Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

04
Dez04

...há alturas, que...

sherpas



…há alturas que, por motivos vários… diversos, nos sentimos a mais, connosco, com os outros, em relação a muita coisa que nos rodeia, simplesmente!!!... Afinal, somos gente!!!... Ainda por cima, quando… expectantes, assistimos a posições esquisitas, a contradições de excelências, mediante evidências, as que não querem ver, as que não aceitam, de modo nenhum, tentando…com conjecturas mil, virar o bico ao prego, sem jeito nenhum, emendar a mão…como se fosse possível, admissível, sequer, gritando, vociferando, berrando, apregoando lutas e…mais lutas, as futuras, sem futuro algum, creio!!!... Foram quatro meses…para esquecer, para não falar dos outros dois anos, os anteriores, os do fujão, o da vidinha boa…lá para as bandas de Bruxelas que, quanto a mim, a tantos, plenos de enganos e trapalhadas…não foram melhores, bem piores, convenho!!!... Ainda por cima…com um fuga atabalhoada, como se nada!!!...

…têm sido estas coisas que… temos tido, com fartura, numa acumulação de casos, de enganos, de promessas, de penúria, de coisas, de imunidades e impunidades de tantos que prevaricaram, de compadrios, de fantochadas, de conluios, de amanhanços, de negociatas de alto gabarito, de laxismo profundo, de desfazer o feito…ao que chamam de reformas, num legislar frenético, ditatorial, arrogante…sei lá que mais!!!...

…não me sinto a mais, no Fórum do Parlamento, de outro qualquer…onde possa expor os meus pensamentos, as minhas reflexões, as minhas razões!!!... Sinto-me a mais, sinto-me mal, confesso… com estas amostras de gente, à frente do País que é meu, que é nosso, deles…também, de todos, quando os visualizo, indecisos, confusos, obtusos, num desnorte total, para nosso mal!!!... Depois, bem… depois, pergunto:

- Que mal fiz eu e… os meus conterrâneos, para merecermos estes cromos???...

…claro que…estavam a mais, é evidente que, com eles, me sinto a mais…também, tal como o País, tal como as populações, não merecedoras destas figuras…ridículas, caricatas!!!... Com novas fronteiras, com plataformas…é-me indiferente, apaguem-nos, de vez, ponham-nos na prateleira dos esquecidos!!!... Todos viremos a ganhar, um dia…quando tal acontecer!!!... Já chega de… fantochada!!!... Basta!!!... Sherpas!!!...
04
Dez04

...festas...Natal!!!...

sherpas
…festas felizes, em PAZ e HARMONIA, dentro do possível, claro…para todos e…para mim, também!!!... Abraços!!!...

…mais um Natal se aproxima e, com ele…quantas discrepâncias, quantas extravagâncias, quantas minudências!!!...


…mais um Natal se aproxima,
uma época, uma tradição,
aqui, ali, até na China,
é um negócio, uma ilusão,
longe do espírito, da essência,
da harmonia, da paz,
da fraternidade, da alegria,
do que se devia mas, não se faz,
da união em família,
do que eu via, em rapaz,
da comunhão de sentimentos,
na ajuda aos necessitados,
no apaziguar os sofrimentos,
aos perseguidos, aos esfomeados,
aos doentes deste Mundo,
às vítimas da cruel ganância,
aos que estão bem no fundo,
calcados pela jactância,
pelas misérias passageiras,
destes seres tão hipócritas,
que rezam loas inteiras,
debaixo das altas criptas,
nos templos onde se confessam,
onde adoram as suas valias,
onde choram, onde professam,
onde escondem as vilanias,
onde erguem suas vaidades,
onde esquecem… as verdades,
onde festejam mais um Natal,
louvando o Bem, esquecendo o Mal (???...)
Natal sem tradição,
sujo negócio, triste ilusão!!!...Sherpas!!!...
04
Dez04

...estavam a mais...é evidente!!!...

sherpas
…com mais umas migalhinhas aos velhinhos…tentaram iludir, fazer de conta, fingir, falando em percentagens…ena tanto, 3% a 9% que, convertidos em dinheiros, dão para uma bica diária, mais ou menos!!!... Claro que…estavam a mais, quando despendiam tão pouco dinheiro em prol da população e…uns biliões de euros, tamanhos…em submarinos, em armamento…em aviões!!!... Claro que…estavam a mais, tal como me sinto…em determinados lugares, em certas ocasiões!!!...

…que estão a mais, que sobram, que são excesso, que se tornam incómodos porque…desajustados, tanto aqui, como em todos os lados, inconvenientes… entre gentes, no local errado, incertos, tal como o destino, um desajuste, um desequilíbrio, um desafio, tremenda teimosia…mais que mania, obsessão, uma sem razão…em conclusão, a mais, como tantos, como os tais…os mais, sendo menos!!!... Há pessoas assim, muitas vezes me coloco essa posição, a de estar a mais, a de me sentir inconveniente, no lugar errado mas…teimo, insisto, persisto e, comigo próprio, em comunhão perfeita, na minha solidão…enquanto escrevo, sinto-me bem, sinto-me o mesmo, a preceito, a esmo e…continuo!!!...

…sei que me não vão dando troco, que me ignoram, que me passam ao lado mas, pelo sim pelo não…lá me vão lendo, pensando no que escrevo, como quem não quer a coisa, como um ter que ser, simples curiosidade, sem animosidade, num aceitar displicente, relaxante, laxista… num deixa andar, simplesmente!!!...

…e eu… ando, escrevo, penso!!!... Enquanto o faço, não me embaraço, antes pelo contrário…com mais vigor, com mais fervor, repetindo-me até à exaustão, como solução…para este meu mal (???...)!!!... Quem canta, seus males espanta!!!... Quem escreve o que sente, como gente…alivia, quebra o stress, aligeira a carga!!!... Há tanto que escrever, há tanto que dizer, há tanto que gritar…mesmo, estando a mais, tanto aqui, como em qualquer canto!!!...

…pode ser que tenha contribuído, de algum modo, para o agitar das águas, a quebra do que estava instituído…uma conversinha de comadres, de compadres, um arrastar longo e penoso…sobre qualquer coisa, numa confraternização banal, inconsequente, sem levar a lado nenhum, agitando bandeiras de partidos maioritários ou minoritários, defendendo a camisola…com unhas, com dentes, raivosamente, quiçá…com palmadinhas nas costas, numa parceirada fixe, selecta, num círculo muito restrito…fiel!!!... Fui abelhudo, meti o bedelho, tornei-me carraça, fixei-me obsessivamente, sem bandeira, nem clube, com ideias loucas, muito minhas, palavras em excesso ou…poucas, incomodei!!!... Gentes que…estão a mais, em tantos lados!!!...

…nem mais, nem menos…no sítio certo, no errado, dá igual, é indiferente!!!... Como gente que se sente bem, quando escreve o que sente… estou onde devo, quando escrevo!!!... Nem mais, nem menos…no sítio certo, no errado, não é igual…é diferente, para certa gente que nos fazia sentir mal, quando desgovernavam, quando incompetentes, indulgentes…indiferentes, num laxismo abissal, fenomenal…tal e qual!!!...

…estavam a mais…era evidente, poof… foram-se embora, aqui e agora!!!... Estarei eu…a mais, também???... É caso para pensar!!!... Um abraço do Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub