Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

26
Abr11

... era... uma CASA...

sherpas

... era uma CASA muito engraçada, bem situada, bem situada,

tão avançada, tão avançada,

cêntrica, na praça, cidade que acolhe, ganha com ela, ganhou uma estrela,

com harmonia, tão encantada,

 

segura, na compostura, tão parecida, mal mencionada, na sapataria, qual inspiração,

uma viração... supérrima concepção,

 

espaçosa, tão esbelta, mais que completa,

tão plena, tão aberta...

conhecimento perfeito na integração, não choca, não berra, faz parte,

extremada arte,

 

um equilíbrio num desafio, entrada ampla,

que acolhe, que espanta...

linhas profundas, feitura de génio, quanto encanto, quanto empenho,

surpresa gratificante, na música que se sente, nos cantos, recantos,

vivíssima, sem prantos,

 

cometimento que aplaudo, conhecimento que me agradou,

tão bela quedou...

quando subo, quando desço, reconheço,

 

materiais que se ajustam, completam no traço, finura,

integrados, os painéis, foram-se os anéis, ficou a obra,

perpetua o que sobra...

 

do papel para a pedra, quanta desenvoltura, quanto medra,

que se não perca... que se cumpra,

 

salão auditório, quase vazio... sem MÚSICA, um desafio,

 

quando pleno, repleto e com palmas, recreio, alivio das almas,

corpos refastelados, audição perfeita,

obra bem feita...

 

conluio, na certa, quando se acerta,

se concretiza um sonho... assim penso, quando me ponho,

 

na sala mais nobre, no bar que se coloca, ali se posta,

copo na mão...

revirado na casaca, passarinha ao pescoço, ária desenvolta, representação,

 

quase adoração, catedral do som,

composição, era uma CASA muito ENGRAÇADA,

bem situada, bem SITUADA!!!... Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}

26
Abr11

... brinquinho!!!...

sherpas

... brinquinho na orelha, rechonchudo ainda, imberbe mas, desperto,

passando por mim, olhar aberto,

cabelo em desalinho, desvairado, olhando para tanto lado,

 

MUNDO, como labirinto, tentando encontrar caminho,

quase como macaco imitador... todo um disfarce, um esplendor,

vestimenta tão chamativa, apelo que berra ao vento,

desprimor, contentamento...

brinquedo na mão, em riste, dedos velozes no manejo, segundo reparo, momento,

quanto e quanto deslumbramento, assim o penso, assim o vejo,

 

gozação repentina, som que lhe entra no ouvido, celebração de mero rito, continuidade duma geração,

seguimento, apelação,

tão situado num sítio... estando à beira de precipício,

 

tão fora da realidade... tão inocente ainda, num espaço de virtualidade,

de encanto que se afirma, maravilha que o convence,

tal o requinte, mente superior,

seja aqui, seja onde for,

 

dominado pelo que sente,

pelo que aprecia, não contesta, não investiga o que o obriga,

deixa-se levar mansamente...

 

passos diminutos, inseguros,

enxurrada de promessas, langores, doçuras e cores,

encontros fortuitos, amores...

 

maravilhas que os preenchem... quase não vibram, não sentem,

 

recados que são convites, fantásticos, quantos apetites,

amigos, distanciamento, avessas, nas raridades,

que se obtêm, quando devassas, quando calas, quando consentes,

outras verdades... deslumbramento!!!... Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub