Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

20
Jul09

... oração!!!...

sherpas

… coluna cilíndrica que se levanta, formoseada, arabescos que se repetem,

uma mais alta que outra, certa distância...

miríades delas, tantas q´a nossa vista alcança,

metrópole que é formigueiro, credos, rezas, constância,

 

algum enfrentamento... minoria que sobrevive,

aceita condição perante exorbitância,

 

convite à oração, tudo pára, repara, lembra mais Além,

virados para mesmo lado...

joelhos no chão, prostrados, invocando, respeito dos que não são,

tão normal que... ninguém estranha,

 

terminada concentração, labuta que continua,

burburinho q´agita toda a rua...

arengares que não entendo, finalização do que se pretende

naquela amálgama de gente,


 

percorro longa margem maravilha, ouço regateios, procura, oferta, ajustes que se jogam,

embarco num dos muitos que vogam...

quase teimosias, recreios,

 

encho pulmões d´ar com sofreguidão... ignoro os que estão,

busco mesquita d´encanto, devaneios,

com destino certo, pequeno ponto no meio de multidão,


 

vestimenta tão variada, mais, menos colorida, tanta pujança, tanta vida,

cheiros fortes m´inundam, sons estranhos, babilónia,

sem vontade própria, deixo-me levar, empurrão daqui, encontrão dum mais apressado,

sorriso esbatido, encolher d´ombros que faço,

não ligo, enquanto m´adentro, me desfaço,

fazendo parte do que sinto, desembarco...


 

olhos gulosos se passeiam, ruas fogosas, sempre iguais, edifícios que m´atraem, monumentos, minaretes,

credos, religiões diferentes...

soa bem alto, logo reparo, postura de muitos, insignificâncias,

 

olhando para o mesmo lado, murmúrios, rituais, sem distinção, tão iguais,

préstitos repentinos na multidão...

regresso a corpo que sou, continuo por becos,

sol q´abafa, ruído que faz parte, falares desconhecidos,

 

navego águas diversas no mesmo local, desembarcado, mesmo quando embarco,

ondas do pensamento q´arrasto...

imensidão líquida q´aprecio,

 

honra, desafio, comparação, tão longe, sinto-me estranho, sinto-me bem,

como quem chega, como quem foi, como quem tem,

pertencente, não sendo,

quase ninguém...


 

cilíndricas construções, arabescos, dispersas por tudo quanto é canto,

convidam à prece, lembram condição,

paragem na loucura q´é vida,

na corrida...

 

multidão, variedade q´escorre, babilónia, torrente que s´esvai, ora entra, ora sai,

destinos diversos no mesmo cais...

abraço de civilizações, fronteira q´aproxima,

 

duas facções, outros interesses, império que permanece,

estratégia, posição que s´aguenta,

enquanto o MUNDO rebenta...

 

permissão, outra confissão,

contenção...

barco que nos leva, sonho que nos transporta,

não importa,


 

deixo-me arrastar, sorriso cúmplice de quem partilha,

não perfilha...

coloca véu, descalça, quando entra, assemelha, entende, aceita diferença,

outra crença!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub