Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

30
Jul04

...quero rir...quero cantar!!!...

sherpas



…quero rir, quero cantar,
quero sentir… muito prazer,
quero iludir-me, quero sonhar,
ter gozo, sem raiva, sem sofrer,
ver o meu jardim florido,
pleno de canteiros multicores,
apreciar gentes simples, comovido,
verdadeiros cravos, raras flores,
neste cantinho, à beira-mar,
tão diverso, tão único, ímpar,
num colectivo que se achega,
que se transforma numa pinha,
por vezes…às vezes!!!...

…não há mal que lhe não venha,
nem revolta, reviravolta, simples rinha,
tudo lhe descamba…em cima,
queira… ou não,
parece maldição, assombração,
com mistelas, com trapalhadas,
com interesses, com benesses,
terras e terras, incendiadas,
mãos vazias, cheias de nadas,
das vítimas, dos que vegetam,
dos que sofrem…se não completam!!!...

…flores perdidas, murchas, mortas,
amplo desnorte, enfoque das televisões,
animais queimados, sem hortas,
casas destruídas, arruinadas, visões,
serras cinzentas, enegrecidas,
sem medronhos, sem mel,
sobreiros, sem cortiças,
amargura de vida…puro fel!!!...

…quero rir…quero cantar,
quero sentir…muito prazer,
tenho vontade de…chorar,
por ver…tanto sofrer!!!...Sherpas!!!...
30
Jul04

...depressão???...

sherpas
…cantemos alegremente, proclamemos aleluias, elogiemos a incompetência e o arbítrio!!!...Gritemos, a uma só voz, embargados pela emoção…com uma intenção, a de sermos felizes, ao invés da depressão, do descalabro, da penúria, da infelicidade dos outros, da incúria na desgovernação!!!...Comunguemos, em união, das glórias dos das honras mil, dos indigitados, não sufragados, dos esperançosos num objectivo que se não alcança, numa retoma que se não vislumbra, excepto lá nos altos, nas alturas, esquecendo, como deve…os milhares de desempregados, os pobres, os miseráveis, coisas menores, coisas poucas!!!...Caminhemos, todos juntos, numa viagem atribulada, para o profundo abismo…este, aqui ao pé!!!...

Uma viagem pelo imaginário,
pelas sombras da escuridão,
pelo cruel mundo solitário,
pelo aviltante, pela podridão,

pelo mais baixo, pelo miserável,
pelo sórdido, pela desolação,
pelo podre, pelo execrável,
pelo reles da multidão,

pelas sobras do consumismo,
pelo irreal, pelo que escondemos,
pelo rasteiro miserabilismo

que pensamos, mas não queremos,
existir no mais fundo abismo,
da existência que tememos!!!...

…façamos negociatas mil, dilapidemos à tripa forra, rebentemos com o público e…pelo sim, pelo não, porque não (???...), mais submarino, menos submarino, fica bem, tanto faz!!!...Viva la muerte, como os belicistas do passado, em plena guerra civil, da Espanha, aqui à porta… vociferavam, quando destruíam, quando matavam, convencidos do que diziam, convencidos do que…faziam!!!..Abaixo os deprimidos, bem ao alto os alegres, os patetas que se orgulham de tudo quanto vêem, através das televisões, das rádios que também ouvem, dos jornais que vão lendo, repositórios de depressões…sem jeito!!!...Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub