Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

23
Jun14

... mas... as crianças...

sherpas

… pequenito que, vai sorrindo, dando primeiros passos na vida,

pendurado do braço do pai, lá vai, lá vai,

hesitante,

quase caindo,vai seguindo, vai sorrindo,

sem saber para onde vai,

 

segurança relativa, pai, que vai conseguindo ser pai,

futuro incerto,

no dia que se segue, não tão longe, ainda perto,

rotineiro,

emprego preso por um fio, salário curto, pouco dinheiro,

 

passa a vida num minuto, cresce o filho, regride o pai,

pendurado que vai,

passo hesitante, começo do que s´esvai,

esperança tão distante,

 

inocência que sorri, ao invés do pai que o arrasta,

cabisbaixo, tão tristonho, alegria que soa a desgraça,

amargura que s´adensa, enquanto caminha, enquanto pensa,

não sonha, mais s´afasta, tanto chora, vai, não vai embora,

sombria hora, negritude que o vai cobrindo,

 

a seu lado, inocência vai sorrindo,

tão custosa, tão presença,

quase caindo, vai seguindo,

 

início, labuta intensa,

obrigação constante,

um minuto, um instante,

olhar doce, recompensa,

 

a escolinha é diferente, outros amigos, outra gente,

mais modesta, reduzida, já não vamos de carro,

vamos andando, às vezes pára,

afago que sinto na cara,

sorriso contrafeito, olho com mágoa, respeito,

 

finjo que não sei, entendo, todos os dias, pela vida,

uma mão que m´agarra, de fugida, quase correndo,

sorriso que sinto no peito, cambaleante, tão inseguro,

treva escura, futuro,

 

já não tenho muitos brinquedos, faltam coisas que desejo,

só aponto, quando vejo,

não insisto, tenho medo,

reacção do pai, da mãe, ou se tem ou se não tem,

 

vou sorrindo,

caminhando por tantos sítios, fingindo, fingindo,

 

já não brincam, já não gargalham,

partilham conversas em voz baixinha,

passam muito tempo em casa, fazem contas, pensam,

ralham,

 

por vezes, balbucio, recolho ao silêncio que me protege,

calco pedras da avenida, numa vinda, numa ida,

pendurado dum braço, duma mão cerrada, ainda pequenino,

ainda rio,

sem sentido, hesitante, tão com tudo, tão sem nada, confuso, não pensante,

 

eram tempos distintos, fartura de coisas boas,

mais unidos, mais unidos, passeio por muitos lados,

castelos d´areia na praia, gelados a qualquer hora, parques, devaneios,

sem receios,

 

roupas lindas, restaurantes, birras de tanto querer,

beicinho para fazer ver, menino prendado, rico,

lembrança q´ainda tenho, muito antes, muito antes,

 

não era como agora, outra volta, cara tristonha,

refeição sempre na hora, roupinhas a preceito,

dando o toque, dando o jeito,

 

não tenho discurso composto, bem ou mal disposto,

sorriso pregado na fronha, inseguro na caminhada,

com pouco menos que nada,

 

vão-me dando o que lhes dão, comemos o que vamos tendo,

com, sem discussão, dependendo da caridade

nesta injusta sociedade,

 

como, tão bem, os entendo, sendo uma “amostra” de gente,

tão diferente, tão diferente,

 

inseguro, que vai sorrindo, pendurado do braço do pai,

uma promessa de futuro, tão incerto,

não tão perto,

não ridente, obscuro!!!... Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.sad}

14
Jun14

… imberbe!!!...

sherpas

... flutuam, ao sabor do vento,

consoante marés, correntes,

não param, na grande planura do pensamento,

por um segundo, por um momento,

 

acicatam este pobre mortal,acendem,

reacendem,

deitam chispas,

quando confrontam disparates, tão farto,

da conjuntura actual, quando t´irritas,

dotado de mau saber, discernimento, imberbe ainda,

obtuso, nenhuma prática de vida,

confuso, conseguida por herança,

desfasamento, altaneiro sem mérito,

quanto descrédito,

 

malha d´imerecimento, prova dada, erro grosseiro,

amparado por manta rica, plena de dinheiro,

compromisso, juramento,

ascensão em contramão,

raivoso, cotovelo com dor,

favor que paga favor,

omisso,

 

baralho de cartas que se desmorona, castelo, puro entretenimento,

novelo, mais enovelado, teia que s´adensa, congela,

rua suja, viela,

claras batidas, tão alvas, sombria caricatura,

contraste gritante, insensível, tão dura,

 

cúmulo que nos choca, eclode, nos faz recordar facto passado,

bem recuado,

 

terra vermelha batida, troncos nus,

chusma de seres tresloucados,

rindo, gritando, aplaudindo velho almirante num jipe,

mão erguida, sorriso aberto,

há quanto tempo, tão perto,

 

lembro, menino, moço,

soldado forçado no mais pobre  do ULTRAMAR, sem vocação,

camisa, calção,

 

misturado na multidão,

levado pelo ululante, muito antes, terra de “cá tem” patacão,

notas maiores encarnadas, dinheiro a que se não ligava,

pensão de família, escrita d´aerograma na repartição,

 

máquina d´escrever, sumo avanço da técnica d´então,

ruído de ventoinha que movimentava o vento,

quente, seco ou húmido, camisa coladinha ao tronco, suor em barda,

com farda,

 

mariscada na esplanada, franganito raquítico,

ostras frescas na travessa, cerveja fresca que s´ingere,

bebida forte com gelo, quanta se quer,

sargentos, furriéis, num bar, faltava o ar,

quanta conversa,

 

calmaria, junto a mangueiro descarnado, imagem que perdura,

pássaro enorme no ramo, abutre,

almeida de serviço por tanto lado, jagudi,

vox populi

mescla de sons,

línguas que s´aglutinam, influência de dialectos com português,

era uma vez,

 

crioulo que parecia música, quando falado por naturais,

mornas, coladeras, rádio portátil, revolução

dum povo, libertação,

emboscados na mata,

mortos, estropiados, terrorista,

agora figura de relevo nacional, não belicista,

 

insegurança total, bairro circundante,

época distinta, seca, das chuvas,

insectos variados por tantos  lados,

paludismo,

esperança sem futuro,

uma farda, um símbolo, um número,

 

navegam, livremente, na planura do pensamento,

flutuam ao sabor do vento,

consoante marés, correntes, outras gentes,

 

ocupação, terra estranha, batida, vermelha,

repartição,

pessoa velha, ombros com doirados, galões,

chefe permissível, compreensivo,

quão activo,

quando assinava ofícios, despachos, tão cativo,

 

m´ocorrem, sem aviso, flutuam, às vezes vezes,

associam locais, revezes,

 

penúria, desentendimento,

enfrentamento, étnia diferente,

pobre gente, de segunda, terceira categoria,

alegoria

que não esquece,

bate à porta, reaparece,

 

surge, ruge incómodo que transporto, ostras, frangos raquíticos,

outros mariscos,

pensão de sobrevivência,

guerreiro tão inocente, cerveja, whisky, gelo, com soda,

reviravolta,

 

podridão d´antigamente, ditadura,

guerra colonial, perpassa pela minha mente,

flui, num repente,

comparo, medito, paro,

reparo,

tão natural, sem prática de vida,

imberbe, AINDA!!!...  Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.sad}

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D