mosteiro dos Jerónimos, pela Torre de Belém…por outros monumentos que, ao invés de se degradarem…sempre renderão algum capital, para o equilibrar, o tal, o maldito…o que teima em nos perseguir!!!...

…enfim, dentro das suas competências, imponências…as excelências, rebolam-se de satisfação, nas suas extravagâncias, próprias de quem gosta, de quem se deslumbra, de quem se completa, com competências…ou não, dá igual, tanto faz!!!...

…a ralé, a posta de lado, vai-se entretendo, ao jeito dos que, na altura…estão, com… ou sem razão!!!...

…entretanto, no que respeita à máquina, a fiscal, a desequilibrada, a que cobra…sempre para o mesmo lado…ouvi e pasmei que, por questão de racionamento, de poupança, creio ter ouvido… dessa, da dita…se retirou uma peça, segundo muitos, fundamental, segundo outros, não tanto…puro despesismo!!!...Será que…a referida, irá funcionar melhor???...Será que ficará…mais equilibrada???...Será desta que…os fujões, os que escapam, os que fogem às suas obrigações, irão começar a pagar???...Bem quero acreditar!!!...Veremos!!!...É que, se todos pagarem, como deve…os que são massacrados com pagamentos excessivos…sempre terão alternativa de respirarem um pouco, de não pagarem tanto!!!...Sherpas!!!...
20
Jul04

...o amor é...uma borboleta!!!...

sherpas

...frágil, como uma borboleta,

o amor esvoaça, vem, poisa, permanece…quando alimentado,

quando cimentado,

aos poucos,

neste Mundo de loucos!!!...

GENEVE 083

Borboleta branca, frágil,

efémera vida, passagem,

ligeira no voar, ágil,

começo, fim duma viagem,

forma perfeita dum ser que se mata,

se esconde, para depois renascer... neste espanto de viver,

 

forma branca, multicor,

leve, tal qual uma flor,

estética graciosa,

pura, doce canto à formosura,

inspiração maior,

divina... do supremo criador,

 

que... nos dá, nos ensina, a alegria, o amor,

numa borboleta, numa flor,

 

numa leveza passageira,

numa lufada de graça... num ser que se abeira,

 

que... voa, que esvoaça,

num turbilhão de beleza, num momento tão colorido,

numa forma que se escapa,

num minuto já vivido, que nos foge, que... se tapa,

 

que... se forma noutro ser,

que está quase a morrer para,

depois, renascer!!!...

 

…como uma lufada,

plena de graça,

singela, bela, veio, ficou!!!...

 

Num repente…pode partir,

deixar de existir,

ser de curta duração!!!...

 

Num minuto se esvai,

desde que…não alimentado,

pobre moribundo,

quase nos cai em cima, o MUNDO,

triste, solitário, acabado!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub