Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

27
Out08

... global!!!...

sherpas

... ia bem a brincadeira, sol na eira, chuva no nabal... viagens com todos os trunfos, instalações de primeira,

mundinho tão chamativo, era do digital,

verbas incomensuráveis, ganhos absurdos, d´espantar,

globalização como saída agradável, permanente, sustenta aqui, explora acolá, mata dali, dispara para lá,

mais para lá do que para cá,

 

espectáculo em directo, mercado aberto,

tudo se passava, bem perto...

fronteiras que não são barreiras,

encontros, ajustes, confrontos,

pormenores próprios de quem progride... de quem avança, não desiste,

carteiras plenas, fartas, sobre desgraçados, simples carcaças,

destroçados de qualquer maneira, armas de sofistificação tremenda, sem piedade, sem emenda,

em qualquer cantinho, uma contenda...


barbárie moderna, emenda que se não obteve, lição d´então que não serviu, se tomou como chama na degradação humana,

casacas lustrosas, imerecimentos medalhados, tão falados nos palcos internacionais,

com pompas, escritas untuosas em todos os jornais...


impantes, coleccionadores de fomes, d´injúrias, cara de penúria na mãe d´olhar vago,

filho que é esqueleto apertado num braço, mão hirta, estendida, apelação sem fúrias,

vítima, como espectro tão só, distante tão perto, assumido,

sem um tremor, sem um vagido...

 

sem um chorar, petrificado o rosto,

lágrima já seca... grande desgosto,


mama enrugada, moscas em chusma, doença que é morte provocada por quem devaneia,

instâncias de susto, convénios, congressos,

negócios e lucros de quem se passeia...


inunda, esfacela o que lhe foi entregue,

alma desvairada... consciência vazia que não o persegue,


juntam-se os sete, os oito, os vinte, os quarenta, falam com ênfase, preocupação recente,

como quem mente...

refundam o que inventam, mantendo o que faliu,

prosseguindo sonho imundo, capitalismo que caiu,


global alegorismo do fingimento num poema curto,

tétrico, recôndito, profundo,

na miséria que s´ignora, negoceia como solução, panaceia,

de quem pretende... ainda anseia!!!... Sherpas!!!...


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub