Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

05
Fev05

...panfletos e... pasquins!!!...

sherpas



…panfletos e pasquins, encontros e desencontros, perdidos e achados, arrazoados, confusos, perdidos da cabeça, sem eira nem beira…ultrapassados!!!... Que umas simples escrevinhadelas, continuadas, muito minhas, muito lidas… porque sei que as lêem, são contestadas por predadores assumidos, pagos para isso mesmo, para interromper uma corrente, que não desce, sobe… assim o creio, convencido que estou, algo vai como pretendo, como entendo, no caminho mais indicado, o de acabar com os detentores dos números, dos gráficos, dos estudos, dos pareceres… incompetentes e irresponsáveis, pelos resultados divulgados, de todos, mais que sabidos!!!... Nunca tanto se falou da economia dum País, como agora, nunca tanto se rebaixou a má gestão dos que…simplesmente, não sabem gerir, nunca tanto se apontou o dedo aos péssimos empresários, aos economistas, aos assessores de grandes vencimentos, aos ministros de péssimos resultados governativos, aos secretários de Estado semi-analfabetos, induzidos a isso, com erros ortográficos, nos sítios menos indicados, é evidente, nunca tanto se exigiu… aos que se quedaram, aos que fugiram, aos que… nunca mais se viram!!!...

…panfletos e pasquins, perdidos e achados… perseguidos, porque incomodativos, apelativos, denunciadores dos maus exemplos, dos grandes defeitos, dos amorais, dos pouco ou nada éticos, indignos, redutores… criadores de petas e de logros, mentiras, nem mais!!!... Encontros e desencontros, arrazoados… mais ou menos inflamados, pestilentos, por vezes, eivados de seiva podre, dejectos, abjectos!!!...

…panfletos e pasquins… causadores de cabeças perdidas, doentes que se não assumem, que destilam ódios e raivas, que dizem que… não disseram, o que disseram, detentores de sonhos, imitações rascas de Luther King, com insónias, sem sonho nenhum, confusos, baralhados, teimosos, sem teima… cinzas da queima, acabados, quiçá!!!...

…panfletos e pasquins, difíceis de engolir, comichosos, provocadores… iniciadores duma grande corrente, a que sobe, a que não desce… a que cresce, se avoluma, toma forma, se agiganta, a que não cala, a que delata, a que exige, a que persiste… a que insiste, uma e outra vez, insistentemente!!!...

… panfletos e pasquins, lidos e relidos, aceites e compreendidos, manifestos dum mau estar geral que… alguns infectos, rebaixam, diminuem, por quererem abafar, o que eles apelidam de esquerdalhada, de anacletos, de trotsquistas, revolucionários de pouca monta, insignificantes, pelo que escrevem e dizem!!!... Panfletos e pasquins… para não falar, claro, das bostas dos cartazes, os tais, os difamatórios, os degradantes, os enlameados!!!... Ódios e raivas… com panfletos, com pasquins, com cartazes, com figuras ridículas e caricatas, com ideias loucas, passadas, sem jeito, dando a cara, por tanta trapalhada, com dizeres a preceito, com gestos, com ritos, com azedumes, com hipocrisias… logros profundos, promessas tamanhas, num centrão que se arroga, praticando e sendo… direita assumida, fingida, como se nada, na prática, disfarçada!!!... Benditos panfletos e… pasquins!!!... Bem hajam!!!... Sherpas!!!...
05
Fev05

...quando me tocam... nos berloques!!!...

sherpas



…quando me tocam nos berloques, fico inquieto, incomodado, resfolego, tal como corcel assustado, amarfanho, como flor sem viço, contenho, como saco sem fundo, encho e expludo…porque tenho de o fazer, manifesto minha ira, alivio meu pensamento… senão, rebento!!!... De sábio e de louco, todos temos um pouco!!!... Nos recônditos de certas mentes, pobres e tristes indigentes, nestas coisas do escrever, analistas convictos e sórdidos, pestilentos… quando fedem seus gases, seus excrementos, apestados por moléstias mil, massacrantes, acutilantes, proboscídeos glaciáticos, mammuthus primigeniuns, muito raros, extintos ou, casos raros… em vias disso, com uma que outra excepção, pelos vistos… enormes em tamanho, de reduzidas mentes, indecentes, buscadores de terminologia grandiloquente, indefectíveis defensores… do indefensável, pouco sabedores, com palas nos olhos, tal como mulas, machos, burros ou outras alimárias, quadrúpedes conformadas, todo trocado, confuso, descomunal, da cabeça até aos pés, atrofia geral, monstruosamente mostrengo, acéfalo, projecto de gente!!!...

…perdido, no emaranhado de retumbantes embevecimentos, necessita de satélite, ao que recorre, tal como quem usa o GPS… quando, na Net!!!... Democracias impostas, tanto agora como dantes, tal demente, como tantos… aplaude genocídios, como males menores, calamidades, como lema, como caminho a seguir… esquecendo Hirochima, Nagasaqui, Vietname, Babilónia… laboratórios imensos, morte de tantas gentes, experimentações de alquimistas modernos, do século XX, do XXI, por ganâncias, por outras tramas!!!... Os objectivos estão definidos, há que seguir, há quem conceda, quem abanique o rabo… inocentemente, colocando no Olimpo, quiçá, gentes como o tal general, que acha um gozo, um prazer, um entretenimento, matar gente, simplesmente!!!...

…maleita grave, esquizofrenia profunda, alterações comportamentais, outros que tais!!!... Afectado de vez, sem cura… coitado!!!... Americanos (???...) os naturais, os pele-vermelhas, índios lhes chamaram, nos tempos de Colombo, assim quedaram, os que restaram, claro!!!... Australianos (???...) os aborígenes… os dos bumerangues, povo triste e calcado, posto de lado, naturalmente!!!... Um nunca mais acabar… incontáveis, os feitos, os defeitos destes humanos, americanos atlânticos, do Pacífico, também!!!... Existem há pouco, (200 anos) a democracia peca por defeito, prepotentes, carrascos e vítimas… indiferente!!!... Quanto à segunda Guerra, só entraram… em tempos de Roosevelt, porque empurrados!!!... Habituaram-se, de tal modo, que… nunca mais pararam!!!... Entre bons e maus, com eixos, com pretextos… lá vão fazendo pela economia, destruindo, matando, massacrando, arrasando, impondo a democracia, como gostam, como lhes dá prazer!!!... É com eles!!!... Bom negócio… viva o Deus dinheiro, Deus primeiro do americano, no que eles acreditam, deveras, liberais e conservadores!!!...

…quanto a computadores, quanto a cinemas, quando a filmes, a desempenhos, quanto a pensamentos dos intervenientes, panóplia vária, diversa!!!... Como eles, como a besta… dou o braço a torcer, também gosto, também aceito, consoante o uso que se faz deles… não deixam de ser o que são, arte, diversão, evolução, sem destruição, perversão, anomalia, doença grave!!!... Aplaudo, dentro daquela mixórdia de raças e de credos, mal conduzidas, em guerras permanentes… os sábios, os cientistas, as mais valias importadas, um pouco, de todo o lado, à custa de vidas inocentes, enormidades!!!...

…mantenho, não me abstenho… tempos de barbárie, cruéis, com pretextos, fora do contexto, retrocessos, Idade Média, talvez!!!... Entre guerreiros e terroristas, numa guerra que se inventou, com alguns méritos, convenhamos… o apear do cruel ditador, o fim do regime, o demérito tem sido enorme!!!... Se havia terror, o dito duplicou, a insegurança campeia, existe, está presente!!!... Só Mostrengos irracionais, com GPS na NET, rebuscadores de palavrões, se quedam apalermados, subservientes… perante tão excelsos pacificadores (???...) do Mundo, semeando impropérios, fedendo pelos dejectos espargidos, tentando denegrir… o que não pode, sequer, atingir!!!... Muitas vezes me convenço que, prenda como esta, mastodôntica figura, enorme… por aqui surgiu, fugiu, algum mammut americanum, não extinto, ainda vivo!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub