Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

28
Jun09

... porque...

sherpas

... porque se mascara a verdade, porque se bloqueia a razão,

porque se não tem vontade, porque se disfarça posição,

porque s´encobre a resposta, porque se não ri, ocasião,

porque se diz o que diz, quando se produz, se contradiz,


porque se junta dinheiro, porque s´oculta ladrão,

porque s´ultraja inteligência, porque se junta prepotência,

porque se julga excelência,


porque se mata, se mói, porque se persegue, se tenta,

porque s´olha, não condói, porque se considera tão nobre

rico que já foi pobre,


porque se deixa avançar, tempo de relógio que marca,

vida q´encurta, que passa nos acaba por arrastar,

porque se julga tão forte, vivo que também tem morte,


porque s´olha com desdém, quem s´encolhe, não é ninguém,

porque chilreia passarinho quando voa, sai do ninho,


porque se contorce verme tão reles, disfarçado noutras peles,

metarmofoseia, muda de cor, ganha asas de repente,

s´esconde perante gente,


porque seremos como fomos, aparência do que já somos,

nem vassalos, nem senhores, mediante influências, favores,

criaturas medonhas, servis, mudando vontades, cariz,


colunas de pedra mole, vernissage de quem adula,

neste mal que não tem cura,

 

porque m´inundam pensamentos que tolhem outras ideias,

dados instantes, momentos, aranhas presas nas teias,

vítimas de redes q´estendem,

armadilhas que não entendem???... Sherpas!!!...

 

22
Jun09

... grão a grão!!!...

sherpas

... estar atento ao que nos vão fazendo,

olhos abertos, precavidos,

desconfiando, prevenidos,

armadilhas que vão surgindo,

homens de têmpera, passados,

deram vástagos ferozes d´agora,

rodeados por tantos lados,

locais d´encanto, monumento,

numa fila que demora,

descuido de quem cobra, s´engana,

parte do desempenho, trama,

ensinamento, formação,

grão a grão,

consumismo desenfreado, empregado diligente,

puxando no tostão que tira,

mão lesta, cabeça sem tino,

na multidão, indiferente,

com cêntimos que são descuidos,

proezas indignas, postura,

mal que s´agiganta, não cura,


são correntes, pesporrências, fluidos

próprios de tempos recuados,

por mares desconhecidos, navegados,

negociatas de lucros imensos,

pedrinhas brilhantes, insignificâncias,

noutras rotas, extravagâncias,

jeito que nos quedou, certamente,

face a indígenas inocentes,

permeio das nossas gentes,


feitorias que projectaram,

instalaram,

génese dum POVO, amálgama que sente,

assombro que m´inunda,

afunda,

com cantatas, disparates, oratórias dispersas,

incertas,

desfasadas,

ocasião que faz o ladrão,

prenuncio que recuso,

abuso,


tendência que se não atalha,

dar direitos, proteger, preservar quem trabalha,

resguardar cofres pequenos,

somos poucos, somos tantos,

desencantos,

de somenos,

desprezo por quem teima

grossa toleima,

bugigangas, estafermos, bestas de carga, vulto desengonçado,

mérito destroçado,


cabeças congeladas, esforços descompensados,

amealhamentos dos mais soberbos,

predestinação que se desdenha,

distorção do que não existe,

comparação com ladrão q´é ladrão,

embora digam que NÃO!!!... Sherpas!!!...

21
Jun09

... solstício!!!...

sherpas

… não, não foi no Marão, pela manhã, raiar d´aurora,

refulgires q´enlouquecem, portento que nos aquece, 

astro-rei que domina, acabrunha, faz pensar quem nada é, chora,

braços ao alto, adoração, olhar desviante lá no alto, tão longe, bem perto,

montanha que s´explana, base, sustentação, ritual, repetição,

quase monotonia do que se celebra, ao longo dos tempos,

ancestros longevos, passagem de mão,

respeito que queda, subida à noitinha,

chegada no cume, orientada a questão, de pé, sorridentes,

corpos que s´oferecem, corações bem despertos,

alva que desponta, claridade que s´acentua no rosto das gentes,

braços q´abraçam fulgores q´enrubescem,

momentos precisos, sentires que não esquecem,

todos os anos, no mesmo dia, começo do Verão,

maior duração,

sentimento tão grande nas terras do Marão,

solstício, início, recomeço do q´acaba,

curta duração, período que m´acalenta,

pedaço da parte, com inocência, como escape,

saída apressada, ciclo da vida, festejo, quase nada,

motivo d´orgulho, comemoração, pretexto d´almoçarada,

reunião em família, abraços, beijos,

supremos desejos,

recordo esforcejo por quem não pretendia,

espernear convulsivo, berros, gritos,

assim o sentia,

local afagoso, recato tão bom, que bem me sentia,

lufada dum MUNDO, tão denso, tão espesso,

recordo o começo,

 

ilusório, assim pensam, ao ler-me no q´escrevo,

previsão do que sou, caterva de sonhos, repulsas, medos,

verdades, mentiras, confissões, segredos,

partilhas que não faço, influências que não tenho,

simples querelas, ideias que são minhas, julgamentos que não sinto,

recolho, enobreço, quando digo, não minto,

quisto q´achaga, incómodo bem grave,

estopada d´assombro, palavra aguçada,

cara distinta, recolha na estrada,

figura d´entrave, “mostrengo” q´alicia,

 

corpóreo assombroso, fantasma q´assusta,

pecadilho que s´adona, que pesa, que custa,

destino de quem, solstício sentiu,

num dia longínquo, chorando, não querendo,

evitando, temendo,

num dia tão grande,

entrave, desmande,

 

aconteceu, pletórico gineceu,

pigmento rebelde, socalco d´escárnio,

na graça que escapa, surgiu, cresceu,

fez-se homem diferente, resquício de bronze,

corpóreo de ferro, diamante tão puro,

não julgo, aponto, disponho o que sinto,

comparo com dia,

sou raro, descaro, componho fantasia,

 

imagino começo,

desfaço festejo, acalmo, contenho,

distancio da magia, recolho prejuízo,

revolvo interiores, recolho tantas dores,

reparo crescimento, dado momento, partida,

grato amor, começo de vida,

primeiro dia de Verão, solstício no Marão,

 

aceitação do que nos prenda,

início, quão refinada prenda,

que vive, doseia, recreia, não ostenta,

rácio, por vezes, dosagem incerta,

nos teres, haveres,

disperso, tão parco… pontinho, com quereres!!!... Sherpas!!!...

14
Jun09

... cruz!!!...

sherpas

... sempre me seduziu,

cruz como símbolo de sofrimento,

repeliu,

bem no cimo, recordatório do que foi homem,

maldade de tantos, arrependimento,

mãos que lavas, indiferença,

escarro sobre paixão,

contradição,

redundância dos que são,

afirmam, cumprindo rotina, representação

daquilo q´apelidam de fé, escusa crença,

assolapada, dos que se transfiguram quando defendem,

porque pertencem,

 


clubinho dilecto, mais alargado,

mais reduzido, geografia que s´estende,

terra doutros, tão alheios, curtos anseios,

respeito dum laico bem formado,

mais puro, mais delicado,

escandalizado pelos que quebram regras, refastelam,

enfarpelam,

filas primeiras,

redondeio de cadeiras,

abstracção,

monumento sagrado,

casa d´Ele, casa do Pai, atroz inflexão,

dor, flagelo, quanta paixão,

nuvens carregadas, arroladas q´estão, mais alto ainda,

separação q´antevejo enquanto aprecio,

naquele local, quase desafio,


menina criança que passa, carnes que sobressaem das calças,

umbigo que foi ligação, tentação,

maneira d´estar, barriga ao léu,

convite, usança, folguedo de quem usa, escarcéu,

carrinho q´arrasta rebento que teve,

casa dos pais, homens de Deus,

filhos teus, filhos meus, prolongamentos,

finos filamentos,


continuidades, cruzes que são tragos, explosões d´emoção,

refrigério na plaqueta circular q´é perdão,

corpo dum Cristo, momento, exaltação,

quanta dedicação, entrega, refrega, confronto,

acusação do que não pertence, avança na escolha,

tolhe surpresa, encolhe pensamento, enrubesce,

aventa veneno,


não me contenho,

escrevo, não penso,


recordo paixão, cruz q´ostenta, explicação,

resumo de séculos, pequena peça, resolução,

folguedo d´alguns, recolhimento duns tantos,

vergonha de muitos,

crianças, graúdos,

culpas de todos, nuvens tão negras lá no alto, depois da cruz,

nos olhos que pus,

afeição do que se lamenta,

intenta,

maltrata,

desculpa, inventa, destrói, reduz, mata,


incompreensão do que não entende, catapulta que recua,

filme tão vasto, Ser que perdura,

rito, celebração, estigma presente,

traçado no céu, menina criança, umbigo que mostra,

calça justa que se posta,

carrinho q´arrasta, filho d´alguém,

indiferença, continuidade, sombria personagem,

catacumba q´esconde, lá no alto, no fundo,

pervertido, imundo,


agregador do que sofre, constante,

filho do HOMEM, filho do PAI,

confissão, culpa, absolvição,

fanatismo do que se convence,

transporta como despojo que lhe pertence,

associação predestinada,

ignorância d´essência, desmesurada,


recolhimento do que pratica, profundo misticismo,

isolado do mal que tudo avassala,

quando instala incredulidade que reduz,

contrapõe, não reluz,

projecta naquela cruz,

símbolo que mantém, emblema dissonante da voragem

do inútil, do incapaz,


rarefaz,

dilui apego que tinha, não tem,

reprovação, interrogação, paragem,

hipócrita situação,

ab-rogamento, aparente confissão,

q´obtém perdão, q´obtém perdão,


cruz de tantos, arrasto d´alguns,

protecção de muitos,

meninos, meninas, estragos graudos,

mescla severa,

vida serena, morte d´esperança,

desespera,

o que s´alcança,

busca incerta, finamento, podridão,

tanta culpa, paixão!!!... Sherpas!!!...

12
Jun09

... bate, bate... coração!!!...

sherpas

... encaminhei passos para sede de partido cá do sítio, senhora simpática,

não faz sentido, postura isenta, sem filiação, figura estática,

não sendo, não parecendo, indiferente com este, com todos,

frequentando na época quente, gosto de caracóis que confecciona,

sabor delícia, sem fronha,

atenta, modesta no servir, no estar, gosto d´ir, frequentar,

depenicar, com gosto, um que outro, limpar o prato, sôfrego,

beber umas cervejas frescas, pagar,

quase tradição, princípio do Verão,

trato bem, sou recebido com sorriso,

recordação,

esquema que reconheço, renovo, prolongo, admito,


bate, bate... coração,

linha de vida que prossegue,

não diverge,

sustentado, vou temendo, admirando o que me rodeia,

recreando meu sentir, num ter de ser q´incendeia

esperança que me sustém,

dela me vem, dela me vem,

quanta ilusão, gratidão,


lauta satisfação, gosto que compus,

dia que se vai desfazendo, calor q´inunda,

tarde calma, abafada, ponho pés na saída, recompus,

adentro na cidade velha que cativa,

maré cheia, alguns barcos que vogam ao sabor, criançolas com que cruzo,

despegados de roupas q´incomodam,

tronco nu, alaridos próprios ao invés do que não produzo,


desloco, quase vertigem, largo bem vasto, bancos vazios, sombra fresca,

igreja que se posta, recanto d´encanto, rua estreitinha bem em frente,

aragem que sopra, sossego, pouca gente,

ressoa a voz do padre no largo, ladaínha, descanso, olho em volta,

poiso pensamentos no sítio, decalco acontecimento passado, recente,

lembro afrontamento, bate, bate... coração,

quanto sofrer, quanta emoção,


no rendilhado da pedra, frontaria antiga,

socalcos mais pronunciados, festival de PRIMAVERA, amor que se pronuncia,

arrufos permanentes, perseguições, enfunamentos, espanejar quase briga,

asas em remoinho, piares que s´escapam, misturam,

pardais irrequietos, pombos arrulhantes,

casais que são vida, folguedos de fim d´estação,

bate, bate coração,


lá no cimo, cruz de vulto, sinos mudos, relógio q´avança,

corpo relaxado, sentado, descansa,

observo, com enlevo, ondear de duas bandeiras no edifício camarário,

três hastes em riste, uma q´aguarda, sábado normal,

bandeira maior guardada como tesouro,

lembro, assim m´atrevo, dia menor,

entristecidas,

levemente lambidas

por brisa que sopra,

cheiro inebriante que despeja pastelaria ali ao lado,

café saboroso,

porta aberta donde sai, se liberta,

convite, tentação,

brincadeira de crianças com cão,

bate, bate coração,


caem, pausadas, horas em ponto,

agitação,

burburinho que s´escapa de mansinho,

quebra dum sonho,

largo mais vivo, lençol de cama que s´enrola numa janela,

pombos, pardais, quebram enlevamentos, amorios,

fugas, esvoaçares, rodopios,

sentado, reparo numa figura que m´inunda,

levanto, sorrio, vou andando devagarinho,

sinto um coração que bate, bate,

doce entrega, devoção, aproximação,

esperança que me sustém,

dela me vem, dela me vem!!!... Sherpas!!!...

11
Jun09

... inocência!!!...

sherpas

... no dia da inocência, celebração que s´anuncia,

festarola em cada escola,

sorrisos, abraços, beijos,

coisinhas doces, jogos, muitas cantigas,

festinhas d´aproveitamento,

felicidade imensa, meu desejo,

recordatório d´abusos,

lembrança doutros ladrões,

vorazes na depravação,

inauditas feras, perdições,

crianças pobres, aviltadas,

tratadas com desfaçatez,

objectos, prazeres ocultos,

taradices d´endinheirados,

tão espargidos, espalhados,

credos, ideologia diferente,

lobos, com pele de gente,

cruéis, repugnantes, vilões,


gatunos, são o que são,

dinheiros, corpos, almas tão puras,

quem pratica, quem pilha,

quem fica à porta, entende,

sabe da trama, esconde,

espécie d´ausente,

estando postado, presente,

recebe contribuição,

pequena participação,

responde,


intriga, comendo galinha,

depenada por quem roubou,

cozinhada por quem enganou,

conluio, disfarce, manigância,

sendo farta como jactância,

descontrolada, quase doença,

mal de quem a padeça,

indesculpável na inocência,

sendo, não sendo excelência,


mundo reles que t´arrastas,

princípios que são parlatórios,

tiradas, curtas sentenças,

juízos dementes de quem julga,

não aponta, não se culpa,

consciência pesada d´alguém,

periclitante nauseabundo,

bateu baixo, bateu no fundo,

dono de nada, lixo do mundo,


de pouca, nenhuma valia,

olhar d´alto, sobranceria,

carteira q´avulta, recheada,

criança indefesa, maltratada,

festejo na escola,

sorriso, beijo, abraço,

carinhos com que me desfaço,

na inocência que já fui,

entre outro que nada intui,

dejecto que se prostitui,

compagina, contribui,


faz de conta, estando ausente,

bem ao pé, ali presente,

partícipe, companheiro de corpo inteiro,

sendo mais um, sendo primeiro,

cego, d´olhos abertos,

casos, em casos concretos,

vergonhas, actos abjectos,


falhos, não somos perfeitos,

esclarecidos com muitos filhos,

tratando mal filhos dos outros,

esquecendo aquilo que fomos,

inocentes, quando mais novos,

sem posses, quase descalços,

gordos, luzidios, calvos,

gatunos, são o que são,

d´almas, de corpos, coração,

dinheiros em borbotão!!!... Sherpas!!!...

04
Jun09

... pardos!!!...

sherpas

... selva, tendo como figura qualquer felino,

silenciosa, ágil, circunspecta,

apesar d´aparência, gracioso aspecto,

aguardando, sempre à espreita

cores diversas, corpos tratados,

os gatos, os gatos,

os pardos, os pardos,

musculados, de trato fino,

conveniências, oportunidades,

sendo quadrúpedes, sendo bípedes,

metáfora que m´ocorre,

não desfazendo, sendo pardos,

castanhos, brancos, cinzentos, pretos, malhados,

fazendo dos outros, espécie de parvos,

alcandorando-se, proeminentes,

dos mais vulgares, bem diferentes,


actos relevantes, vítimas expostas,

anais d´ignorância, estigma que s´estende,

não atalha, não entende,

não combate, não vence,

como gostarias, como apostas,


determinado que sobressai, transforma em lince,

garras afiladas,

quase extinção na Malcata,

número reduzido no seio de tanto patarata,

mão cheia, que s´esvazia/mantém,

apesar duma que outra gata,

“mão” na pasta, “grana” na pata,

proveito,

redondo defeito,


trajecto preciso, rumo certinho,

fazendo recanto/Paraíso, albergue, ninho,

satisfazendo senhores,

descurando menores,

pelintras q´abundam, simples pormenores,

garras afiadas,

gatos pardos,

fazendo dos outros, caterva de parvos,


de fino trato,

conveniência entre pretos, brancos, castanhos, cinzentos,

aproveitando lacunas, alguns momentos,

selva bem escura,

que se nublina, descura,

ensombrece... mistela, amargura,


vertigens,

carrossel que gira, roda que volta,

reviravolta,

tanto em cima, como em baixo,

arco que balança, rebaldeixo,

agora arrecado, logo encaixo,

com respeito, trato, destino,

esquecendo raízes, origens,

impoluto, sem defeito,


extracto de conta que s´aponta,

ganhos, repentes, aplicações,

fundos, obrigações,

pareceres com crédito,

descrédito,

conferências q´acertam, redondeiam,

aproximam,

desfazem, não ensinam,

destinam ganhos, orientam caminhos,

abrem cofres escusos,

confusos,

especulações com tratos,

são factos, são gatos,

bem diferentes, tão raros,

são pardos,


selva esquisita,

gataria que não é espectáculo,

embelezamento felino,

diversão,

lince q´escasseia,

desfeia, extingue,

na Malcata,

metendo a pata, metendo a pata!!!... Sherpas!!!...

01
Jun09

... roubalheira!!!...

sherpas

... há coisas que não entendo,

de vulto, de muito peso,

meandros de capitais

no seio dos menos iguais,

indignados, com despeito,

só escutando, só vendo,

cara séria de contrafeito,

feita na hora, muito a esmo,

falsários de comportamento,

 


tentam desvincular dos normais,

ser mais papistas do que o Papa,

quando apontados a dedo,

em revistas, nos jornais,

badalados na comunicação

rápida, tão eficaz,

julgados como são,

sob olhares capciosos,

atentos, castigadores,

que se não vão em rogamentos,

testemunhos, tristes lamentos,

considerando ladrão

quem rouba tostão ou milhão,


credo, valha-me Deus,

lá no assento etéreo onde estão,

só pode ser incúria, maldição,

desajustamento da razão,

quando defendem posição,

teres que conservam como seus,

ganhos exorbitantes de momento,

esquecendo detrimento,

vilipêndios com fartura,

noutro jogo, sinecura,

bem alheia à q´estão,


provando todos do mesmo,

numa igualdade de direito,

democracia transparente,

a tal mosca que poisa,

sem escolha nem apelação,

na porcaria do chão,

na cabeça dum doutor,

sem dilação, com presteza,

tendo, disso, suma certeza,

feitos da mesma maneira,

com valias, com defeito,

com esperteza, menos lesto,

pessoal q´é gente com dor,

que sofre, usufrui, esvoaça,

portento q´é mole, não vertical,

tão baixinho, tão igual,

apesar da posição,

mesmo com muita indignação,


deixa-me rir, chorando,

alteando voz, alteando pranto,

neste País de desencanto,

morticínio que s´esparrama,

fúrias de quereres absolutos,

vidas d´excesso, de lama,

ganhos, segredos de cama,

casinos que não funcionam,

como faziam, dispunham,

dois tostões, muitos milhões,

razia nos bolsos dos outros,

despedidos, contristados,

muitos foram roubados,


cara feia, desvergonha,

quem comete, quem s´exponha,

democracia que não perdoa,

mesmo que doa a quem doa,

não s´evita, quando s´espevita,

declara, não cala, denuncia,

fala alto, aponta o dedo,

não esconde, não evita, sem medo,

acto bem natural,

escalada que se tenta atacar,

colocando TODOS no LUGAR,


está bem, convenhamos

q´haja a tal presunção,

lesta justiça que s´apresta,

minha esperança, apelação,

arrecadados na prisão

os que cometeram desvios,

não desculpando desvarios,

não evitando enxovalhamentos,

outras eras, outros tempos,

foram rapinas do tempo,

deram prejuízo à Nação,

foram hábeis, mui influentes,

amigos do peito com jeito,

más práticas, grande defeito!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D