Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

12
Fev08

... não vivo!!!...

sherpas

… não vivo, dos outros, a vida,

quando a levo de vencida,

percorrendo meu caminho

por sinuosos atalhos,

veredas que calcorreio,

evitando fúrias, ralhos,

quase no fim do destino,

 

DSC02544

não me governo do alheio,

vou sempre pelo passeio,

desvio confrontos ocasionais,

dos que, de menos ou de mais,

se propõem com um fito,

impondo uma ordem, um grito,

atirando com mortos, não vivos,

passadistas congelados,

recuados, bem parados,

obliterados de pensamento,

fixantes no que se fixam,

quando endeusam, não cantam,

quedos, quando se ficam,

 

não evoluem, espantam

com obras que foram caras,

momentos que são memórias,

sentires que enlevaram

outras datas, quase raras,

águas idas, outras estórias,

 

réstias que marcaram rumos,

fogueiras que incendiaram,

esbatidas no espaço imenso,

débeis laivos, escassos fumos,

cheiros que não adormecem,

males de que alguns padecem,

 

quando passam, não fenecem,

trilhos da teimosia,

hinos do amor, da alegria,

cânticos, fantasia

que se viveu em tempos mais recuados,

sempre presentes, recordados,

 

foram marcos, foram fontes,

fronteiras, águas correntes,

povo ignorante, muitas frontes,

carneiros que eram gentes,

portas que rangeram nos gonzos,

ombros poderosos, potentes,

forças incalculáveis,

muros de tantas décadas

que em ruínas se desfizeram

quebrando enguiços, engonços,

ideias renováveis,

tempos prometedores

aliviando chagas, dores,

 

início da aventura,

descoberta, exploração,

vigilância, vida dura,

algumas mortes, estertores,

agonia de vencida,

exaltação, grandes senhores,

coragem, dedicação,

causa primeira… a Nação,

 

pioneiros de tantos irmãos,

firmeza na confusão,

certeza na convicção,

batalhas duras, férreas

que afastaram duras faces

cinzentas, que oprimiam,

andaram de boca em boca,

assentaram em tantas terras,

concretizaram façanha louca,

 

cantavam o que diziam,

afastaram prepotentes,

alimárias que não queriam,

não gostavam, não consentiam,

dar valor a inocentes,

perseguindo valentes audazes,

heróis de tempos idos,

embora mortos… não esquecidos!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

 

 

12
Fev08

... recomeço!!!...

sherpas

... vou, venho, fico parado,

quase estático,

observo um lugar paradisíaco,

enlevado,

detenho o olhar sobre rouxinol que saltita,

entoa melodia que encanta,

vida diminuta, colorida, de cantar,

brilha ao sol que o ilumina lá no alto,

cedro pujante que se levanta

na margem da ribeira que vai correndo,

sombra aprazível, recanto,

o tempo vai passando,

manhã luminosa, prometedora,

 

DSC01959

época tão vil, enganadora,

 

afastado das tensões que enxameiam

por esse mundo feio, tão distante,

tão perto, no pensamento,

incendeiam

espíritos de qualquer ser falante,

quando nos distanciamos do que é perfeito,

avaliando, sem defeito,

o que se desfeia,

por actos, loucuras cometidas,

arremetidas sanguinolentas,

contra outros seres, outras vidas,

 

natureza que alberga monstros horrendos,

que os premeia, quando os enleia,

 

são dádivas, momentos,

tão singelos, puros, tão belos,

num campo, num vale, numa serra,

numa ave que se passeia, voando,

que saltita num ramo dum cedro, entoando,

divinais, porque harmoniosos, sons imerecidos

pelos meus ouvidos,

espaço, intervalo quando me calo,

observo,

retenho quando vejo,

imagem que sinto no peito, guardo, levo,

 

singeleza que me acabrunha,

engrandece, quando penso,

alivia peso imenso que tenho,

males que combatem bens que se sobrepõem,

contrapõem,

surgem por acaso, embevecem,

adormecem,

rictus que me desfigura,

como indigna criatura,

falecem,

maus instintos que me perseguem

porque vejo, julgo

denego, acuso,

 

éden prosaico, passageiro,

pedaço de céu, encantamento,

tão fugaz, ligeiro,

ave que passa, saltita, canta,

quase nos chama, apela, interpela,

sossega, adormece maus instintos,

sons agudos, repenicantes, retintos,

distintos,

madrugada solarenga,

ventinho fresco que agita,

nos avisa, grita,

alerta p´ró futuro que pode ser diferente

daquele que se sente,

não gosta, desgosta,

 

interposto

na face, no rosto,

de quem se arrosta,

pecador que se maldiz, maltrata,

se gasta,

afasta!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub