Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

17
Jan10

... DEUS... H

sherpas

... Deus não está contigo,

pobre desgraçado que vegeta,

não alerta,

conforma com sorte, com fome, miséria,

MUNDO de luxo espaventoso,

parte de rico convencido,

excesso que provoca desequilíbrio,

sem honra nem brio,

vergonha que nos assombra, desencanta,

permissão de todos os meios,

pilhagens, matanças,

esperanças,


hecatombe que se previa,

placas tectónicas,

mestres de ciências atónitas,

desfecho d´horror,

quanto pavor,

corpos que são esgares, troncos inânimes,

cenas infames,

resultado do que surgiu,

minutos de mão diabólica,

amachucamento,

momento,


encosta a recanto, como num limbo,

fronteira que permite,

folha espinhosa dum zimbro,

insecto que volteia,

alheia de situação escabrosa em que vive,

estômago que se revolta, soa quando se presenceia,

algo que se chupa, mastiga,

quanta podridão na solidão,

no desprezo dos que não estão,


situados em muralhas d´aço,

protegidos dos mais esquecidos,

confrontos, socorros, visão d´escândalo,

quantos se projectam pr´ó espaço,

tão trágico,

tão pânico,

tão vândalo,

esmagado por Omnipotente,

DEUS não está contigo,

um luxo de quem tem, palavra que se deita,

aproveita,


comiseração tão cínica,

choro que se prolonga,

alonga, esquece,

não aquece, arrefece, passa porque se mantém,

noutro sítio, mais além,

provocado por mais ricos que roubam,

especulam,

destinam vidas com excessos,

pilhagens, matanças,

outras vidas, outras danças,

diferentes dimensões,

confusões,


resultados tão drásticos,

longe de muralhas d´aço,

emblemáticos, carismáticos,

postáticos,

roupagens aparentes, indecentes,

trinta dinheiros por quantos Cristos,

beijos que se propalam, instigam,

castigam,

dinheiros que se retêm,

espalham perante corpos desfeitos,

esmagados, fétidos na decomposição,

inclementes, mantêm impávidos, amorfos,

palavreados de circunstância,

jactância,

posição,


perante calamidade tão grande,

DEUS não está contigo,

irmão, amor, amigo,

degradante,

quando no auge, quando no ocaso, quando na tragédia,

imagem que nos chega, nos chaga,

afasta, treme emoção que nos completa,

afecta,


repimpante na comédia,

não paga, acumula,

expurga,

rebenta de gozo, de vida, infla com tudo,

mastodonte que se não derruba,

conturba,

quanto lhes chupa, esbaços tão ténues, figuras tão débeis,

tão férteis,

contrastes,

com tralhas... com trastes!!!... Sherpas!!!...

 

17
Jan10

... HAITI!!!...

sherpas

... só quem não sente, consente,

distorção d´harmonia terrenal,

miseráveis paragens, aglomerado provocado,

sol flamejante na praia,

águas tão claras, promessas,

junção de corpos, remessas,

raízes que deram fruto,

procriação, na graça de DEUS,

eram deles, foram teus,

filhos menores que foram meus,

desprezo de raça que se juntou,

montinho ignorado, escravos da vida,

entre abusos, corruptelas desvairadas,

mazelas espezinhantes de quem desliga,

muito acima,

esfusiantes nas prebendas abundantes,

lá longe, noutro clima.


mau bocado,

calhau paradisíaco, infernal,

sem eira, sem pão, sem beira, encosto,

profusão d´horror, muito desgosto,

meia dúzia de moedas,

protectorado, por ali, desviado,

entre nada e nada, vazio tão igual,

condições degradantes,

mar que s´espelha,

tal como antes,


tangas indolentes,

estruturas mal conduzidas,

seio de tropicália, perdidas,


desvario que s´admitiu como destino,

pobres, sem culpa de nascimento,

local,

penúria, lodaçal,

fuga na busca, obra que s´encontra noutra banda,

procura de solvência basta,

vida rasca,

incerteza num futuro escuro,

cinzento buraco que s´arrasta,

cúmulo impuro que permanecia,

lá ia,


ignoto, despido de tudo, quase esgoto,

depreciação de quem, arrogante sem rosto,

muito por cima se julga, não culpa,

aceita com naturalidade,

desigualdade,


dia igual a anterior,

com escape inocente, repente,

quanta gente, vermes na podridão,

auxílio parco,

vontade de quem dá, migalha que cai,

manutenção de situação,

vistas tão belas,

é vê-las,


sem nada de nada, vazias, loucas,

tão poucas,

olhos abertos, risos alarves,

contenção nos teres de quem não tem,

não vive bem,

sofre inclemência que lhe é própria,

pobreza que foi berço,

doença, corrupção como tema, tropeço,


gritos, desvarios,

instabilidade que se normaliza,

desafios,

percurssão que ressoa, auxílio que mantém

quem não tem,

forças que calam,

não falam,

aderem a situação calamitosa,

não formosa,

paragem bela,

principe num porto, quanto desgosto,


normalização duma anomalia que se mantinha,

não detinha,

escondia,

ferida profunda que gangrena, inexistentes,

existindo,

quantas e quantas gentes,

mar espelhante,

fingindo,

na ilha que não tinha,

quase nua,

sombria, pejada de carentes,

organizações tão presentes,

ausentes,


agruras que s´amontoam,

destoam d´época, destoam tempo moderno,

espalhados defeitos, chagas no corpo eterno,

infecção que s´aloja,

enoja,

distrai, abstrai,

num cai que não cai... CAI!!!... Sherpas!!!...

 

 

16
Jan10

... osso!!!...

sherpas

... cão ladino q´inquieta,

não pára, escarafuncha,

refocilia quando passeia,

por vezes incendeia,

posição de quem nada faz,

pensa, recreia,

indolência com que ganha sustento,

despropositado portento,

embirra dono, com lambidelas, latidos, desvarios,

incómodo comportamental,

saída de situação aborrecida,

dono de cofre com ossos,

aos molhos,

na mão, displicência no gesto,

atira bom petisco,

género d´engano, género d´isco,

engodo,

sabe-lhe a pouco, casual,

 

boca escancarada,

vontade danada,

dentes que s´afilam quando pilham

roendo daqui, roendo pr´ali,

vai-se entretendo,

esquecendo,


enroscado num canto,

afastado doutras lides,

não tão inquieto,

tão perto, mais manso,

remanso,

quietude de quem s´arvora,

flutua,

comanda, desmanda,

engana,


fazendo de conta que não conta,

perverso confesso,

instituição profanada, carreira inusitada,

no alto,

espalhando por tudo quanto é canto,

desencanto,


dono de tudo, de nada, compadrio de quem se julga,

impugna,

perdição na jogada que manipula,

encapotamento de quem beija como Judas,

moedas que são mais que trinta,

brilhantes inefáveis,

discursos no acto, desacato

inusitado,

descartáveis,


roendo osso com laivos de carniçada, ainda,

desavinda,

parte que quase parte um todo,

embaraço do que se posiciona mais acima,

ordenamento com gesto firme,

constante exigência de quem prendou,

encomendou, destinou,

 

situação caricata de quem não vale nada,

enleia, enovela palavreado repetitivo,

não cativo,

destino dum POVO amarrado,

pouco dado,

conduzido,

futebolesco entretenimento,

quase burlesco comportamento,


são gritos, são godos, engodos, evasões,

perversões,

são ossos tão belos, apetitosos,

espargidos por gulosos,

contidos,

mantidos, retidos... perdidos!!!... Sherpas!!!...

 

 

12
Jan10

... saúde!!!...

sherpas

 

... depois d´experiência passada, concluímos,

com, sem razão, pensamos profundamente,

pobre de quem está doente,

agravante d´idade avançada,

estendida numa maca, pendente,

arrumada em corredor longo, frio, distante,

considerada coisinha de nada,

quase farrapo esquecido,

algum alívio, tendo soro como alimento,

dor mais apaziguada,

pobre mãe, minha amada,

longa caminhada pedregosa,

tanta mágoa, tanta chaga,

serviços que não são perfeitos,

palavras, consolos, defeitos,


réstia d´alguma humanidade,

compreensão de regra que se não quebra,

embora, por porta travessa,

se tente remediar impedimento,

ultrapassar barreira que s´interpõe,

quando se pretende, pede, não impõe,

aceita mui contristado,

sendo mais um aventado

num rocambole que se não emenda,

quase briga, quase contenda,


não serviço com viço,

falta de método, respeito,

laxismo num cometimento,

busca incessante, saída,

numa espécie de aventura,

façanha, intrepidez de quem procura solução,

tendo, não tendo razão,

sendo, como sou, na multidão,


d´entre muitos, mais um,

sendo nada, não sendo nenhum,

anónimo com ferida imensa,

carne que me deu a carne,

ser que me deu o ser,

quando nos dói, quando se pensa,

corpinho gasto, causticado,

num corredor comprido, frio, distante,

aventado de lado para lado,


contando com aquilo que temos,

soro como alimento,

grande vontade de viver,

estória já longa, pedregosa,

cara de quem sofre, chorosa,

naquilo que mais tememos,

improviso, muito desleixo,

saúde que se não emenda,

roda viva, rebaldeixo,


quase como numa contenda,

aglomerado, multidão,

retrocesso, pura inversão,

grito lancinante de quem morre,

algum reparo, regra que se não quebra,

atenção de quem está sujeito,

saúde... com muito defeito!!!... Sherpas!!!...

 

02
Jan10

... confusão!!!...

sherpas

... ter ou não ter razão, discussão,

enfrentamento permanente num hemiciclo,

fim dum ciclo,

começo doutro, a contragosto,

pacto d´oposição que se considera maioria,

por teimosia,


continua a liça, com denodo,

sem preguiça,

algum orgulho no feitio, detestado,

programa que mostra, tenta seguir,

com rumo, objectivo,

enquanto, quem não tem, se limita a denegrir,

definhação de quem contesta,

no que lhes resta,

vazio de clube que já foi grande,

revanche,

nenhuma chance,

abusos e usos de medo,

quanto segredo,

ambição de PODER que não alcança,

s´afasta, esfuma na bruma matinal,

desesperança,

queda abrupta, abismal,


memória q´é negrura, pesadelo, noite invernosa,

horrenda figura de quem estragou,

quando alcançou,

madrugada sem alvor,

com raiva, furor,

labirinto que defronta rosa,

encimesmado,

quando se pensa, considerado um mal amado,

pendor pessoal,

bruto animal,


não sendo chefe de nada,

agrupamento que provoca fumarada,

atritos, negação,

sem proveito, sem contribuição,

intermédio tenso, sem respeito,

confrontos, contragostos constantes,

degradantes forças que forcejam,

esticam corda de qualquer jeito,


incitam grupelhos, fazem cabeça de quem não pensa,

usados, por pataca e meia,

topo inatingível,

crivo desmedido,

não conseguindo redimir mordomias próprias,

excelsos de parlamento, políticos de craveira,

dianteira,

governança que s´arroupa na ganância,

desvelo deles, d´amigos do peito,

sem paragem, nenhuma fronteira,

incrível,


manutenção de prebendas insustentáveis,

gordos, luzidíos, bastos,

bons regaços,

manjedoura q´ainda vai alimentando bestas desconformes,

quantas fomes,


horizontes esmaecidos,

raios que não brilham,

infâmias que s´aventam,

massa anónima q´aguenta,

mesmo, quando rebenta,


forças que fazem discussão,

conluios secretos, oposição,

quando s´arvora no que não é,

desconfortável maioria que não entendo,

ideologias que se detestam,

amam,

adoram, quando confrontam inimigo comum,

todos juntos não fazem um,

balança que não serve, sem fiel,

rudezas, recalques que sabem a fel,

amargos, biliosos,

tão reles, nada formosos,


desacato, num repente,

deitar abaixo,

levantar barragem, suster água enfurecida,

num contrabaixo,

som desmedido,

repetido,

incompreendido,

união que não entendo,

grande arremedo, remendo,

no parlamento,


recanto, instituição que se desluz, diminuído, desorientado,

sem interesse pelos mais desvalidos,

forcejo continuado,

bocejo,

desejo, enfado, estupidez que se prolonga,

funeral colectivo que se perspectiva,

quase pavio... chama viva q´esmorece,

arrefece!!!!... Sherpas!!!...

 

01
Jan10

... saída!!!...

sherpas

... grandes saídas, d´arromba, festa plena, música aos molhos,

amigos, contradanças, copos de mão em mão,

um faz de conta que não,

vida são três dias, um que não conta quando desta para pior,

balbúrdia, confusão,

amigos de consolação, encontros, desencontros,

fugas para todos os sítios, com brancos, com tansos,

borbulhantes ou tintos,

com gala, ostentosos, mostrando prebendas,

receitas, oferendas,

mais altos, mais esconsos, são contos diversos,

requebras nas curvas mais longas, descansos,

barriga cheia, bebida vaporosa, vista d´assombro,

um clique, um grito, um chilique, um choque,

remanso em devaneio, quando em passeio,

paragem na estrada, avanço d´olhar na paisagem que s´estende,

desencontro, gente perdida, uma vida,


escasso momento deslumbrante, colorido nos céus, passagem,

estando parados, bebidos, cansados,

um afago, um abraço, uma entrega,

refrega,

inclinados, cabisbaixos, mais velhos,

saída da vida, etilizados,

estafados,


noite perdida, má disposição, barriga que dói,

digestão agitada, comprimido na hora, disfarce q´acentua,

desvirtua olhos com gula,

estrondo na rua, compressão, encontrão, sorriso na cara,

avança, recua, pára,

beija, saúda, enleia,

doce saída, amizade tão grande, passeia, anseia,


para trás, esquecidos, anos perdidos,

ganhos avulsos,

confusos,

mais crescidos, complexos sentidos,

amplexos já ganhos, sensações, sentimentos, ausências,

permanências,


passagem ansiada, festa animada,

bulício, gargalhares que são norma,

de qualquer maneira,

de qualquer forma,

bebedeira,

local de luxo, bem juntos na rua, balcão que s´arruma com copo na mão,

empina, contrai, aguenta,

quase rebenta,

bem tenta,


consegue, anda bem solto, num jorro,

num salto, numa volta,

num som, clarão q´ilumina, céu como destino,

centelhas que caem, que brilham, resplandecem,

aquecem no íntimo, fazem-nos maiores sendo pequenos,

os mesmos,

 

mais velhos, tão jovens,

mulheres, homens, pendericalhos também,

noite tão linda, festa que não finda,

alvorada que raia,

sol pardacento,

um dia, uma noite, momento,

entrega, partilha, saída,


numa entrada alcoolizada,

sorriso embecilizado,

tão triste, tão parco, retrato,

amplificado,

esperançado,

estória que se repete,

erros contínuos, gravosos,

faltosos,

princípio dum espaço,

tão escasso,

saltinho que sobra, que passa,

alegria, deslumbre, desgraça!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D