Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

06
Dez04

...tudo isto...existe!!!...

sherpas



…dia de mercado na cidade, dia de movimento, dia de ida… das gentes das aldeias, à cidade, fazer umas compras, tratar de assuntos, receber a pensão nos CTT, colocar algum de parte, pouquíssimo, pelos vistos, na CGD, contando com percalços futuros, na saúde, na casa em que habitam, com algum familiar!!!... O futuro é incerto e, pelo sim, pelo não…com muito sacrifício, fugindo ao essencial, ainda há quem o faça…quem ponha algum, de lado!!!... Há quem aproveite para tratar da saúde, na ida ao médico, na compra de medicamentos, desde que o possa fazer, é evidente!!!... A cidade, nos dias de mercado, ganha vida, torna-se mais buliçosa, ruidosa, atarefada e, eu…por norma, tento fugir, tento não ir ao centro da dita!!!... Evito, claro!!!...

…há, no entanto, excepções…assuntos que tenho de tratar, inadiáveis, impretríveis e, volta que não volta, lá vou eu, lá me misturo no movimento, no bulício, nas bichas que se formam em determinados serviços públicos…aqui no Alentejo!!!... É verdade, em determinadas alturas, por aqui…a vidinha calma e sossegada, também se altera, por várias causas, inclusive, um mercado semanal!!!...

…depois de várias voltas, na compra do trivial, desloquei-me aos Correios, tirei a senha e…aguardei a minha vez, como todos, pacientemente!!!... Enquanto esperava, ia vendo, observando o meu entorno, com prazer, com gozo…deliciado, especado, de senha na mão e…o assunto em questão, o que ali me trazia!!!... As pessoas entravam e…aguardavam!!!... Outras havia que, aos poucos…eram atendidas, consoante iam sendo chamadas!!!... De um momento para o outro, entrou uma senhora, na casa dos sessenta e tantos anos, afogueada, mais para o anafado e…pela vestimenta e proceder, concluí ser pertença do grupo dos que, em dias de mercado…aproveitam para virem à cidade, a fim de tratarem de assuntos vários!!!... Dirigiu-se ao balcão, sem senha…por desconhecimento ou por estar com pressa e, em voz alta, disse que queria cortar o telefone, lá de casa!!!... A funcionária, jovem e…atenciosa, (…coisa estranha se vai vendo, este tipo de comportamento!!!... Porque será???...) lá a informou que deveria ligar para o 16200, chamada gratuita, inclusive, poderia fazer a chamada ali…na cabine número dois!!!... A senhora, por engano…quiçá, dirigiu-se para a cabine número um!!!... Como estava próximo, chamei-lhe a atenção e… esta, corrigiu o caminho, entrou na dois!!!... Levantou o auscultador, olhou para o telefone, para os dígitos, claro…olhou para mim, baixou o dito, saiu da cabine e veio pedir-me, dizendo que não sabia ler…se, por acaso, não me importava de fazer a ligação!!!...

…lá fui, fiz a marcação, entreguei-lhe o telefone e, delicadamente…saí!!!... Passado um instante, atrapalhada, confusa, mais uma vez se me dirigiu porque…não percebia, não entendia nada do que lhe diziam, do outro lado, com o carregue na tecla um, se…., na tecla dois, se…., na tecla três, se…. por aí fora!!!... Fiz-lhe a vontade, liguei e fui marcando as teclas respectivas até que me pediram o número do telefone que queria anular!!!... Perguntei-lhe e ela, coitada…não me foi capaz de informar!!!... Alma perdida no meio da baralhada dos números, das letras, das informações, das comunicações…sem meios, sem conhecimentos, totalmente apagada, pura nulidade, analfabeta, restos dum passado triste que, para nosso mal e, por incúria e laxismo dos governantes, persiste, existe!!!... O País real do interior, num dia de mercado…quando os habitantes das aldeias próximas, vêm à cidade…resolver problemas, solucionar situações!!!...

…concluindo e resumindo… pedi à funcionária dos CTT uma esferográfica, escrevi-lhe o número 16200 num pedaço de papel, expliquei-lhe o que havia de fazer em sua casa, escudada por alguém mais novo, sabedor destas complicações, que…era gratuito, que tudo se resolvia, para não se afligir!!!... Muito agradecida, lá foi…mais aliviada!!!...

…que País este, com tantos desequilíbrios, com carências exacerbantes, tal como dantes…no campo dos saberes, analfabetos com letras, analfabetos…sem letras nenhumas, perdidos, vegetando…ao abandono, simplesmente!!!... Nestas repartições públicas (…porque não???...) deveriam existir, para estes casos, para outros semelhantes, uma espécie de relações públicas, com a única missão de acompanhar estes filhos de Deus, restos dum passado que…teima em não se extinguir, existe!!!... Vivem muitas gentes, como esta… um pouco por todo o lado, basta estar atento, basta ver, com carradas de dificuldades!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub