Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

13
Jan09

... mãe de... ninguém!!!...

sherpas

 porque choras, mãe de ninguém, porque gritas, porque t´arrepelas,

porque desfalecem teus traços, porque te contrais, porque enlouqueces,

mãe de ninguém... a quem apelas,

 

lembra, desgrenhada, tempo de regaços, outros abraços, olha, tresloucada, corpo destroçado,

maldiz actos atrozes...

interpela forças do Além, enquanto chora, já não ora,  já não implora,

raiva incontida na mãe de ninguém,

junto a resto esfacelado dum filho que já não tem,

 

porque choras, mãe de ninguém, porque buscas uma razão,

uma saída, uma solução...

t´exprimes, te violentas quando intentas, quando lanças teu lamento,

t´envolves no sofrimento,

 

te consideras alvo negativo do melhor que tinhas contigo,

filho traquina, brincadeira de rua, prolongamento, chegado amigo,

bocado do que eras, quando mãe d´alguém...

 

porque choras, mulher inocente, porque gritas, tão aflita,

te desgrenhas, te confundes, insultas forças ocultas,

incapaz, pobre vítima... do que não entendes, junto a corpo retorcido, feito num trapo,

nódoa sanguinolenta do que foi, roupa que rasga, pobre farrapo,

enquanto sofre, porque dói, já não tem,

mãe de ninguém,

 

vida q´acaba, estrondo tão grande, convulsiva, tão impotente,

sente-se só, perante, soluça baixinho, recorda,

já não importa...

 

dor lancinante, único escape, gritos, gestos incontrolados, tantas mortes, tantas dores,

demónios que se confrontam, miséria que se expande,

mãe de ninguém, quantos lutos que t´aprontam, pesado fardo que recolhes,

cerra teus olhos, não chores...

raiva incontida, ódio de gente, filho perdido, pequeno inocente,

 

porque choras, mãe de ninguém, não t´ouvem, não t´entendem,

carnificina, triste contenda, sem saída de quem não tem,

fio de vida, morte horrenda, leve caminho que se torna raivoso, fauces da guerra que desespera,

tragédia que s´abate num dia qualquer,

como alguém quer...

 

como quem não quer, num sítio esquisito, recanto d´engano, teatro de temor, âmago do conflito,

refúgio na Terra que se desterra, luta insana, matança intensa,

anjos da morte, imagem cruel, quando s´ouve, quando se lê, quando se pensa!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub