Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

23
Mar05

...turbulentos e... inquietos!!!...

sherpas
… sem intenção de magoar, simples impulsos… palavreados, sobre ninguém!!!...

… turbulentos e inquietos,
ansiosos, consumistas,
psicóticos, alguns… espertos,
convencidos despesistas,
doutorados assumidos,
licenciados aos montões,
executivos bem vestidos,
tertulianos sabichões,
noctívagos, de fim de semana,
assexuados, por opção,
viciados na mama,
sonhadores de ilusão!!!...


… pretensões assombrosas,
topos de gama, no pensar,
carros, casas formosas,
tudo, menos casar,
curtidores de concertos,
de viagens… bem exóticas,
não se contentam com excertos,
estão bem, fora de portas,
nos cafés, nos restaurantes,
nos “pubs”, nas discotecas,
como exemplares viajantes,
longe do esforço, das “secas”,
dos pais, dos mais idosos!!!...


… frescos, passados, anormais,
elementos perniciosos,
diferentes dos outros mais,
com quem dá gosto “curtir”,
amigos do peito, normais,
que nos prendem, nos fazem rir,
nesta vida curta, estranha
que, para eles, não tem segredos,
mediante um pouco de manha!!!...


… evitando sustos e medos,
aproveitando, na totalidade,
o melhor, o mais completo,
destruindo a vitalidade,
no fútil, menos complexo,
numa de gozo geral,
de ansiedade assumida,
que, numa vida banal,
se leva de vencida,
como algo de casual,
predestinação… fatal!!!... Sherpas!!!...

23
Mar05

...numa Primavera... recuada!!!...

sherpas



… canoras, chilreantes, com gorjeios,
mais ou menos coloridas, pintalgadas,
com pios baixos, elevados… anseios,
cacarejantes, palradoras, variadas,
toda uma série de aves, de passarada,
prisioneiras, em cativeiro,
libertas, esvoaçantes, num ribeiro,
num galho, duma árvore qualquer,
num carapeto, numa erva, numa flor,
débil, formoso ser,
meu encanto, meu amor,
recordações duma infância feliz,
ao nascer do Sol… na alvorada,
ao entardecer, quando petiz,
nos campos dos meus afectos,
na campina alentejana,
a perder de vista, os trigais,
sonhos recuados, dilectos,
na monda, em plena campanha,
mulheres curvadas, bandos de… pardais,
numa Primavera passada,
muito, muito… recuada!!!... Sherpas!!!...


23
Mar05

... o pardal não trina... não chilreia!!!...

sherpas



…quero corrigir, emendar,
erro grave, assumido,
quando estava a criar,
dando o dito, por não dito,
falando do pardal,
ave irrequieta, simpática,
dei-lhe gorjeios e trinados,
coisas que ele… não pratica,
tão pouco chilreios, outros fados,
queda-se pelo que, aos ares… atira,
simples e repetidos pios,
que afina ou desafina,
em momentos de exaltação,
na Primavera, animado,
pelo fogo da paixão,
um simples namorado!!!...

… fantasiados gorjeios,
trinados de encantar,
elaborados chilreios,
em aves de espantar,
rouxinóis, canários,
pelos campos, duma ribeira,
ou… presos numa gaiola,
em tantos locais, vários,
em tempos de sementeira,
como guitarra ou viola!!!...

… quem se entretém com estas coisas,
de arrumar palavras, ao jeito,
peca, por coisas e loisas,
sem maldade… com defeito,
por excesso de palavreado,
por rima que se procura,
por fonética, som adequado,
por inspiração… por loucura!!!...

… o pardal não chilreia, não gorjeia,
seus trinados são parcos,
pia baixo, por vezes… alteia,
são uns pássaros… simpáticos!!!... Sherpas!!!...


23
Mar05

... pássaro preso... na gaiola!!!...

sherpas


… pássaro preso na gaiola,
ave triste, amordaçada,
liberdade que se viola,
pequeno ser que… se maltrata,
ilusão que se desfaz,
prepotência que se afirma,
egoísmo dum rapaz
que se prenda, que se mima,
criança imatura,
cheia de ternura amiga
por uma simples criatura
à qual é decepada,
dum golpe, num rompão,
a vida tão desejada!!!...


… que se esfuma, na prisão,
num espaço curto, doirado,
onde chilreia de tristeza,
o pobre, o triste, o coitado,
sem opção, sem defesa,
onde lhe cai a pena, o pio,
onde se lhe esvai a beleza,
sem cantigas ao desafio,
afastado da natureza!!!...


… por um capricho, um querer,
inocente egoísta,
que o faz sofrer, no viver,
numa gaiola… com alpista,
ao pássaro amordaçado,
com chilreios diminutos,
num espaço curto, doirado,
numa vida… de minutos!!!... Sherpas!!!...



Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub