Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

21
Set08

... grupo!!!...

sherpas

… grupo extenso de adolescentes,  espalhado por ali, barulhento,

risadas sem cuidado, alguns sentados, outros de pé,

naquele recanto do café,

junto da escola, hora de descanso, fuga, reunião que se tornou hábito,

como tão bem os entendo,

thumb_IMG_1086_1024

quando mais novo, livros debaixo do braço, vendo quem estava, quem passava,

fazendo render o peixe...

num desfazer de tempo que tinha de sobra, noutro mundo, noutro espaço,

quando me postava  por momentos,

ainda lembro,

 

imagem que se  dilui com a idade que s´acumula,

distante embaraço...

quando relembro, a custo,

 

caras que foram minhas, corpos passados, ausências,

recreios, anseios,  aventuras inesperadas, encontros desajustados,

mais afastados...

 

não tão próximo do que me seduzia, os seduz agora, nestas constantes permanências,

amigos íntimos, conversas desconexas, encantamentos,

gargalhadas desvairadas, graçolas que se repetiam todos os dias,

efusão, entre dias e dias,

passatempos...

 

livros esquecidos sobre mesas, ao acaso,  pretexto com textos, lição,

estudo como intenção...

contratempo no melhor da vida de qualquer adolescente,

tão curta gente,

 

década e meia d´anitos, galarós, mafarricos, garças esbeltas,

olhos de gazelas...

corpos distendidos, relaxe de pessoa jovem, encorpados, meninos bem criados,

não bebem, não comem, deglutem-se com avidez,

sem malícia, sordidez,

 

obrigações que esquecem, sem dores de cabeça, entretenimento na hora, fora da escola,

face a meninas embonecadas, dengosas, nas suas fardamentas decompostas,

mais, menos modernas,

que bem me parecem,  com peitos sobressaindo, com calças moldáveis,

tão densas, tão amáveis...

 

prometedoras de Paraísos perdidos,  arrebatamento,

vozes claras, maviosas, espaço prenhe de promessas claras,

partilha, enovelamento...

 

agregado num molho que se formou,

cachinho d´uvas maduras, sumarentas na vindima que se instalou,

vinho novo, lábios sedentos...

ainda rebentos,

 

desajustado,  sem cobiça, embevecido com quadro que se me depara,

lembrando tempos idos,

guardados no íntimo, perdidos nos confusos anos gastos, esparsos instantes já vividos,

 

outros encantos, outros cafés, outros comparsas, repetição do que é vida de quem estuda,

que não colapsa, não pára,  de quem partilha amizade, comparte tempo excessivo,

mortos os dias que passam

na risada que se produz, na graça que passa, no dito oportuno, no sem cuidado que se tem,

filhos da vida, filhos de ninguém...

 

braços com livros, mãos que gesticulam... conversas à toa,

numa boa,

 

mais envergonhados, outrora, no preconceito que se tinha, pensamento que se adivinha,

desejo oculto em coisa de vulto, separação entre o que é natural,

tal e qual...

 

amigos dados, conjugando gostos, dando vazão à imaginação, entrega total,

muito mais normal, agora, aqui, naquele lugar...

 

estendidos, sem jeito, fazendo tempo, matando tempo, cara na cara,

alguém repara...

 

trejeito de quem entra,

s´adentra...

aceita tal perfeição, num intervalo sem obstrução, sem contenção na vida livre que se tem,

não sendo jovem, adolescente dum passado distante,

menos extravagante na complexidade d´então… sendo alguém!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub