Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

01
Fev05

...verdade... absoluta???...

sherpas



… meu caro ________, perspicaz, acutilante, elevado como sempre… pelo menos assim o tentas parecer, atento, sinuoso, mavioso, interrogativo… apelativo, vezes por outras, confuso, directo, sagaz, adonado de tudo… quanto é capaz, de profundas sabedorias, sensaborias acinzentadas, pequenos nadas, sem poesia, pouco dado a metáforas, a exacerbamentos, alma culta, lá no alto, tão pertinho dos Deuses, os mais eruditos, quiçá… parceiro das tágides de Camões, ou antes, de Minerva ou de Marte, tanto da guerra, como dos saberes… uns senhores, doutos, poucos, bons, como deve!!!... Senhores da verdade absoluta… nem é necessário chamar a atenção para tal, não passa daquilo que é, no texto, no contexto, um exagero, um desespero, uma vontade minha, tua… de todos, uma esperança, um sonho, tamanha utopia, simples fantasia!!!... Também gosto de rimar, de brincar com as palavras… por isso, talvez, levado pelo entusiasmo, me tenha excedido!!!... Nada de grave, espero!!!... Abraços do Sherpas!!!...
01
Fev05

...insinuações perversas... adversas!!!...

sherpas



…quando se ataca um adversário político usando, como arma, a vida pessoal do contrário… algo, vai mal!!!... As pessoas, em democracia, são livres de levar a sua vida privada, como bem entenderem, são livres de gostar de quem quiserem, são livres de fazer… o que lhes der na realíssima gana, são livres de ser, o que são… desde que, quando escolhidos para lugares públicos, serviços de Estado, sejam eficientes, sejam capazes, responsáveis e competentes!!!... Ao longo desta pré-campanha, com lama, com insinuações sórdidas e baixas, por uma questão de sondagens não favoráveis…. pouco convenientes, pela palavra, em cartazes, houve gentes, de baixo cariz, de nível rasteiro, que foi por aí, pela insinuação!!!... Na época em que nos encontramos, no século da aceitação da diferença, numa democracia de facto… ainda há quem, assim proceda, pela ganância, pelo Poder!!!... Uma vergonha… com tantos telhados de vidro, afinal!!!... Estamos mal quando ainda temos, como líder de partido importante… indivíduo com ideias retrógradas, chauvinista assumido, não aceitando a diferença, como crença, sendo e mostrando o que é… simples conservador direitista, de curtas vistas!!!...

… a não aceitação do diferente, hoje em dia… é bizarria, falta de conhecimento, moral deficiente, gente sem préstimo, reles, de pouco ou nenhum valor, seja onde for!!!... Falo, não defendendo… criticando quem insinua, simplesmente!!!... Para mim, dá igual… desde que humano, com qualidades, ser baixo, ser gordo, ser manco, ser preto, ser amarelo, ser homossexual, lésbica, heterossexual, ter olhos aos quadradinhos, gostar de vestir bem, de vestir mal!!!... Insinuar…fica mal, é sórdido!!!... Ainda mais quando… ao longo duma vida de pouca valia, incerta e confusa, não acuso, constato, com tão poucos atributos, se arrogam esse direito, o de tentar rebaixar, criticando, enlameando, insinuando!!!...

…vivemos, como sabemos… num País atrasado, tanto na economia, como em qualquer valia, especialmente a do conhecimento, com alguns toques e remoques de machismo, ainda existente, latente, com atitudes de opressão em relação às mulheres, tratadas como se fossem objectos… por certos carolas, mandadas para a prisão, pelos mesmos, usadas e deitadas fora, como normal… para alguns!!!... Pobres imbecis, pobres bacocos… pararam no tempo, petrificaram, não evoluíram!!!... Estúpidos eram… assim continuaram, estigmatizados, perpetrados, com nódoas na testa… o que lhes resta!!!... Parece mentira, com tantas saídas, com tantas viagens, com tantos contactos, tanto aqui, como fora, por essa extensa geografia…pouco ou nada aprenderam, quedaram inertes, ocos, vazios!!!... Ainda mais… com formação académica!!!... Doença endémica… espero que não, que se debele, num rompante, vai sendo tempo!!!...

… a grande capacidade dum líder, não é dizê-lo, fazer de conta, mostrá-lo para televisões e quejandos, não é insinuar, perverter, diferenciar, apontar… diminuindo, agastando, antes pelo contrário, assenta na aceitação, na compreensão, na formação íntegra e ética, na dignidade completa!!!... Dividir… para reinar, para melhor subjugar, táctica antiga, velhinha, sem préstimo algum, no presente!!!... Outra época… outra gente, embora admita que com patacoadas destas… ainda há muitos ignorantes que se vão na conversa, chocha, baixa, sórdida, lamacenta!!!...

…a grande capacidade dum líder, anda por outras alturas, por outras esferas, tão apartadas dos que se confundem, dos que, de baralhados… insinuam, amesquinham, mentem, quiçá… com todos os dentes, descarados, sem vergonha, com peçonha, não aceitando, sequer… a diferença, como valia!!!... Cada um é como quer, é como é, a nível pessoal… indiferente!!!... Depois, bem… quanto a capacidades e competências, outro galo cantará!!!... Todos iguais, nem menos, nem mais… será tempo de avaliarmos então, os que são ou não são, bons ou maus governantes, nas tintas… como dantes!!!... O que pretendo, seja coxo ou marreco, pequenino ou barrigudo, branco ou amarelo… é que o País fique bem entregue, seja social e democrata, não um arremedo, não uma mentira… uma VERDADE, por inteiro, sem circo, nem teatro, tão pouco… com palhaços, fingindo de ministros!!!... Penso assim, espero que me entendam!!!... Sherpas!!!...
01
Fev05

...somos parte...dum todo!!!...

sherpas

…somos partes… dum todo, queiramos ou não!!!... Sempre fomos...… embora apartados, separados, de costas voltadas, por vezes,… quando não nos encontramos!!!... …

quando mal me precato, estou feito, caio no mesmo...… pensativo, cabisbaixo, penso no não sentido, quando vivo, quando escrevo, quando reflexiono, quando sonho, quando, ilusionado, busco resposta e não encontro!!!...

DSC07702

gosto de falar comigo próprio, gosto de tentar encontrar-me, de reconhecer como sou...… tarefa árdua, difícil!!!... nunca me encontro, perdido, sem rumo, numa caminhada de triste e real final... meu e nosso mal, neste curto período de férias, episódico...… a vida!!!...

intervalo da morte... a que se prolonga, alonga, uma eternidade, pura verdade, insofismável, absoluta!!!... …

com mais ou com menos… burilados, com mais ou com menos aprofundamentos, nestes escassos momentos de introversão, por muito que tente, defraudado… desisto, mas... logo, de seguida, insisto, persisto!!!...

a uma conclusão chego, sem custo… sou teimoso, abuso!!!...

ler os que, tal como eu… tentaram, em vão, não vale a pena!!!...

muito perguntaram...… nenhuma resposta tiveram!!!...

colocaram no papel, juntaram chusma de escritos, de pensamentos... filósofos lhes chamaram… uns, analíticos, outros, empíricos, pragmáticos, entre outros,… quase todos, intemporais, sempre actuais… como holistas que foram, neste holismo permanente, presente, vigente, numa verborreia absurda e desajustada, produzida, eivada de erudição bacoca, pouco acessível, nada aberta, …fechada!!!...

…actualmente, os pensadores, com o intuito de se avolumarem, de se elevarem, de se desligarem das classes mais baixas... puro elitismo… na sua linguagem, tentam apartar-se do vulgo, usam e abusam de palavras caras, rebuscadas a esmo, o mais complexas possível, esquecem-se da condição humana a que pertencem, tentam apartar-se do seu holismo natural, como parte dum todo, afinal!!!...

Irracionalismos divergentes do que se pretende, afastamento do que se busca, do que se quer!!!...

a procura da felicidade, a busca incessante da identidade, a verdade... o quê e o porquê… da nossa existência, numa viagem alucinante e louca, rocambolesca, como gato que tenta agarrar o rabo, com a boca, …sempre às voltas, dentro do mesmo cadinho, cantinho de todos, casa nossa, terra mãe, planeta, gãozinho de areia na imensidão do Universo, este… em que nos encontramos, baralhados, confusos!!!... …

como somos, auscultando os outros, fazendo-nos ouvir, partilhando, …concluímos que, não passamos de animais evoluídos, com mais, com menos ferramentas, aprendendo mais, muitas das vezes… com os nossos iguais menos complicados, menos armadilhados, com menos ferramentas… mais naturais!!!... …

porque não, sermos mais abrangentes, mais envolventes, chamarmos a nós …todos os saberes, assumindo a nossa fraqueza, a nossa debilidade, a nossa verdade… em busca da felicidade, sem preciosismos, arrevesados, rebuscados!!!... Fazemos, como parte,… um TODO... sem altos nem baixos, nivelados!!!... Todos valemos…, embarcados no mesmo barco, sem grandes diferenças!!!... Ninguém é possuidor da verdade absoluta!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub