Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

17
Fev05

...a campanha... está no fim!!!...

sherpas



…e tentado fazer caso dos reparos que me fazem, por parte de certos confrades destas lides, dos fóruns, estando actual, indo ao dia, sobre a campanha, a que se arrasta a duras penas, com logros e enganos… tamanhos, com poucos debates, com entrevistas dos líderes, com comícios, com encontros em barracas ou em barracões, com descanso, pelo Carnaval, com tiradas repetidas… sempre as mesmas, tal e qual disco rachado, uns, porque sim, outros, porque não… alguns, assim-assim, com debate mais alargado, a cinco… depois reduzido pela afonia do Jerónimo, logo no dia do funeral da beata Lúcia, pela noitinha, motivo pertinente, aproveitamento político, segundo alguns elevados dignitários da igreja católica, aos olhos de todos os… não tolos, ideia que partilho, que perfilho inteiramente, a pedido, sem colar cartazes, como alguns me rotulam, pensando, enquanto escrevo, cá vou… mostrando o que sinto!!!...

…tem sido tal e qual como tento relatar, com arruadas, mais ou menos encenadas, espontâneas e vivas, encerradas e recatadas… no meio de muitos autoelogios, dos que vão ser julgados, é evidente, de muita promessa, de muito gráfico, de muito parecer, de muita acusação, de bastantes percentagens, de muita vitimização, ilusão, pretensão, como se fossemos tansos, como dantes!!!... Ainda hoje me surpreendi, com a não surpresa dum ministro, face ao número de desempregados, especialmente daqueles que, tão pouco recebem… subsídio de desemprego!!!... Continuam afirmando, tentando fazer cabeças, de que agora….mais uma vez, é que vai subir, no último semestre do ano corrente, já se vai sentindo, o que ninguém sente, afinal!!!...

…ainda há dias, ontem ou… pouco mais ou menos, o ministro apeado, com cara de desfaçatez, lá ia dizendo que, agora, já se ia verificando, o que ninguém vê!!!... Isto está uma miséria, uma profunda consternação, ao nível dos que tentam iludir, dos que tentam cativar, generalizada, estagnada… recessão profunda que, nem a campanha, muito esquisita e confusa, tenta ocultar, não consegue, sequer!!!... Está à vista de todos, exceptuando os dos grandes negócios, das casas espampanantes, dos carrões de pasmar, os muitíssimo ricos… os que fogem ao Fisco, os que se sentem forrados, muito bem instalados!!!...

…os números de circo já não pegam, as acusações ao do passado… já julgado, não colam, estão gastas, os governos frenéticos, em tempo de gestão, foram chão que deu uvas… já não são, os contratos com o POVO PORTUGUÊS, assinados de fresco, perante a NAÇÃO, simples prestidigitação, manipulação de consciências, de inteligências, convencimentos extremos, são… exageros, palermices, tontices, só arrastam os clubistas, os mais arreigados, os tifosos!!!... As idas e vindas, rápidas… de avião e tudo, com sentido de Estado, desde que foi Ministro, subiu-lhe ao miolo… num País de tesos, de desempregados, completamente descontrolado, uma tragédia, no dizer do Sócrates, é um desaforo, um atentado aos mais pobres, aos esfomeados!!!... As inaugurações, em tempo de eleições, o posicionamento dos Ministros, em certos casos, dos líderes… noutros, nos mais convenientes, a prostração religiosa em missas mui privadas, entre tantas outras palhaçadas, aproveitamentos salazarentos, ajardinados, mais que ultrapassados, fazem-me sorrir, deixam-me espantado, aparvalhado!!!...

…com paragens, com peripécias mil, com fugas, com retrocessos… isto, não tem sido uma campanha séria, credível… para não falar das baixarias, das insinuações, das canções pimbas e vazias, do guerreiro que só guerreia, quando quer, do terceiro partido de Governo, provável (???...) primeiro-ministro, deixa-me rir, dos competentes incompetentes, dos responsáveis, irresponsáveis, da má moeda, a que está a mais!!!... Figuras gradas, viram costas… desinteressam-se, não estão pelos ajustes, outras… mudam de clube, apoiam a oposição, há quem peça maioria absoluta, há quem peça uma vitória, há quem se convença, à direita ou à esquerda, que faz falta a Portugal, que é um dever, uma obrigação, que se fartou de trabalhar, que fez obra de relevante importância, há quem deite abaixo as políticas erradas e erráticas das direitas que, nestes três anitos, nos colocaram, como estamos!!!... O disco parece rachado, quanto a respostas… sempre as mesmas, de todos em geral, com mais ou com menos acutilância, com mais ou com menos promessa, com mais ou com menos pantomina, com mais ou com menos acusação, com mais ou com menos… sentido de Estado, tem sido um espectáculo pouco dignificante, com muita manipulação, com muita manha, com muita ronha, bastante peçonha, dos que não assumem os erros cometidos, dos que insistem, quando culpam o que já foi julgado, o do passado!!!...

… a campanha está quase no fim, o dia do julgamento… está por um fio, está aí, ao virar da esquina, é já no domingo!!!... Tinha-me proposto não dizer mais nada, esperar expectante… o resultado das legislativas, calado, limitando-me a colar uns cartazes, com comentários reduzidos, escassos, fazendo tempo, empatando mas, como não gosto que me calquem os pés, que me acicatem… depois das cartas de convencimento, enviadas por todo o País, dos choradinhos, das atitudes esquisitas que certas forças (…fracalhotas, coitadas!!!...) continuam tomando, insinuando, esquecendo, avolumando o que não fizeram, com tretas e muito palavreado, não me consegui quedar parado, pensei e… escrevi, o que sinto, o que continuo sentindo!!!...

.. há que dar a volta a isto… necessitamos duma mudança, como de pão para a boca, claro!!!... Depois da campanha chocha, esquisita, diferente… ausente, fiquei com as dúvidas que tinha, quanto a contas, quanto a negócios, quanto a trapalhadas!!!... Mantenho a intenção que possuía, quanto ao voto, com alguma esperança, deitando para trás das costas… a má moeda!!!... Temos gentes diferentes e… responsáveis, mais louváveis, mais dignas, mais éticas!!!... Aproveitemo-las, antes que seja tarde!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D