Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

17
Jan10

... DEUS... H

sherpas

... Deus não está contigo,

pobre desgraçado que vegeta,

não alerta,

conforma com sorte, com fome, miséria,

MUNDO de luxo espaventoso,

parte de rico convencido,

excesso que provoca desequilíbrio,

sem honra nem brio,

vergonha que nos assombra, desencanta,

permissão de todos os meios,

pilhagens, matanças,

esperanças,

GENEVE 227

hecatombe que se previa,

placas tectónicas,

mestres de ciências atónitas,

desfecho d´horror,

quanto pavor,

corpos que são esgares, troncos inânimes,

cenas infames,

resultado do que surgiu,

minutos de mão diabólica,

amachucamento,

momento,


encosta a recanto, como num limbo,

fronteira que permite,

folha espinhosa dum zimbro,

insecto que volteia,

alheia de situação escabrosa em que vive,

estômago que se revolta, soa quando se presenceia,

algo que se chupa, mastiga,

quanta podridão na solidão,

no desprezo dos que não estão,


situados em muralhas d´aço,

protegidos dos mais esquecidos,

confrontos, socorros, visão d´escândalo,

quantos se projectam pr´ó espaço,

tão trágico,

tão pânico,

tão vândalo,

esmagado por Omnipotente,

DEUS não está contigo,

um luxo de quem tem, palavra que se deita,

aproveita,


comiseração tão cínica,

choro que se prolonga,

alonga, esquece,

não aquece, arrefece, passa porque se mantém,

noutro sítio, mais além,

provocado por mais ricos que roubam,

especulam,

destinam vidas com excessos,

pilhagens, matanças,

outras vidas, outras danças,

diferentes dimensões,

confusões,


resultados tão drásticos,

longe de muralhas d´aço,

emblemáticos, carismáticos,

postáticos,

roupagens aparentes, indecentes,

trinta dinheiros por quantos Cristos,

beijos que se propalam, instigam,

castigam,

dinheiros que se retêm,

espalham perante corpos desfeitos,

esmagados, fétidos na decomposição,

inclementes, mantêm impávidos, amorfos,

palavreados de circunstância,

jactância,

posição,


perante calamidade tão grande,

DEUS não está contigo,

irmão, amor, amigo,

degradante,

quando no auge, quando no ocaso, quando na tragédia,

imagem que nos chega, nos chaga,

afasta, treme emoção que nos completa,

afecta,


repimpante na comédia,

não paga, acumula,

expurga,

rebenta de gozo, de vida, infla com tudo,

mastodonte que se não derruba,

conturba,

quanto lhes chupa, esbaços tão ténues, figuras tão débeis,

tão férteis,

contrastes,

com tralhas... com trastes!!!... Sherpas!!!...

 

17
Jan10

... HAITI!!!...

sherpas

... só quem não sente, consente,

distorção d´harmonia terrenal,

miseráveis paragens, aglomerado provocado,

sol flamejante na praia,

águas tão claras, promessas,

junção de corpos, remessas,

raízes que deram fruto,

procriação, na graça de DEUS,

eram deles, foram teus,

filhos menores que foram meus,

desprezo de raça que se juntou,

montinho ignorado, escravos da vida,

entre abusos, corruptelas desvairadas,

mazelas espezinhantes de quem desliga,

muito acima,

esfusiantes nas prebendas abundantes,

lá longe, noutro clima.


mau bocado,

calhau paradisíaco, infernal,

sem eira, sem pão, sem beira, encosto,

profusão d´horror, muito desgosto,

meia dúzia de moedas,

protectorado, por ali, desviado,

entre nada e nada, vazio tão igual,

condições degradantes,

mar que s´espelha,

tal como antes,


tangas indolentes,

estruturas mal conduzidas,

seio de tropicália, perdidas,


desvario que s´admitiu como destino,

pobres, sem culpa de nascimento,

local,

penúria, lodaçal,

fuga na busca, obra que s´encontra noutra banda,

procura de solvência basta,

vida rasca,

incerteza num futuro escuro,

cinzento buraco que s´arrasta,

cúmulo impuro que permanecia,

lá ia,


ignoto, despido de tudo, quase esgoto,

depreciação de quem, arrogante sem rosto,

muito por cima se julga, não culpa,

aceita com naturalidade,

desigualdade,


dia igual a anterior,

com escape inocente, repente,

quanta gente, vermes na podridão,

auxílio parco,

vontade de quem dá, migalha que cai,

manutenção de situação,

vistas tão belas,

é vê-las,


sem nada de nada, vazias, loucas,

tão poucas,

olhos abertos, risos alarves,

contenção nos teres de quem não tem,

não vive bem,

sofre inclemência que lhe é própria,

pobreza que foi berço,

doença, corrupção como tema, tropeço,


gritos, desvarios,

instabilidade que se normaliza,

desafios,

percurssão que ressoa, auxílio que mantém

quem não tem,

forças que calam,

não falam,

aderem a situação calamitosa,

não formosa,

paragem bela,

principe num porto, quanto desgosto,


normalização duma anomalia que se mantinha,

não detinha,

escondia,

ferida profunda que gangrena, inexistentes,

existindo,

quantas e quantas gentes,

mar espelhante,

fingindo,

na ilha que não tinha,

quase nua,

sombria, pejada de carentes,

organizações tão presentes,

ausentes,


agruras que s´amontoam,

destoam d´época, destoam tempo moderno,

espalhados defeitos, chagas no corpo eterno,

infecção que s´aloja,

enoja,

distrai, abstrai,

num cai que não cai... CAI!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub