Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

28
Jul04

...emoções!!!...

sherpas
…sentirmos orgulho, sentirmo-nos honrados por gentes poucas…é loucura, são coisas loucas!!!...Que proventos aportaram ao País e aos portugueses, aos carentes, às outras gentes, aos postos de lado…certos líderes, determinados ídolos, pobres coitados, bacocos autistas???...Tristes lucubrações, tenebrosos pensamentos…me assolam, quando oiço, quando vejo, quando leio…certas afirmações!!!...Sinto pena…tenho dó!!!...

Num Mundo de sensações,
de histerias apocalípticas,
de coléricas emoções,
de líderes, de políticas,
de ídolos de pés de barro,
de campeões passageiros,
seja em casa, no carro,
adulamos sempre os primeiros,
que pomos num pedestal,
nas corridas, no futebol,
nos congressos, na canção,
nas religiões, no andebol,
em qualquer competição,
manias de clubismo,
adoração da camisola,
espécie de fanatismo
desde que se sai da escola,
torcemos, discutimos,
fazemos gestos vários,
descontrolamos, aplaudimos,
damos urros, comentários,
somos heróis do falatório,
gastamos massa, inutilmente,
seja-se humilde, finório,
porque nos dói o que se sente,
pela emoção, pela histeria,
pela paixão por um clube,
pela sensação, pela alegria.
pelo líder que se adule,
pelos que nos fazem tresloucar,
que consideramos os maiores
desta amálgama de encantar,
desta mania dos melhores,
gente pouca, pouca gente,
que se esforça, alcança,
que nos torna fanático, doente,
porque se distancia, avança,
se torna o melhor de todos,
o primeiro, entre os primeiros,
neste Mundo de tantos loucos,
que gastam sentires, dinheiros,
numa histeria colectiva,
política, melódica… desportiva!!!...


…há figuras e…figuras, há loucuras e…loucuras, há casos e… coisas, há coisas e…casos!!!...Tantas manigâncias, tantas porcarias!!!...Tantas hipocrisias…disfarçadas de políticas!!!...Tantos interesses…tantas benesses!!!...Tanta pobreza…tanta miséria!!!...Há factos e…factos!!!...As evidências…são mais que muitas!!!...Que tristeza!!!...Sherpas!!!...
28
Jul04

...sacrifícios!!!...

sherpas

…a vida, sem sacrifícios, é profunda aberração, uma lástima, um horror, pura negação…no que, a ela, se refere!!!...Se ao nascer… se tiver tudo, quebra-se, em nós…logo de início, o fundamental, o preciso, o objectivo a atingir, uma finalidade na existência, começa-se…com falência, anunciada!!!...Vida vaga, sem nada…tendo tudo, às carradas!!!...


A vida, toda ela, um esforço
desde o começo, à partida,
quando, menino, moço,
sequer, logo em seguida,
crescer, logo amadurecer,
encará-la, como vencida,
com tanto por perceber,
vamos crescendo, aos poucos,
em alturas, como loucos,
tudo queremos, desenfreados,
os bons, maus bocados,
com ânsia, muita vontade,
só para nós, exclusividade,
quando homens, já maduros,
com ideias bem assentes,
percorridos caminhos duros,
olhamos para outras gentes,
pensamos, consideramos,
com altruísmo, amizade,
no meio de tantos humanos,
com carradas de verdade,
que, teremos de nos esforçar,
para nos mantermos sãos,
nesta corrida, sem parar,
neste Mundo de cristãos,
no meio de tantos irmãos,
nossos iguais, diferentes,
pelos quais também tu sentes,
suas chagas, misérias,
suas desgraças, desventuras,
menos quando estás de férias,
com os quais tanto te apuras,
te esforças, abnegas,
com mezinhas, achegas,
com palavras, atenções,
fora das amargas paixões,
próprias dos indivíduos,
sejam normais, prodígios,
gordos, magros, escanzelados,
atletas… ginasticados!!!...

…para apreciarmos o que a vida nos oferece, devidamente, como é normal…temos de nos esforçar, temos de nos sacrificar!!!...Ganharás o pão…com o suor do teu rosto!!!...De bandeja…nada nos chega, tudo nos sobeja!!!...Não presta…apesta!!!...

…Sherpas!!!...





28
Jul04

...triste quadro...amargo de boca!!!...

sherpas

…triste quadro... …amargo de boca!!!... …

 

o cheiro, o fumo, o aspecto,  o calor, a aflição, o inferno,

o desvario,  o descontrole,

o respeito, o medo, o pavor,

o interno,

munique 204

um não acabar,  um continuado,

sofrido,  gritado, de mãos caídas,

caras rasgadas por esgares, bens queimados,

sonhos desfeitos... idos,

 

vidas destruídas, pobres lares,

choros repetidos, berros de revolta,

esforços inumanos... velhos de muitos anos!!!... …

 

dor que se espalha pelos ares,

carregada, sufocante, que se solta,

vida perdida, vida de enganos,

juntos, gesticulam, aos pares,

sombras que passam, sombras queimadas,

 

terras cinzentas, mortas, paradas,

fardas avermelhadas, poucas,

mangueiras, sons confusos...

lá pelos ares,

 

um ronco mais estrondoso,

jorros de água, díspares, insuficientes,

escassos, espargidos,

lá de vez em quando, alívios mito ligeiros,

raros!!!... …

 

gemendo, gritando, chorando,

caricatos, ridículos,

obscuros, incompetências...

as das excelências,

 

os não eleitos, pobres sujeitos,

jactâncias, excrescências,

apocalipse de horrores...

muito longe dos senhores,

 

cá pelas bases, as calcadas,

esquecidas, …mais que abusadas,

postas de lado... tétricas,

carentes, reduzidas...

frenéticas!!!...

 

…máscara de sofrimento,

triste, compungida…...

com lamento!!!...Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub