Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

02
Jun10

... saudosismos!!!...

sherpas

... não, não vou rever história moderna, de há sessenta anitos, pouco mais,

folhear, refolhear compêndios apropriados, enciclopédias que tudo trazem,

buscar, rebuscar na internet, buscadores do GOOGLE e quejandos,

recordar gestos e gulas passados, matanças irracionais,

os que se alçaram em países, subjugaram vítimas que jazem,

vasculhar pensamentos de alimárias, recônditos, sujos meandros,

prepotências que me envergonham, separações sem sentido,

universalidade propositada, destroços, sangues, corpos despedaçados,

ruindade que tento esquecer, ainda nado há pouco tempo,

bebé ao colo da mãe, País neutro de Ditador,

espécie de servo, mordomo, antecâmara de tanta trama,

conflito que deu berro, com sanha, alguns anos recuados,

nível de MUNDO que fremia de terror, assombro, medo, dor,

 

hecatombe que avassalou, calcamento do mais fraco, demente,

apocalipse infernal, cavaleiros do mal, cumulação de máquinas bélicas,

soldadesca sem alma, sem glória, massacre propositado,

enfrentamento d´eixos contra alianças, países com caminhos contrários,

feitos desfeitos, medalhados por horrores cometidos, gente,

extirpe diferente, raça que se julgava, adversários,

anos que se sobrepunham, gritarias e hinos, botas lustrosas,

desfile do medo sobre o medo que resistia, unia,

notícias tétricas, pessoas famélicas,

concentrações, arames farpados, vagões de comboios, rezes,

máquinas que se refinavam, diabólicas, nada angélicas,

teatros de guerra por todo o GLOBO, sobre terra, sobre mar,

relatos que não revejo, não aplaudo, contesto irracionalidade,

quanta versão, quanta verdade,

desmistificação,

heroicidade de quem, para se defender, matou,

de quem matou quem calhou,

ordens dos mais elevados, líderes com sonhos tenebrosos,

apetites colossais, páginas NEGRAS da HUMANIDADE,

GUERRA sobre GUERRA, mundiais ou locais,

continuidade,

não foram seres, foram feras, algozes,

ferozes, pecaminosos,

renegaram sua condição,

com anuência, simulação, indiferente aceitação,

encolhidos num canto, recebendo e despachando, sala de estar, refúgio,

bocado apetitoso para mais tarde recolher,

antes de morrer,

 

não, não vou rever calhamaço de estante que tenho, enciclopédia,

buscar ou rebuscar na internet usando o GOOGLE, outro qualquer,

vou fazer por me esquecer,

do drama, tragédia, comédia,

actos repetitivos, sanguinolentos,

momentos,

cometidos por trastes contrários, soldadesca no meio,

como sempre,

inocentes em vilas, vilarejos, cidades arrasadas,

homens, mulheres, crianças colhidas na voragem,

vidas cerceadas,

apagadas,

tempos cruéis,

através de campos, sobre serranias, nos ares, nos mares, fora dos quartéis,

usando o que não deveria existir,

armamento variado, retumbantes utilizações, vibrações negativas,

morticínios, destruições, prepotência, segracionismo, racismo, xenofobia, INTOLERÂNCIA,

GANÂNCIA... ÓDIOS, MORTES, MASSACRES, espezinhamento, INUMANIDADE reinante...

 

mas, tudo isto porquê?

Por uma resposta que não dei,

pergunta que fiz,

quando me sentei,

cansado q´estava, coincidindo com pessoa mais idosa do que eu,

ali ao lado, país estranho, conhecido d´outros tempos,

noutras cidades, viagens que faço,

quando posso, me proponho,

realizo com gosto,

contacto, pergunto, meto conversa com quem não conheço,

respeito,

este o meu jeito,

 

falou-me de menino e moço, muito antes da guerra,

do Mussolini, “bom” governante, dizia

quando atirava que nada faltava,

sociedade equilibrada,

que pedia

a mulheres italianas para fazerem muitos filhos,

o ESTADO se encarregava de tudo,

era um dos quinze filhos que sua mãe teve naqueles tempos recuados,

todos bem criados,

louvores tantos que me contive,

 

interiormente, quanto não fazia para refazer períodos tristes da História,

apagava facínoras, tropelias próprias de escórias,

mortes desnecessárias, imposições sobre multidões,

aversões tão grandes, depravações,

sofrimentos de pânico, medos intensos,

esgarramento de carnes, dores profundas,

nódoas imundas,

 

ideias que tenho, tão diferentes do ditador,

fomentador do fascismo,

parceiro da besta alemã, co-autor de tanto morticínio,

ouvi o que dizia, mantive meu parecer,

não contestei, por respeito,

este o meu jeito!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D