Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

30
Dez09

... bardo!!!...

sherpas

... manta curta, não tapa corpo,

puxa, repuxa, ajeita lados, descai,

incomodidade que gera desconforto,

tapa pés, cabeça sai,

tentação que nos indigna,

tão pesada, tão garrida,

agasalho de quem tem,

esburacada, ainda por cima,

sorte d´alguns, retalhos reconfortantes,

quenturas tão afagantes,

rechonchudas carteiras,

parasitários que revolteiam,

insectos que se deslumbram,


luz brilhante, chama intensa,

quando se compara, pensa,

conta q´arruma, empurra,

encosto apetecível,

intenso naco que lhes cabe,

quando puxada pr´a cima,

deixando pés ao relento,

incúria, mui espavento,

à custa d´orçamento,

provocando chagas, sofrimento,


descalça, vai para a fonte,

mesmo ali, bem defronte,

consumição que se debela,

fonte mágica, inspiração,

trocos daqui, notas dali,

reviranços que se dão,

intuitos, consolação,


anúncios em chusma, propalação,

casamento que se busca,

parcerias, partição,

mais um trapinho que se junta,

manta que não cresce, encurta,


foram fartos, foram bastos,

arrecadaram uns tostões,

compuseram manta a preceito,

calcando os que lhes não dão jeito,

farrapos que bem juntaram,

foram amigos do peito,

não suspeitos, quanto a milhões,

irmandade confortável,

quantos segredos, cumplicidades,

indignações, inverdades,

tocados nos seus pendores,

espanto de sofredores,


flueza, encaminhamento,

como rio caudaloso,

arrebato, bom resguardo,

sítio pacato, bem formoso,

paraíso como destino,

mantendo juntinhas, no bardo,

manta abrigo que s´encurta,

quando não cobre, se puxa,

ovelhinhas ao relento!!!... Sherpas!!!...

21
Dez09

... gáudio!!!...

sherpas

... inefável sustentação de quem se julga,

flutuação não desabrida, com rumo,

mediante representação,

conseguida,

junto de seus pares, quando comunga,

oratória megalómana q´aventa,

displicência supérrima de que faz jus,

todo s´ilumina,

transluz,


quando se mostra pesporrente

perante gáudio d´ampla assembleia,

patadas, urros, aplausos, gargalhares,

conjunto inédito de parlamentares,

nas poucas práticas,

desacostumados,

plenários que jorram, s´entornam,

novelam, contornam,

espúria condição de menos dotados,

mentes ávidas, inelásticas,

brutas pedras, rígidas,

não trabalhadas, inocentes,


inundam ouvidos mais atentos,

qual nuvem se forma,

repente,

levitação, seu privilégio,

auréola que o rodeia de supetão,

dando, recebendo bons recados,

hábeis gestos que patenteia,

esgares contraídos, pertença,

inclinação,

remanso que resguarda, o incendeia,


são luxos desnecessários,

são práticas,

correntes desavindas, coscuvilhares,

ombros mais potentes, visionários,

forças ocultas que instigam,

massacram contrários,

regras quebradas, fugas, obituários,

necrologia que se rarefaz,

perante ousadia de quem é capaz,

são máscaras, são plásticas,

bocejos, farfalhares,


circo de vida contínua q´aborrece,

números repetitivos, fátuos, esbatidos,

na empatia que flutua, quase esquece,

desmerece paixão de correligionários,

amigos,

rebaixamento constante perante “inimigos”

convencimento que se degrada,

falece, desenquadra,

não quadra,


aparenta insolvência,

bancarrota naquela banda,

escape falso,

falência,

num luxo que cresce,

s´aguenta, percalço,

ao invés do que se pretende,

explosão, repente!!!... Sherpas!!!...

17
Dez09

... batuta!!!...

sherpas

... parece que dança, em cima de pequeno palanque,

contorce corpo, retorce mão, aponta batuta,

pequeno estoque, varinha mágica,

deslumbrante,

q´impacto que tem sobre sons diversos,

estica braço, abarca tudo, vista arguta,

audição plena, harmonia que desliza,

pauta na mente, acabamento, retoque final,

encanto que prende, sublima metal,

oboé que soa, tuba q´afina, piano mais baixo,

violino que sibila, dá saltos com ele, repica,

encaminha, pancadas rotundas,

pratos, tambores, sinos, pandeiros,

bem postos, arrumados, calados, dinheiros

ecos q´entoam, ressoam, inundam

clarinete q´esguicha esganiçamento,

curta pausa, momento,


cara de pau, empertigado, quase hostiliza,

mavioso que sonha, esvoaçar tão lento,

toques de lira, trompete que corta,

violoncelo mais lento, profundo,

grande conjunto,


como ele avança, espécie de dança,

repenicado, quase que salta, braços ao alto,

pequeno socalco, pausa, contraponto,

caminhada louca, depaupero, encontro,

gargalhada que soa, entrada ajustada,

palanque que sofre, fúria que sente,

grande se torna, quase demente,


arte na ponta, varinha tão curta,

corpo presente,

que torce, que salta, que busca,

rebusca,

encontra fagotes com pequenos toques,

levanta mínimo de mão fechada,

requebro, enleio, cabeça baixa com grande melena,

que pena,


distorção de fusas, semifusas complexas,

colcheias a magotes,

plateia que cerra olhos, sonha, retumba

sobressaltada,

pancada,

tímbalos, tinidos metálicos,

contrabaixo,

solista que sobressai, grasneia,

duelo com acompanhamento,

olhar fixo, imóvel, batuta bem alta,

recalca,


orquestração, parafernália tão nossa, de sons

imbuídos,

misturados numa melopeia que devaneia,

induz, cativa,

incita conjunto,

rebrilha nos olhos que deita,

furores, fulgores,

langores,


sentidos, expressão tão sua, maestro com pluma na mão,

enfrentamento,

eterna LUTA,

nas chagas, nas dores,

amores,

cantares felizes, exaltação,

conquista, extinção, sossegada emoção,

caminho ordenado,

quase recado,


orientação alegórica,

retórica,

sinfónica,

batuta!!!... Sherpas!!!...

 

12
Dez09

... mátria!!!...

sherpas

... numa pedincha constante,

posição de quem depende,

velho, gordo inconsistente,

arrumo, por conveniência,

ao mais baixo nível duma excelência,

bandos que se derribam constantemente,

falta de posição normal, pouco decente,

rebotalho que não representa,

descontenta,

ao abrigo d´olhos curiosos,

conluios, entendimentos,

amostragem de governança que descuida,

mantém megalómano ou maníaco,

toupeira, numa pedra flamejante,

formosura atlântica que s´esburaca,

alinda em proveito d´espampanantes,

por tudo quanto é sítio, rebrilha,

presépio encantado, maravilha,


brotando escapes incandescentes

por alturas do menino q´encanta,

desanda, embebeda, quando passa,

extasiadas multidões s´atropelam,

produto nada rendoso no volume dispendioso,

turista que passeia, ilustra, recreia,

reganha valias que são nossas,

incréus despesistas da ilha,


borbotões s´encaminham pr´ó Paraíso,

sem cuidados, sem fisco,

ocultação de mais ou menos milhão,

perversão perante quem se atém como pelintra,

poucos tostões, fome que vai sofrendo,

casinhas desconfortáveis, poucos recursos,

ao sabor dum louco que barafusta,

nada lhe custa,


rebolado no disparate

do buraco que vai fazendo, desgastando o que era lindo,

lá vai indo,

com aquilo que clama como obra,

quanto cobra,

parasitando partido,

fazendo fitas,

guerrilha institucional como arte,


aquisição dumas dezenas largas de milhões,

aquiescência no para (lamento) das abstenções,

contentamento repentino,

desatino,

pessoas esquecidas... outras vidas,

cometendo falhas, desperdícios,

alimentando taras, outros vícios,


tremendo panarício doloroso,

num extremo q´é periferia,

tesouro obscuro, encantado,

refúgio de luxo disparatado,

evento que delicia quem vê,

não recupera aplicação,

gasto desmesurado, entretém,

 

muito aquém do que se proclama,

quando s´intitula, quando chama,

parasita duma Pátria falida, descantada,

música como pano de fundo,

irado, quando não satisfeito pelo bando,

desencanto,

conhecimento de todos, no MUNDO,

minha “mátria” torpemente vilipendiada

por figurinha q´é tropeço,

desmesuradamente,

sem senso!!!... Sherpas!!!...

09
Dez09

... galos!!!...

sherpas

... lugar recôndito nas Filipinas,

olhares cobiçosos sobre galináceos que s´avaliam,

respirares contidos, ferozes,

imaginas,

penas eriçadas, corpos hirtos, esbeltos,

rodeiam, estudam com minúcia,

ágeis, pausados, despertos,

 


preparados para embate,

círculo pequeno, arena,

combate,

fumo que cobre multidão que s´empurra,

colorido,

conjunto harmonioso com pena,

contenção,

quais estátuas do desespero,

emoção num imprevisto, dinheiro,


incitamento, ave d´afeição,

bico preparado, lâmina que brilha,

esporão,

treinados q´estão,

antecedência,

efervescência que se prevê,

quem está, não conta,

presença recuada,

grito uníssono, esvoaçar repentino, ataque,

confusão que propicia alvoroço de multidão,

ensurdecedor,

sobre sangue que jorra,

num turbilhão, primeiro embate,

considerado como arte,


hábito antigo,

convulsões gregadas,

emoções no auge,

soltam-se gritos, agitam-se braços,

paroxismo na luta, tremuras, excessos,

salpicos de sangue, revoada de penas,

são rinhas, são lutas, apostas, também,

arena tão curta, galos, voragem,


enfrentamentos possessos,

dinheiro nas mãos, suores q´escorrem,

quando m´ocorrem

cenas mais perto,

comparo, desperto,

plenário que luta, galos que viste,

visão tão triste,

penas que tenho, interesses por trás,

somas bastantes,

extravagantes,

retrocessos,

lutam excelsos,


tão plenos,

parlamentos,

apostam, decretam,

combinam, projectam,

assentos que têm,

rinha aberrante, sentido tão triste,

País, que contraste,

unidos, em riste,

 

tempestades bonançosas,

situações embaraçosas,

fervilhantes momentos,

são galos, deputados,

serviços prestados,

eriçados, esquecidos,

telhados e vidros,

com OUTROS... recados!!!... Sherpas!!!...

03
Dez09

... esmola!!!...

sherpas

… à porta da igreja, esquálido,

ligeiramente encostado à ombreira,

tão pálido,

aguardando saída d´almas pecadoras,

confissão semanal ou mais,

agruras de vida,

dóceis sofredoras,

condoídas c´a desgraça,

quando se vê, quando passa,

esmola na missa, pão do capelão,  

sementeira,

 

caridade de mão em mão,

saqueta de moedas dos que dão,

quase obrigação que se precisa, alívio, constatação,

olhar pelos menos iguais,

introspecção,

 

gesto maquinal, olhando em frente,

pelas alminhas que são nossas,

já não estão,

quase indiferente,

pequena sobra que se deita,

ritual que não fica mal,

alquebrada ou escorreita,

bem melhores do que pede, porta da igreja,

à saída,

para que se veja,

 

sombra esbranquecida,

finura incorpórea, pele e osso,

olhar esbatido, vergonha que s´esconde ali ao lado,

portal que é refúgio, promessa de quem precisa,

última estação, trajecto vertiginoso,

escalada, fúria, desgosto, abstracção,

mundo escabroso,

 

névoas receosas, tão densas,

espessas,

líquido salvífico, perdição,

dose que se sobrepôs, sustentação,

obsessão,

fito único numa senda escura de quem procura,

imberbe ainda,

inocente perseguição dum sonho,

beleza que se transmutou,

ruindade, pesadelo, escuridão,

degradação,

 

escalada alucinante,

num decréscimo repentino,

inversão,

tremuras, indomínio crescente,

vergonha de ser, ignominio,

sensação que s´esbate,

derruba, abate,

prisão do corpo, mente que recusa,

destino,

 

portal q´é passagem,

amostragem,

caridade dos que dão com uma mão,

pelas alminhas dos que não estão,

confissão,

quase perdão,

 

sua presença esbaça para quem passa,

indelével, quão escassa,

esquálida,

quase ombreira,

não válida,

sombra, fronteira, fumaça,

sopro,

aglutinado sorvo numa ombreira,

pouco importa,

ritual na saqueta do padre,

confrade,ali à porta,

esmola!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D