Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

Sherpasmania

... albergue de poemas, poesias e... outras manias, bem sentidas, por sinal!!!...

03
Out14

… inopinadamente!!!...

sherpas

... parte antiga que se conserva,

castelo ali ao lado, fortalezas,

colina próxima, vistas soberbas,

maravilha,

horizonte que se alonga num rio sinuoso que divide,

a perder de vista, cidades que se completam,

braços bem fortes com várias mãos que se apertam,

união de facto, cativa,

contra todos os males do Mundo,

na Europa central dos conflitos,

horrores, destruição, gritos,

hecatombes sucessivas, barreira,

quando se incendiava a fogueira,

ocidente, oriente,

ideias que afrontam, ainda agora,

ódios, mortes,

quanto se sente,

 

fracos, fortes,

ricos ou pobres,

 

silenciosa

no quadro que se visualiza,

olhares que a esquadrinham num todo,

tão formosa,

focos que nos encantam, reconhecemos,

de emoção, quase trememos,

tão grande, tão bela,

 

episódios passados, marcas profundas,

heróis de antanho, escritos, quadros, monumentos,

estatuária que se levanta,

outra, que se guarda fora de urbanidade,

mentira, verdade,

dualidade em que se aposta,

receio de vizinhos ferozes,

donos, algozes, portentos que subjugam,

não contemporizam,

massacram,

quando julgam,

 

odores próprios do goulahs,

bulício dentro do burgo,

zona mais comercializada,

lá em baixo,

cosmopolitismo que se sente,

burburinho constante,

avenidas que são um gosto,

gente jovem, berrante,

passado que já não recordam,

museus, como memória,

longa caminhada, história,

 

nem uma agulha bulia,

enquanto se via,

apreciava,

entre verdes espaços,

palácios amuralhados,

catedral bem vistosa,

restaurantes, ajardinamentos,

momentos,

pinha de gente que fotografava,

olhava,

 

sentada,

descansada,

lá em cima, na Cidadela,

vendo o rio que se perdia no horizonte,

sinuoso, com pontes,

braços esforçados,

com mãos possantes que se agarram,

afrontam,

docemente, em união,

irmão com irmão,

CORPO num todo,

 

num corredor, com janelas adequadas,

continuidade do castelo,

fortaleza com passagem,

agora restaurante de luxo, com música,

som mavioso de violino,

atarefamento de empregados, colheres,

travessas,

pratos, outros talheres,

conteúdo bem regado,

remessas,

 

inopinadamente,

como sói dizer-se,

voz impressionante de barítono ou tenor,

inunda cercanias,

ofusca beleza

mesas repletas, tão vazias,

mudas, atentas,

auditivas fantasias,

 

um dos comensais,

entre muitos, entre os mais,

me despertou da minha maravilha,

impressionante cidade que se explana junto ao rio,

casario,

 

passando por entre rendas, bordados,

pinturas de vários ângulos,

bem coloridos,

bem pintados,

irrompendo por entre assistentes,

magote de gentes,

 

extasiado me quedei,

perante,

ouvi, apreciei, aplaudi,

mais um ponto positivo daquele dia que se ia encolhendo,

sentindo-me tão pouco, não sendo,

guloso e glutão daquela união,

ali à mão,

 

ocasião que se repete

junto a corrente quase eterna,

águas termais que recuperam,

curam toda, qualquer mazela,

Margarida frondosa com estória,

recanto belo, desvelo,

refúgio de novos, velhos,

 

pormenor de encantamento,

pontinho tão diminuto,

momento,

numa cidade que se agiganta,

quando unida, mais encanta,

paisagem, arrebatamento,

busca intensa, memorial,

naquele instante, no mesmo local!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D