Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017

... pai das... PRENDAS!!!...

... repetem-se,

ano após ano,

cerimónias, gestos, desejos,

com, sem espavento,

algum engano,

 

... dão-se prendas,

reúne-se família,

mantém-se ilusão,

barba branca que desfila,

consumo exagerado,

magia,

... bate na porta,

vozeirão,

fila extensa, bem vermelha,

com barrete,

a condizer,

quanta fantasia,

 

... já não desliza na chaminé,

de mota,

correndo, a pé,

 

... sem meia,

apostasia que sinto,

pretexto,

negócio q´aumenta,

incendeia,

dentro do contexto,

 

... tempo do menino,

d´árvore colorida,

PAZ que se proclama,

ténue labareda,

pequena chama,

trégua permanente,

para tanta gente,

a quem não chega,

 

... aparência,

palavra bonita,

gesto,

querença,

ladainha solene,

lembrança da indecência,

 

... vida cruenta,

dura refrega,

algo s´entrega,

sorriso,

abraço caduco,

na perenidade que se prolonga,

 

... MUNDO surdo,

líder louco,

crente convencido,

vontade enorme,

partindo,

repartindo,

fingindo,

 

... esquecendo,

tão fugaz,

tão lento,

benvindo,

foi-se mais um,

rumo desconhecido,

 

... continua em casa,

na rua,

na avenida que se disfarça,

na barraquinha bonita da praça,

no rosto que s´ilumina,

passageira,

espécie de feira,

maior,

que se compõe, anima,

certa época,

personagem,

artista menor,

seja onde for,

 

... vestimenta encarnada,

carregada,

vozeirão,

prenda, saco, ilusão,

santificada,

comercializada,

enganada,

magia,

magia...

 

... enfeites,

laços,

tantos traços,

vistosos,

cor maravilha,

luminosos,

a condizer, música,

sons seguidos,

d´acordo,

com intermitências,

soberbas valências,

são coros,

são hinos,

 

... desejo,

vontade enorme,

abastança momentânea,

mata-se a fome,

o indigente come,

partilha-se o que se tem,

sentimo-nos bem,

 

... agradável chama

que clama,

proclama tempo novo,

a todo um POVO,

majestoso na sua gala,

verbo que assinala,

não cala,

avassala,

invade qualquer lado

d´encarnado,

 

... festa,

descanso,

união,

doce remanso,

chamamento que se repete,

diverte,

quando se come,

quando se bebe,

 

... sem fome,

oferenda pr´á pequenada,

para quem não cresce,

adormece,

também recebe,

 

... para o maior,

patriarca,

matriarca,

idoso que se consola,

afago,

lembrança,

alguma esperança,

 

... se dissolve

lentamente,

não resolve,

adia,

sem magia,

real, cru,

pois se continua desvalido,

quase nu,

 

... sofrido,

mais crescido,

sorrindo,

não incutindo sonho,

compondo,

sorrindo,

sorrindo...

 

... meu adorado São Nicolau,

Santa CLAUS,

Pai das prendas,

tão disfarçado t´encontras,

nas ruas, nas escolas,

nas montras,

 

... desfilando em grandes grupos,

motorizados ou a pé,

quantos vivas,

poucos apupos,

engalanado a preceito,

na televisão

com proveito,

em rodapé,

 

... publicitando tudo,

como é,

máquina tremenda do consumo,

dando mostras,

seguindo rumo,

 

... respeitado,

com contenção,

perante barba branca d´espanto,

barrete com borlinha no cimo,

semeando ilusão,

fatiota de vermelho carregado,

alguns laivos brancos,

 

... fazendo gala de valente vozeirão,

simpático,

prático,

necessário na festa que s´avoluma,

encima,

projecta,

não s´arruma,

resulta,

não afecta,

 

... faz parte,

foi aceite,

globalizado,

bem vestido,

garrido,

conveniente para miúdos,

para graúdos,

 

... encaro com certo sorriso,

desmistificando,

outro tempo,

meia do pé,

pendurada na chaminé,

 

... nascimento,

menos seguro,

não comercial,

mais santo,

mais espiritual,

 

... com oferendas mais corriqueiras,

sem magia,

como se fazia,

um certo menino,

que se repetia,

como menino,

menos empatia!!!... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 14:25
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2017

... dos... sete instrumentos!!!...

... conseguir,

consegue,

produzir vários ruídos ao mesmo tempo,

utilizando membros,

fazendo sons pela boca,

dando saltos, utilizando instrumental

diverso,

variado,

em tanto lado,

...já vimos,

conhecemos bem,

dando origem a uma chinfrineira,

cacofonia,

que s´olha,

não s´entende,

fica mal, fica bem,

curiosidade,

afinal,

 

... desempenhar várias funções,

em simultâneo,

por conhecimentos vagos que tenho,

só me lembro,

relacionadas com a divina musica clássica,

feito único,

dum génio

aloucado mas,

completo,

 

...o imortal MOZART

que trabalhava em três composições

ao mesmo tempo,

com resultados incomparáveis,

enorme eficácia,

 

... dizem os entendidos que,

qualquer mortal,

no reino dos humanóides,

não consegue concretizar,

com êxito,

vários trabalhos,

funções,

actividades, tarefas ao par,

ao molho, sendo tudo,

não sendo nada,

coisa frustrada,

mal amanhada,

 

... tenho sempre presente

o artista dos sete instrumentos,

habilidadezinha de feira,

no largo da praça,

na cidade do interior,

esparragado esquisito,

resultado funesto,

quase incesto,

 

... não chega a ser acontecimento,

desmesuradamente anormal,

coisa qualquer,

como se não quer,

admito,

 

... porque tudo se permite,

liberdade de fazer

o que bem s´entender,

não condeno,

não julgo,

abstenho,

 

... sem pretensão

d´averiguar,

em profundidade,

esta habilidade,

multifunção,

em campos,

artes díspares,

 

... trabalho de qualquer personalidade,

especulação,

grande Leonardo do Renascimento,

quando não,

pura ilusão,

 

... sonho, esboço,

imaginação,

 

... outro,

entre alguns portentos,

provas dadas,

documentos,

 

... gosto de me considerar

um tipo vulgar,

nesta anormalidade imensa,

quando s´intenta,

se pensa,

 

... deslumbramento total,

barriga enorme,

olhar da ganância desmedida

que s´entorna em determinado,

mais vígaro,

mais avisado,

 

... capacidade do engano,

verborreia convincente,

brotando do anonimato,

esbelto,

felino,

remato,

 

... esperto que nem um rato,

flor enganadora que cativa,

cor miriafica, quase missão,

promessa,

quando a ouvimos,

vamos nessa,

obrigação

politica,

em busca de posição,

 

... não admito,

não considero nobre,

não é digno,

dança de cadeiras,

na contradança,

fora dela,

na empresa, na banca de topo,

perante o desgraçado,

perante o pobre,

 

... o que,

quanto a trabalho,

só tem um,

quando o tem,

quando tem nenhum,

desempregado, triste,

amesquinhado,

usado pela classe politica,

que legisla, determina,

brinca,

como gente rica,

não sendo,

lamento,

 

... são os verdadeiros

artistas dos sete instrumentos,

com valias ou não,

desconsiderando tudo e todos,

verdadeiros loucos,

 

... irracionais deslumbrados,

de cá para lá,

que bem s´está,

quando alçados ao PODER,

próximos dele,

orientando

ou desorientando,

 

.... esquecendo,

vivendo,

vivendo...

no público,

no privado,

bem instalado,

 

... com excepções,

os que nos dão sonhos,

ilusões,

 

... feitos indescritíveis,

equilibrando o barco,

fazendo actos incríveis,

neste recanto,

que bem precisa,

nossa alegria,

grande ENCANTO!!!... Sherpas!!!...

publicado por sherpas às 12:07
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

... a gorjeta!!!...

... forte celeuma,

discussão,

um, porque sim,

outro, porque não,

animada situação,

numa esplanada,

perto de mim,

 

... estando atento,

respeitando,

tendo posição mui concreta,

gosto de incentivar quem me serve,

dando uns trocos,

gorjeta lhe chamam,

prestado o serviço,

nem mais pobre,

nem mais rico,

 

... satisfeito com o que faço,

sorriso,

mereço futura atenção,

satisfação,

seguidor do que se propunha dar,

contra negação,

 

porque,

têm o seu vencimento,

afirmava,

convicto,

o que queria ficar mais rico,

retendo o troco,

 

de mão em mão,

porque sim,

porque não...

 

... estavam nisto,

repisando opinão,

isso era dantes,

agora... não,

extravagante,

contra forreta,

por algumas moedas

que, juntas,

arredondavam,

pagamento irrisório

do diligente empregado,

tão longe,

tão afastado,

 

... sendo tema,

pessoa interessada,

não dando por nada,

situação criada,

 

... mesas vizinhas,

algum burburinho,

neste PAÍS tão pequenino,

outros diziam,

anuindo,

outros discordavam,

negando,

coisinha pouca,

caso estranho,

 

... dar gorjeta, logo após,

doando uns trocos,

moeditas escassas

que, juntas,

ajudavam uns poucos,

criavam sorrisos,

precisos,

concisos,

 

... somos,

como somos,

dando ou tirando,

reconhecendo,

puro agradecimento,

atenção na hora,

fazendo por quem menos tem,

solidário com alguém...

 

... originando intermediação,

esmola simples

ou colectiva,

que se incentiva,

voluntariado,

instituição que se enormiza,

ajuntamento de coisas,

de casos,

dinheirama que clama,

organização,

corpos directivos,

coisas e casos,

institutos, instituições,

fundações,

milhares e milhões,

apelações,

cobiça, ganância,

notícia,

 

... fui ouvindo,

opinando

porque não me contive,

partidário da gorjeta

que, quanto a mim,

não é maleita,

antes,

agradecimento que se faz,

depois de serviço eficaz,

 

... nem mais pobre,

nem mais rico,

com esta me fico,

 

... num cantinho desequilibrado,

queda bem,

arredonda vencimento

a todo trabalhador liberal,

quando cai no seu quintal,

justo pagamento,

efeito

que aumenta,

faz jeito,

 

... triste realidade esta,

contrária de qualquer festa,

tristonho, pensativo,

aflito,

quando berra,

quando dá grito,

 

... olhando para mão vazia,

carência de sua família,

contínua disputa,

quase guerra,

a que muitos chamam luta,

patrão

que não é patrão,

pagando como se fosse gorjeta,

juntando milhão,

mais milhão,

absurdo, desequilíbrio,

aflição,

 

... na esplanada,

conversa à toa, displicente,

d´ocasião,

troco que sobra,

maneira de ver,

de pensar,

vozear,

por vozear,

 

... dar ou não dar,

favorável ou contrário,

uma gorjeta,

pois então,

não sejas forreta,

 

... ajuda os que menos têm,

directa,

na hora própria,

sem qualquer intermediação,

instituto, instituição,

qualquer tipo de fundação,

façamos do ESTADO,

um estado solidário,

vencimento adequado,

para qualquer empregado,

acabando com esmola,

acabando com gorjeta,

para os sem cheta,

mais pobres,

 

... que o vencimento,

quanto sofres,

não seja uma simples gorjeta,

quando não,

que não passa de mero forreta,

para colmatar,

emenda útil,

temos quase OBRIGAÇÃO,

perante tanto e tanto inútil,

líder ou patrão,

inconsciente mas...

CRISTÃO!!!... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 13:00
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Dezembro de 2017

... cântico negro!!!...

... o que, de belo, ficou

depois de tanta crueldade,

reza a memória que se arrasta,

tão sofrida,

quão cantada,

... inumanos,

desprezados,

objectos que se vendiam,

escravo, agrura,

medo,

seu refúgio, pensamento,

numa voz triste,

entoada,

coro, reza, oração,

único refúgio,

salvação,

 

... vergastada, pelo meio,

inclemência,

campo de sangue,

pontilhado por branco,

tão alvo,

carrego de amargura plena,

campo extenso de algodão,

sua liberdade,

prisão,

bem depois de esmagado,

trabalho duro,

canseira,

 

... capataz,

com chicote no punho,

triste vida,

senhor da morte,

dono de tanto esforço,

mansão de patrão elevado,

barracão imenso,

frio,

era essa a sua sorte,

arrecadação,

todos estendidos no chão,

 

... cheiro fétido,

tantos corpos,

maltratados,

correntes, guardas e cães,

cruentos,

mui vigilantes,

extracto reduzido,

anulação,

tanto irmão sem condição,

 

... futuro incerto,

pobre objecto,

cabeça que pensa,

que pensa,

corpo informe,

membros exangues,

traços vincados nas costas,

mapa sangrento,

caminho sombrio,

intento,

 

... despejado em pleno deserto,

vozearia altaneira,

ríspida sentença,

castigo,

correntes nos pés,

nas mãos,

 

... coibido pelo calor,

tremura intensa,

pelo frio,

sem pertences,

sem destino,

cabeça que pensa,

que pensa,

voz balbuciada,

desafio,

 

... origem longínqua,

grossa neblina se adensa,

tudo tapa,

tudo encobre,

aldeia perdida na floresta,

família completa,

sonho...

impressão,

tão pobre,

no que resta,

reduzido à escravidão,

 

... grito abafado,

ocasião,

arrastado,

encerrado,

como mercadoria,

agrilhoado num porão,

escuridão,

fome desmedida,

balanços indescritíveis,

rumores,

 

... uivos, ventos,

excrementos,

frestas, cordame,

castigo,

imagem que se esvanece,

quando a cabeça pensa,

pensa,

temores que não merece,

vida,

sem vida,

objecto... feitoria...

 

... trabalho duro, na cana,

no café,

a perder de vista,

ultrajes a que são sujeitos,

memória se vai perdendo,

indolentes,

pelo cansaço,

descanso em dura cama...

 

tão desfeito,

tempo de escravidão,

sofrimento,

murmúrio,

vira lamento,

entoado como canção,

num coro que se arrisca...

 

de repetição

em repetição,

única forma, expressão,

na faina, na oração,

na violência infligida,

assédio, violação,

corpo sem vida,

avassalado,

espalhado por tanto lado,

vil condição

a de escravo... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 06:49
link do post | comentar | favorito

.Sherpas

.pesquisar

 

.Março 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. ... pedrada no... charco!...

. ... critérios!!!...

. ... pai das... PRENDAS!!!...

. ... dos... sete instrumen...

. ... a gorjeta!!!...

. ... cântico negro!!!...

. ... notas soltas!!!...

. ... estadia!!!...

. ... a velhice é... uma ch...

. ... os mal amados!!!...

.arquivos

. Março 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.favorito

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds