Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

23
Jan08

... acasos!!!...

sherpas

contrariedades na vida que se levam de vencida, tempo gasto por arrasto,

trabalhos duros, canseiras, dores, doenças, mortes

de quaisquer, suas sortes,

saltos que damos, fronteiras... obstáculos que são barreiras,

DSC01963

ânimos que vão cedendo nos anos que se vão somando,

velhice que não entendo, quando reparo, vou andando,

feliz com o que vou tendo... quase nunca me enganando,

 

não sou pródigo nas farturas, parco no gesto, na atitude, encaro males, agruras,

como pequena parte que sou...

onde me encontro, onde estou,

 

mantenho rara virtude nesta passagem tão curta, sorrio, com beatitude,

perante pormenores tão simples, flor que desponta num canto,

carro original, pintado, gesto tresloucado de encanto,

menina bonita que flutua... quando passeia na rua,

 

casa velha de muitos anos, rua estreita, solarenga,

vasos floridos à janela... político que fala, arenga,

medalha que se coloca no peito,

parangonas a preceito,

 

carros blindados, protegidos, ajuntamento dos escolhidos,

reuniões em monumentos arranjados, sem defeito, palavras, mimos, trocadilhos,

pai que acaricia seus filhos...

 

campos que se abrem a meus olhos, terras do fim do Mundo... Lua numa noite escura,

alguns agravos, entolhos, gato estendido na rua,

buraco escuro, bem fundo,

 

mal que se tem, não cura, aceitação da debilidade,

perda vertiginosa, idade,

falhas que sempre tememos... quando nos olhamos, nos vemos,

 

repentes tão breves, fugazes, ladrar dum cão que entoa, briga de mulheres furibundas,

agitado grupo de rapazes, carro alucinante, veloz, passagem que atemoriza passante,

águas que jorram dos céus... poças na rua, imundas,

 

sarjeta que não engole alimento, depaupero, incumprimento,

entorno incomodativo, aberrante...

preâmbulo que apequena, instante,

 

bebé que clama por leite, mãe atarefada que não cumpre, batatas fritas em azeite,

cozinha que repica seus sons,  tachos, panelas, pratos, talheres,

pressa de tantas mulheres...

 

recanto, refúgio, contenda, luta pela sobrevivência,

lá no alto a excelência...

tão rebolada, contente, tanto escravo, tanto servente,

 

notícia que soa na rádio, televisão que faz estrondo, emoção,

jornal que relata acontecido, chama que tremelica em pavio,

vela que se gasta, exaustão...

 

tendo a vida por um fio, todos mortos, no avião, escândalo que ecoa nas bocas,

falatório de coisas poucas...

dinheiros que alguém roubou, quando dirigiu, abusou,

 

guerras que acalmaram um pouco, armas que se aprestam, comentam,

na boca de general louco...

amedrontando os que intentam,

 

pássaro que esvoaça, passa, ultrapassa nesga da rua, telhado que se compõe,

dúzias que se encontram por lá...

melodia ao desafio, pia de lá, pia de cá, tristeza do que dispõe,

 

quando tenta, quando inventa, vidas dos que muito arriscam

quase sempre não petiscam...

contidos no que se intenta, pardalitos de pena curta

ao sabor de “filhos da puta,”

 

por portas travessas, alçados, reservando seus recados

a parceiros do mesmo lado,

sem temor, sem cuidado...

 

acasos que me ultrapassam, distraído com pormenores,

eles gozam, eles passam,

vão ficando bem menores...

 

consideração que se esvanece, respeito que se não tem,

tudo se perde, se esquece,

mesmo quem se julga alguém!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub