Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

09
Jun08

... museu!!!...

sherpas

... apreciar pintura num museu... silêncio que me inunda, dado momento,

sentado, interiorizo cores, formas,

artista que concebeu, local, estado de alma, pensamento,

 

DSC02169.JPG

busco frustrações que sentiu... réstia de paixão, encantamento,

espreito um pouco do que anteviu aquando da busca da perfeição,

na concepção,

mistura de cores apropriadas, sonhos, raiva, decepção,

luz que lhe permitiu fazer o que deu,

enleado,

 

comungando entornos, deuses, fadas... íntimos profundos que conduziram ao seu todo

na postura das tintas sobrepostas, cor da terra, cor do lodo,

no pincel divagante, trémulo,


 

corcel que se empina, cavaleiro sem rosto, com elmo... hesitante,

dantesco na força que sobressai, se adivinha, figura que assombra, gritante,

raios que iluminam cena pujante,

movimento duma certeza quase incerta que permanece, recai,

mantém na estática que quase desperta

relinchos, estrépidos, entrechocar de ferros,

gritos, lamentos, berros,


 

audíveis, quando visíveis...

quase reais,


 

obra que enfeita,que põe de parte... não acerta,

desilusão momentânea que desanima, sombria criatura que deambula,

encimesmada na eterna luta,

crítico feroz do que não consegue realizar, ausência que causa dor atroz,

criação quase furtiva, ainda sem voz,


 

sons retumbantes duma batalha... deflagrar, grito lancinante, rosto desfigurado,

corpo lacerado,

sensações físicas que gritam naquele quadro, partilha de quem o pintou,

dor sentida quando tentou,


 

quis agarrar ideia que perseguiu... tentativa que falhou,

escondeu,

raiva incontida quando atirou objectos, quando sofreu impotência,

turbulência,


 

desajuste pouco natural... criação tão extensa num reduzido espaço,

cores que misturou, traços, abduções,

rasgos indefinidos que foram exaurindo, modificando,

compondo

renuncia que entristeceu,

permaneceu,

meses, anos que passaram, esquecido naquele canto,

desencanto,


 

recuperação, aumento, quase pranto... renúncia que não concretizou,

realização que arrastou, terminou,


 

obra que apreciei com detalhe...

penso,

na solidão do museu, intenso

poema épico que pintou,


 

cena brutal, cruenta... cavaleiro na armadura espelhante,

sem rosto, cerrado o elmo,

raivoso na intensidade do gesto, carnificina da batalha no auge,

na mortandade, na voragem,

 

criatividade na ponta dum pincel trémulo... artista que, no sofrimento

sofreu

frémitos de emoção,

regozijo, emulação,


 

aliviado... como recordo finalização

daquele quadro que admirei no museu, imerso num banho de solidão,

refugio tão completo... sossegado !!!... Sherpas!!!...


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub