Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

18
Jul08

... escape!!!... <> 2 <>

sherpas

… cela de clausura, paredes nuas, cama dura,

criatura pouca, sandálias rasas, quase chão,

deslumbramento interior, saindo da escuridão,

calcorreando corredor largo, lajeado, portas cerradas doutras celas,

vida tão pura,

contemplação,

abstinência, sem relação,

castidade que se procura,

seu mister, como recolhido a tempo inteiro,

ocupação, fazendo procriar outros,

ajudando germinação, tarefa a que se entrega

quando liberto, já desperto,

ave solitária entregue ao vento,

comungando pensamento,

apartado do bulício, quase sem viço,

encanecido, frade velho que foi noviço,

 

10102009(033).jpg

silêncio sepulcral, pedras do convento,

hábito antigo, rotina que  se impôs,

sorrateiro,

sorriso quase matreiro,

abertura, breve momento,

fuga de encantamento, claustro, hortejo, jardim,

poço desbordando água límpida, refrescante,

regador que agarra num instante,

 

 vai regando plantas no seu refúgio,

sem destrinça pela mais linda, como fim,

esmerando cuidados com todas, feias, relvas viçosas, agrestes,

canteiros que são encanto, roseiras de sua afeição,

como entrega, dádiva sem sacrifício,

desafio,

 

perante begónias de várias cores, arbustos vigorosos,

local sombreado, perfeição,

arabescos feitinhos no chão, vegetalinos que trepam, encobrem,

enfeitam,

esmeram gosto, paixão,

espalhando gotinhas como pérolas saltitantes,

bênção,

regando com perfeição,

agradáveis instantes,

dando vida a qualquer,

cravos, malmequeres, jasmins, violetas de encanto,

verde pujante que suga alimento do chão,

sede mitigada na hora aprazada,

logo pela madrugada,

 

sorriso do bem fazer, obrigação, zelo que faz crescer,

molhinho de buganvílias, quando ridentes,

assombro

nas épocas condizentes,

recompensa de todo um esforço,

um que outro empecilho, parasita que incomoda,

espalhando amor, tanta água que lhe sobra,

indiferente na aferição, sem qualquer teima sobranceira,

esperando todo um porvir,

mal comparando, aceitando tal como são,

um que outro corte pequeno,

no mais débil, quase enfermo,

dó d´alma no proceder, não atalhando caminho

naquele ser que evola, que surge, cresce a esmo,

cadinho da natureza, recanto, quase oração,

dando de beber à sede na melhor ocasião,

 

soam matinas, chamamento colectivo,

oração,

que pena sente, egoísmo repentino,

gula de bom bocado que aprecia,

logo se penitencia,

deixa quinhão de vida mais belo, sol que desponta,

terra cuidada, seres diversos, vegetação,

água que frui, esparsa, refrescante,

não jardineiro, de clausura penetrante,

rosto inexpressivo,

sem voz, voto de silêncio, abstinência,

dedicação a algo mais grande,

em comunhão,

sombra que é, que são,

 

chapinhar de sandálias pelo chão,

lajedos que encaminham para a capela,

meditação, cânticos, introspecção,

união com todos,

sendo tantos, tão poucos,

único escape, afeição,

recanto que trata com cuidado, quando rega

com carinho,

antes da entrega que se impôs,

pensa baixinho,

dádiva, hábito antigo, rotina,

entre silêncios enormes, encontros sem fala, entoações conjuntas,

cânticos, orações, jejuns, missa vespertina,

tábua dura da cama, cela pequena com que comungas

sofrimentos, partilhas, entregas, vontades doutros,

 

convento,

filhos do vento,

sombras

que se abatem com o tempo,

em recolhimento!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D