Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

24
Jan08

... às feras!!!...

sherpas

... atentai no que vos digo,

energúmenos cruentos, vis criaturas,

não vos bendigo,

amaldiçoo-vos até ao mais âmago do vosso ser

porque pecastes,

prevaricastes contra todas as leis,

regras sacrossantas,

cometestes adultérios, matastes, violastes,

usastes da mentira sobre o inocente,

roubastes pertenças doutros,

fostes surdos, fostes loucos,

DSC04056.JPG

acumulastes riquezas duvidosas,

 

morrereis na incerteza,

dura crueza não ilusória,

caricata estória,

não há fuga da morte que se avizinha,

abespinha,

mesmo tentando ludibriar, criando monumento,

deixando cumulações em fundações,

bonecos de graníticas pedras, semelhanças,

usanças,

puro desperdício,

gravados em ouro, metal inclemente que se sobrepõe,

impõe à intempérie, à voragem do tempo,

 

nome de rua, avenida,

dísticos, escritos, livros, pergaminhos,

medalhas, comendas, fitas coloridas,

logros,

puros enganos,

perante tantos danos que causastes,

deixastes de ser normais viventes,

como serpentes que fogem da harmonia,

convenceram prematuramente,

fantasias que asfixiaram muitas gentes,

não ludibriaram o Imponente,

 

fostes lestos quando fugistes a justiças terrenais,

deixastes máculas, dúvidas, raivas nas memórias,

quase carcaças, sereis cadáveres como os mais,

pó calcado por pés descomunais,

de vós, não se lembrarão justas estórias,

origens de bestas que surgirão, vossos exemplos,

vinganças de Deuses inclementes se abaterão

sobre obras que não perdurarão,

quando fenecerem, através dos tempos,

 

equilíbrio natural, novo ciclo aparecerá,

futuro não tão risonho como idealizava

quando, como profeta, me julgava,

desanimado com tudo que vi,

senti,

começará

outra sequência,

substituta da prepotência, da ganância desmesurada,

da cobiça do alheio, da luxuria desenfreada

de quem, com tão má obra, soçobrará,

como, mais tarde... se verá,

minha premonição,

enquanto me desfaço, também,

curtíssima vida se tem,

fugaz passagem, ilusão!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub