Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

04
Dez15

... erva ruim!!!...

sherpas

... nada se cria, tudo se transforma, nada se perde,

não por esta ordem, escrevi, como me veio,

comparando com procedimentos egoísticos

que teimam, não convencem,

dão pena,

duras palavras, local impróprio,

ruim verve,

 

 

triste figura de quem foi,

deixou de ser,

natureza s´encarrega,

divina providência,

imposição que não deixou crescer,

exceptuando triste excelência,

 

era verde, o meu vale,

bem pequeno, tão atento,

campinas amplas, searas imensas,

latifúndios no meu ALENTEJO,

 

impedimento de quem cerceou,

raiva infinita de quem nunca pensou,

quando acabou,

azedo, amargo, confuso,

não direi obtuso,

 

quando m´apercebo

do trabalho duro d´então,

escravidão,

 

olhando para lado errado,

curto,

parco,

predador de grande parcela

esticando a trela,

conduzindo voragem,

imensa gamela,

 

sacho na mão, foice no punho,

mondando, ceifando,

esforços manuais,

sem maquinaria,

tempos actuais,

malhando na bigorna,

ferro duro, incandescente,

quanta e quanta gente,

 

alisando,

criando contornos,

móveis belos,

serrando,

santos d´altar, bilros, enfeites,

nobres, mais plebeias,

madeiras,

 

não aceitando divindade suprema,

laico convicto,

humano assumido,

tentando entender todo,

qualquer irmão,

companheiro de viagem,

curta dimensão,

 

finitos que somos,

passagem tão rápida,

num pote, numa lápida,

ínfima recordação,

 

desligando religião do que s´evidencia,

supremo gosto,

doce alegria,

vida q´ensina, nos mostra,

indica,

com tanta coisa se fica,

 

quando abrimos olhos,

portas do pensamento,

tudo vemos,

sem queixume, sem lamento,

 

danos,

consequências,

humilde percepção do que se vai transformando,

do que se vai obtendo,

 

colectivo mais rico,

entendimento perfeito,

alguns ariscos sem importância,

frente a tanta maldade,

ganância,

 

imperfeição abençoada que ora

mas, se não importa,

calca, mata, destrói, deita fora,

corta pela raiz,

como quem diz,

 

evolução tão rápida,

certeira,

como quem grita,

NADA se CRIA,

ódio s´esbate,

recalcamento não gera empatia,

no espaço do HINO à ALEGRIA,

 

 

democracia, DEMOCRACIA,

lenta,

lentamente, progride,

s´enormiza,

mondando alguns pés d´erva ruim,

podando ramos secos,

gastos,

agourentos,

grandes instantes,

belos momentos,

tão fartos,

 

hordas de carros, carretas,

força bruta, inchando o peito,

fraco alimento,

sem norma,

preceito,

 

tugúrio na vila,

sol abrasador,

não eram pendores,

esforço permanente,

abafada a dor,

quanta, quanta gente,

 

sucessão sem alternativa,

alma presa,

bem cativa,

de geração em geração,

NADA se cria,

tudo se transforma, nada se perde,

latitudes diversas, cânticos lentos,

arrastados,

fim da jornada,

caminhada árdua,

alguns senhores,

 

ondeantes, tão iguais,

pés tenros de trigo, seara a perder de vista,

afagada por ligeira brisa,

encantamento,

pão de poucos,

rendimento do dono,

tão loucos,

fominha de serviçais,

 

atarefados,

suando as estopinhas,

devassidão da alma,

escravização do corpo,

tão pouco, tão pouco,

 

cantando, em plena calma,

langorosa canção,

quase choro,

malhação,

palheiro, palha,

eira, com almiara,

NADA se cria, tudo se transforma, NADA se perde,

eis que algo se ergue,

 

voz dum TODO,

querer dum POVO,

algo de NOVO!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D