Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

22
Dez05

... é a lei da vida... dizem os fortes!!!...

sherpas



… diminutos, nus, humilhados,
nos vamos arrastando, com duras penas,
acordando para a realidade, quando acossados,
neste vale de lágrimas, que condenas,
quando as rosas se transformam em espinhos,
quando, pedregosos, difíceis, os caminhos
se tornam quase intransponíveis,
nos tornam mais vulneráveis,
sem forças, sem vontades, arrastados,
por acasos que nos destroçam,
por fados, por destinos, condenados,
ao sabor da corrente que se inverte,
dos ventos contrários que sopram,
que, a vida doce, prazenteira, perverte
quando nos põe à prova, por vezes,
nos momentos duros, nos reveses,
nos baixios traiçoeiros com que deparas,
quando avanças, convencido, não paras,
ostentando soberbas, valentias,
curtas, passageiras, fugazes,
tão pequenas, as grandes valias,
as que temos, ou não… quando capazes!!!...

… não a refuto, não a acuso, aceito,
já longo foi, o merecimento,
quantas alegrias, quantos devaneios,
pelo meio, algum sofrimento,
com todos os seus preceitos,
prazeres, contentamentos, defeitos,
amores, paixões, enleios,
altos e baixos, um que outro, contratempo,
coisas próprias daquilo que nos deram,
quando nos congeminaram, nos fizeram,
nos proporcionaram esta dádiva maravilhosa,
abrirmos os olhos, contemplarmos,
o entorno, a natureza formosa,
a partilha que fazemos, quando nos damos,
mesmo com percalços, com danos,
fases que agudizam ou esmorecem,
que atalham ou fenecem,
que nos atormentam… empequenecem!!!...

… é a lei da vida, dizem os fortes,
quando fracos, arrefecem,
por mim, quando me introverto,
pouca coisa me considero,
vulnerável a tantos golpes,
muito franco, aberto,
peço aos Deuses, a tantos e diversos,
que me façam a vida útil,
no seu todo, menos no fútil,
que me amparem, me acarinhem,
me tratem de mansinho,
com o respeito que lhe tenho,
ao encanto que mantenho,
quando a vivo por completo,
sem amargura, com afecto,
com um sorriso com que me enfeito,
sendo esse o meu jeito,
logo pela manhã, quando desperto,
sentindo-me grato, bem perto,
de todos os humanos, que o são,
nos actos que praticam, na afeição,
na simpatia que espalham,
quando labutam, trabalham,
quando descansam, quando folgam,
quando viajam, quando gozam,
sendo irmãos, do irmão,
tendo alma… bom coração!!!... Sherpas!!!...




Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub