Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

06
Nov05

... aves com... gripe!!!...

sherpas



… já não há poesia pelos ares,
todos os sonhos se esvanecem,
vindas, sobrevoando, doutros lares,
estarrecem, amedrontam, não se querem,
migram, lá vêm… quantas aves,
quantos vírus que transportam,
não se matam, não importam,
evitam-se, afugentam-se,
analisam-se, depois de mortas,
espadas que apontam, que caem,
que batem a tantas portas,
quando, esgotadas, se esvaem,
fenecem, bem longe, aqui ao pé,
numa loucura que se espalha,
numa fúria, numa maldição, numa fé,
numa esperança que nos valha,
que se pede, se deseja, se mantém,
não querendo o que vem,
aves idílicas que voam,
que consomem distâncias enormes,
que morrem, que não perdoam,
uma assinatura, muitas mortes,
vírus que se conhecem, que se não querem,
venham lá, donde vierem,
já não há poesia, pelos ares,
quando se deslocam… as aves!!!...

… já não há poesia pelos ares,
há ameaça, há morte que se transporta,
quanta beleza, quanta pena, quantas aves,
a vida, é o que mais importa,
migrações cíclicas, continuadas,
pouco desejadas, evitadas,
receios fundados, factos reais,
ficamo-nos pelos nossos, pelos pardais,
pelos domésticos, menos daninhos,
aves de gaiola, de capoeira,
bem resguardados, comezinhos,
sem misturas, sem eira nem beira,
à solta pelos campos, chilreando,
sujeitos a bandos compactos,
a estranhos que chegam, se misturam,
que migram, que se deslocam,
como gaivotas, gansos e patos,
quando mudam, quando procuram,
quando passam, quando provocam,
quando voam pelos ares,
numa poesia passada, bandos de aves,
ameaça latente,
terror, pânico… de tanta gente!!!...

… era um encanto, doce visão,
poesia concreta, bandos que são,
lagos, lagoas, marinhas, sapais,
tantos, diferentes, muitos… iguais,
visitantes bem recebidos,
por vezes, com tiros,
sangrentos que são, caçadores que matam,
desporto lhe chamam, quando defendem, aclamam,
gostos, sem gosto, perversão,
profunda aversão,
assim o sinto, quando os escrevo,
quando os mostro, os descrevo,
na atitude, sem gozo,
uma explosão,
chumbo que evola,
que fere, que trucida,
um pombo, um pato, uma rola,
que desfaz um sonho, uma vida,
um poema vivo, poema que voa,
agora, ameaça… vírus que transporta,
que se não quer, que se não importa!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub