Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

02
Ago06

... políticos e... guerras!!!...

sherpas

 … reviravolta, pirueta sem consequências,

entretenimento, simples passar de tempo,

arrazoados constantes, caras que se alteram, transfiguram,

atitudes orgulhosas, inocências, graves culpas, ambivalências,

opostos que se não afrontam, pactuam,

objectivos idênticos, para onde sopra o vento,

unidos, em consonância, absurdos,

discursos grandiloquentes, inflamados,

quando em presença, convincentes,

murros na mesa, disparates que se aventam, nos hemiciclos pejados de gentes,

se conjugam, direccionados,

nos entoam nos ouvidos,

nos fazem anuir, concordar, discordar,

liberalismos provocatórios… avançados!!!...

 

 

 

… sem fronteiras, no pensamento, misticismos que nos confundem,

não elevam, reduzem, escritos e rebuscados,

por aqui, em tantos lados.

concertações… outras intenções,

porque não, três ou mais dimensões,

físicas quânticas inebriantes,

alguns filósofos mais modernos,

espíritos abertos, corpos às ordens, matérias que, de cultas,

se tornam etéreas,

muita terra deitada sobre tudo, sobre nada,

encontros, propósitos… conversadas!!!...

 

 

… escritores que dão brado, bem actuais no seu bocado,

que passam de boca em boca,

metafísicos, cirandam por todo o lado,

fazem a cabeça louca,

de massas anónimas, sôfregas, ignaras nas leituras que não lêem,

com ideias que vão enchendo,

os que, convencidos, se crêem

construindo castelos no ar,

nuvens que se esboroam, alvas, intensas, enormes,

por aqui, em qualquer lugar,

descurando a realidade que nos ensombra,

nos faz casquilhar sobre plataformas falseadas,

secas, mortas… disfarçadas,

esquecer futuros, admitir fomes,

passar por cima de vítimas provocadas,

indiferentes perante a fera que ruge,

que destrói, que mata, devassa, que se instala, não passa,

numa doce conversada… coisita de nada!!!...

 

… em termos de dimensionamento, que não seja só em comprimento,

numa única direcção,

para ambos os lados, para trás, para cima ou, para o chão,

numa espécie de implosão,

quando, até já se faz,

numa guerra que se diga,

que se faça com denodo, armas próprias, sem fadiga,

quando cruel, com logro,

logo após a explosão,

fragmentos amargos que deflagram, que penetram, encaixados no corpo,

que incendeiam, que chispam em combustão,

única saída, solução, amputação,

provocando dimensionamento, em qualquer posicionamento,

dum corpo que deixa de ser corpo,

esfacelado… quase morto!!!...

 

… há quem ignore, quem disfarce, quem busque justificação,

por razões ideológicas, sem lógicas,

mentes que se arrastam, hipócritas, direitas ou tortas, patriotas sem causa,

nacos que, perante quadros negros, obsoletos,

na era da inteligência,

pretenda ser excrescência,

esquecendo razias, concentrações, guettos, inversos,

noutros tempos,

quando recebiam pancada, mortos, esfomeados,

tão débeis, tão fracos, vítimas, holocaustos,

assassinados, queimados,

fornos crematórios, outros purgatórios,

iguais aos que agora incendeiam,

cometendo razia,

destruindo a contento, intento,

paz que assenta na guerra, país que se enterra,

isola, imola,

perante Mundo aterrorizado, miscelânea de sentimentos,

sofrimentos,

indiferente, escandalizado,

correntes que se enfrentam, aplaudem… enterram!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub